Polícia

Quinta-Feira, 19 de Dezembro de 2019, 07h:31 | Atualizado: 19/12/2019, 15h:09

Mega-operação deflagrada contra facção tem 67 alvos de prisão: tráfico e roubo

A facção criminosa alvo da Operação Redtus, deflagrada nesta quinta (19), em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá), era responsável por diversos crimes na região sul de Mato Grosso, entre eles, tortura de pessoas. No total, foram 67 ordens de prisão expedidas contra os alvos, que são investigados desde 2018 e mais 45 de busca e apreensão.

Cerca de 150 policiais estão envolvidos na operação, além do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) da Polícia Militar. Todos os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá, onde as ações estão concentradas.

O Gaeco é formado pelo Ministério Público de Mato Grosso, Polícia Civil e Polícia Militar.

“Reditus” é uma palavra em latim que significa a retomada do poder pelo Estado.

A operação

Ao todo foram cumpridos 66 ordens de prisão preventiva, entre elas 41 contendo pedido de busca e apreensão domiciliar, com alvos nos municípios de Rondonópolis, Pedra Preta, Cuiabá e na cidade de Amambai (MS)

Até o momento 47 suspeitos tiveram os mandados de prisão cumprido, sendo desses 30 indivíduos em liberdade e que foram presos nos endereços citados nas ordens judiciais. Outros 17 acusados já estavam recolhidos em cadeias públicas, onde foi dado ciência aos pedidos de prisão.

As diligências iniciaram em 2018 para apurar crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico, tortura, roubos e corrupção de menores, e culminou na identificação de indivíduos, alguns recolhidos em unidades prisionais de Rondonópolis e Cuiabá, e outros integrantes que circulavam livremente para região cometendo diversos crimes.

Conforme investigação da Polícia Civil de Rondonópolis, o grupo era bem estruturado e ordenado, com divisão de tarefas entre seus integrantes, responsável por grande parte das ocorrências praticadas na região do sul de Mato Grosso.

Durante monitoramento da associação, foi possível mapear o funcionamento, com a identificação dos membros e suas respectivas funções. As principais características dentro do grupo eram hierarquia, organização pré-definida com disciplina e gerentes, fluxo financeiro com pagamento de mensalidades, taxa sob o tráfico de droga, extorsão de empresários, entre outros.

Diante dos indícios e provas a Polícia Civil representou pelos mandados judiciais, expedidos pelo juízo da 7ª Vara Criminal da Comarca de Rondonópolis e com parecer favorável do Ministério Público Estadual, por meio do Gaeco.

A operação “Redtus” contou com a participação de 140 policiais civis de todas as delegacias da Regional de Rondonópolis, com apoio da Gerência de Operações Especiais (GOE), da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Delegacia Fazendária, da Gerência Estadual de Polinter e Capturas, da Delegacia Regional de Primavera do Leste e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.