Polícia

Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 11h:50 | Atualizado: 26/11/2020, 07h:31

CAMPANHA ELEITORAL

Mulher denuncia "assessor" de Wellaton por tentar tomar dados de pesquisa veja

Pesquisadora registra BO policial. Suspeito nega agressão e afirma ser apoiador voluntário de candidato

wellaton assessora pesquisa eleitoral

Trecho do boletim policial, registrado pela pesquisadora, em que detalha suposta agressão e também comenta que a pesquisa é "ganha pão" de sua família

Uma funcionária do grupo Percent Pesquisa denunciou ter sido agredida ontem (24) por “Advilson”, que se identificou como "assessor" do candidato a vice-prefeito de Cuiabá Felipe Wellaton (Cidadania). A vítima, de 42 anos, relatou que estava fazendo uma pesquisa com ele, que é morador do bairro Cidade Verde, quando quis tomar o material de anotação dela.

Consta no boletim de ocorrência registrado na Polícia Militar que a mulher estava uniformizada e com crachá de identificação da empresa, quando um homem alto e branco se apresentou para ser entrevistado, confirmando ser morador do bairro. Ela então começou a entrevistá-lo.

Quando iniciou o processo, se irritou e pediu que a vítima entregasse a coleta de dados a ele. Contudo, ela não aceitou e argumentou que o material é de uma empresa privada e confidencial. Frisou ainda que esse trabalho era para ela o "ganha pão".

Logo, ela sugeriu que o rapaz, identificado, no BO, apenas como Adivilson, entrasse em contato com a empresa para maiores esclarecimentos. Contou ainda que o homem a acusou de estar induzindo eleitores e que, por isso, teria motivo para "tomar" o material das mãos dela. Relata ainda que ele mostrou que teria o telefone do candidato a vice-prefeito e que ligaria para ele de imediato para denunciá-la.

A vítima então pediu nome da Adivilson para repassar a administração da empresa a fins de esclarecer que não havia nenhuma indução e que o trabalho era sério, com intuito de levantar informações para subsidiar em estratégias da empresa.

O rapaz se identificou como "Adivilson" e passou inclusive o número de telefone (65) ... 0641 para que a diretoria da empresa ligasse. Ela relatou que, após isso, pediu um Uber e saiu do bairro em direção a outro, para continuar trabalhando. Porém, quando chegou em outro bairro, o rapaz estava a seguindo e insistindo em "tomar" seu material.

A diretoria da empresa, representada pelo seu inventariante Ronye Steffan, ligou para o suposto assessor do candidato a vice-prefeito esclarecendo que o material é privado e de propriedade da empresa. Na sequência, o jovem teria o agredido verbalmente, xingando e dizendo que faria denúncia ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

O representante da empresa esclareceu que é de direito de qualquer um cidadão requerer via TRE quaisquer resultados de pesquisas e informações pertinentes a eleições, mas alega que foi novamente agredido verbalmente pelo suposto assessor de Wellaton. O caso deve ser apurado pela Polícia Civil.

Outro lado

O entrou em contato com Adivilson Duan e ele confirmou que é voluntário na campanha eleitoral Abílio-Wellaton. Negou, porém, ter tido qualquer conflito ou usado de agressividade com a pesquisadora ou o dono da Percent Pesquisa.

Ele narra que estava em casa, quando foi abordado no portão, começando a ser entrevistado e estranhou muito uma pergunta tendenciosa, na avaliação dele. "Mesmo sabendo que Abílio é desequilibrado, você vai votar nele?  Ela perguntou isso e eu disse que não queria mais responder". Nesse momento que quis os dados de volta. "Ainda ofereci água à pesquisadora", relata, garantindo que não a destratou e nem queria prejudicá-la.

Depois, informa ter ligado para Polícia Militar, Polícia Civil e assessoria do Wellaton, expondo o ocorrido e vendo possíveis providências.

Relata ainda que bloqueou o dono da empresa, após receber a ligação dele lhe informando que o material é sigiloso e que ele não tinha nada que ter acesso, a não ser via TRE.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • CUIABANA | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 20h08
    8
    7

    Eu até dias atrás pensei em votar no LOUCO mais aí depois do debate de ontem ficou bem claro que o EMANUEL é sem duvida o mais preparado nós cuiabanos não podemos deixar nossa Cuiabá nas mãos de um aventureiro sem total conhecimento de tudo....voto 15 com certeza

  • Jose Valerio | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 19h08
    4
    9

    Estava olhando o boletim de ocorrencia, falta o numero do suposto agressor kkkkk isso esta com cara de desespero do paleto kkk o leite vai acabar

  • JUCA | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 16h16
    0
    0

    JUCA, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Gilston | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 15h06
    17
    11

    Pessoal do abilio estão desesperados ja que cada dia aparece uma denuncia contra Abilio que se posa de honesto. kkkkk. A casa do Abilho caiu, o pov ja sabe como é a sua honestidade. kkkkk

  • Daniel Furtuado | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 13h28
    23
    7

    Safadeza, querem ganhar no tapetão!

  • PAULO | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 13h26
    27
    12

    Começou o desespero. Pesquisa só vale se o TONHO DA LUA aparecer em primeiro. A vaga de prefeito do Adauto Botelho cairia bem para o Abílio.

  • Malni | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 12h16
    0
    1

    Malni, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • JUSTO VERISSÍMO | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 12h14
    17
    35

    Pesquisadora do paletó. Voto Abílio 19.

  • alexandre | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 12h04
    23
    9

    mimimi vai aparecer muito mais provocações fakes até a eleição... desespero..

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), paga uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados. O salário de desembargador é de R$ 35,4 mil. Entre os chamados penduricalhos pagos pelo...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.