Polícia

Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 10h:50 | Atualizado: 24/10/2019, 18h:58

QUADRO NEGRO

Piran nega envolvimento com esquema e busca a soltura em audiência de custódia

djalma_piran_francisval_dentinho

Djalma Soares, Valdir Piran, Francisvaldo Pereira e ex-vereador "Dentinho" são presos

O empresário Valdir Piran, dono de factoring em Cuiabá, após ser preso na Operação Quadro Negro deflagrada nesta terça (22) pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR), negou em depoimento ter qualquer parte em esquema com dinheiro público. Estão sob suspeita dois contratos selados entre uma empresa apontada como "laranja" dele, a Avançar Tecnologia em Software, e o extinto Cepromat. Programas de computador deveriam ter sido entregues a escolas estaduais, mas investigações apontam que isso não aconteceu.

Na tarde de hoje (24), o empresário passa por audiência de custódia, com a juíza Ana Cristina Silva Mendes, no Fórum de Cuiabá. Ela que vai definir as condições de soltura, caso entenda que ele pode responder as acusações em liberdade.

Estão mantidas as prisões de outros três presos na Quadro Negro - do ex-presidente da Câmara de Cuiabá e do Cepromat, Wilson Celso Teixeira, o "Dentinho", do também ex-chefe do órgão, Djalma Soares, e de Francisvaldo Pereira de Assunção, ex-adjunto da Educação Estadual.

Já Weydson Soares Fonteles, preso como representante legal da Avançar, ficará preso em Brasília.

Pira foi interrogado em Brasília, antes de chegar na noite desta quarta (23) em Cuiabá, no próprio avião, após a defesa solicitar à justiça que o translado fosse feito desta maneira.

De acordo com delegado Luiz Henrique Damasceno, que investiga o esquema da Quadro Negro, o empresário não disse nada de relevante e tanto Piran quanto os demais acusados de desviar R$ 10 milhões, ao serem ouvidos, tentaram a todo momento desconstruir a denúncia, que os levou à prisão. Damasceno vai receber o inteiro teor dos depoimentos.

O apurou que por hora Piran não será ouvido pela Deccor. Os outros envolvidos também, além de negarem tudo, divergiram entre si.

As investigações apontam que Piran tinha um testa de ferro e também recebia o dinheiro da propina através de "laranjas". As investigações apontaram ainda que ele teria recebido quase R$ 1 milhão do dinheiro desviado de materiais para a Educação de Mato Grosso e seria o articulador do bando, ou seja, líder.

A investigação realizada em conjunto chegou ao empresário através de análise financeira indireta. O Cira, junto com os policiais da especializada, verificaram que recursos da empresa Avançar eram repassados para terceiros e em seguida remetidos ao Piran.

Está é a terceira prisão de Piran. A primeira foi pela Arca de Noé em 2003, cujo protagonista é o ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro. A segunda pela 4ª fase da Sodoma que buscou desmantelar a organização criminosa liderada pelo ex-governador Silval Barbosa, em setembro de 2016. Agora, nesta terceira vez, delação de Silval foi quem apontou este esquema.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Carlos Eduardo Peterson | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 16h16
    1
    0

    Esse cidadão está pagando caro com mais essa prisão, não apenas por desvios de dinheiro público, mas também por estar protelando a mais de 8 anos, uma ação judicial de reconhecimento de paternidade, onde faz uso de advogados oportunistas e que só pensam usurpar dinheiro desse infeliz, com absurdos honorários, interpondo recursos protelatórios, pois esse empresário já sofreu enorme derrota processual no STJ e continua a ludibriar o TJMT, com interposições de medidas absurdas, protelatórias e esdruxulas. Vais pagar caro por isso e merece ficar preso.

  • renato | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 14h42
    2
    0

    Cortaram o cabelo do arcanjo não vão cortar o liso desse monstro

  • renato | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 14h28
    2
    0

    é um absurdo a justiça , este empresário que já foi preso varias vezes está no CCC e não no carumbé onde deveria estar , pois não tem nivél superior

Matéria(s) relacionada(s):

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

Critério para definir candidatura em VG

fabio tardin 400 curtinha   O presidente da Câmara de Várzea Grande e filiado ao DEM, Fabinho Tardin (foto), sonha com a cadeira de prefeito, mas não tem apoio dos Campos para concorrer à sucessão municipal. Como Lucimar Campos não pode buscar o terceiro mandato seguidamente, o grupo liderado pelo senador...

Prefeito de Lacerda, projeto e derrota

alcino curtinha 400 pontes e lacerda   O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Pereira Barcelos (foto), resolveu dar de ombro para a Câmara Municipal sobre um projeto de grande alcance social e perdeu feio na queda-de-braço. Contrariando a vontade do prefeito, os vereadores aprovaram a proposta, apresentada pelos colegas Pedro Vieira e...

MPE antes e depois de Maluf no TCE

jose antonio borges 400 curtinha   Antes, membros do MPE fizeram esforço para impedir a nomeação de Guilherme Maluf como conselheiro do TCE, sob argumento de que não detinha notório saber jurídico, contábil, econômico e financeiro e ainda carrega vários processos judiciais nos ombros....

Fatura por média e multa à Energisa

thiago 400 ager curtinha   Após fiscalização no 2º semestre do ano passado, a Ager-MT multou em R$ 14,4 milhões a Energisa. Descobriu-se irregularidades na área comercial da concessionária de energia. Thiago Bernardes (foto), coordenador Regulador de Energia da Agência, explica que, no trabalho...

PS-VG e revolta por falta de médicos

marcondes curtinha 400   Principal calcanhar de Aquiles do 2º maior município do Estado, que registra hoje cerca de 200 mil habitantes, o Pronto Socorro de Várzea Grande não está recebendo pacientes ortopédicos e nem ginecológicos em sua porta de entrada. É que a unidade não tem...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.