Polícia

Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 10h:50 | Atualizado: 24/10/2019, 18h:58

QUADRO NEGRO

Piran nega envolvimento com esquema e busca a soltura em audiência de custódia

djalma_piran_francisval_dentinho

Djalma Soares, Valdir Piran, Francisvaldo Pereira e ex-vereador "Dentinho" são presos

O empresário Valdir Piran, dono de factoring em Cuiabá, após ser preso na Operação Quadro Negro deflagrada nesta terça (22) pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR), negou em depoimento ter qualquer parte em esquema com dinheiro público. Estão sob suspeita dois contratos selados entre uma empresa apontada como "laranja" dele, a Avançar Tecnologia em Software, e o extinto Cepromat. Programas de computador deveriam ter sido entregues a escolas estaduais, mas investigações apontam que isso não aconteceu.

Na tarde de hoje (24), o empresário passa por audiência de custódia, com a juíza Ana Cristina Silva Mendes, no Fórum de Cuiabá. Ela que vai definir as condições de soltura, caso entenda que ele pode responder as acusações em liberdade.

Estão mantidas as prisões de outros três presos na Quadro Negro - do ex-presidente da Câmara de Cuiabá e do Cepromat, Wilson Celso Teixeira, o "Dentinho", do também ex-chefe do órgão, Djalma Soares, e de Francisvaldo Pereira de Assunção, ex-adjunto da Educação Estadual.

Já Weydson Soares Fonteles, preso como representante legal da Avançar, ficará preso em Brasília.

Pira foi interrogado em Brasília, antes de chegar na noite desta quarta (23) em Cuiabá, no próprio avião, após a defesa solicitar à justiça que o translado fosse feito desta maneira.

De acordo com delegado Luiz Henrique Damasceno, que investiga o esquema da Quadro Negro, o empresário não disse nada de relevante e tanto Piran quanto os demais acusados de desviar R$ 10 milhões, ao serem ouvidos, tentaram a todo momento desconstruir a denúncia, que os levou à prisão. Damasceno vai receber o inteiro teor dos depoimentos.

O apurou que por hora Piran não será ouvido pela Deccor. Os outros envolvidos também, além de negarem tudo, divergiram entre si.

As investigações apontam que Piran tinha um testa de ferro e também recebia o dinheiro da propina através de "laranjas". As investigações apontaram ainda que ele teria recebido quase R$ 1 milhão do dinheiro desviado de materiais para a Educação de Mato Grosso e seria o articulador do bando, ou seja, líder.

A investigação realizada em conjunto chegou ao empresário através de análise financeira indireta. O Cira, junto com os policiais da especializada, verificaram que recursos da empresa Avançar eram repassados para terceiros e em seguida remetidos ao Piran.

Está é a terceira prisão de Piran. A primeira foi pela Arca de Noé em 2003, cujo protagonista é o ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro. A segunda pela 4ª fase da Sodoma que buscou desmantelar a organização criminosa liderada pelo ex-governador Silval Barbosa, em setembro de 2016. Agora, nesta terceira vez, delação de Silval foi quem apontou este esquema.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Carlos Eduardo Peterson | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 16h16
    1
    0

    Esse cidadão está pagando caro com mais essa prisão, não apenas por desvios de dinheiro público, mas também por estar protelando a mais de 8 anos, uma ação judicial de reconhecimento de paternidade, onde faz uso de advogados oportunistas e que só pensam usurpar dinheiro desse infeliz, com absurdos honorários, interpondo recursos protelatórios, pois esse empresário já sofreu enorme derrota processual no STJ e continua a ludibriar o TJMT, com interposições de medidas absurdas, protelatórias e esdruxulas. Vais pagar caro por isso e merece ficar preso.

  • renato | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 14h42
    2
    0

    Cortaram o cabelo do arcanjo não vão cortar o liso desse monstro

  • renato | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 14h28
    2
    0

    é um absurdo a justiça , este empresário que já foi preso varias vezes está no CCC e não no carumbé onde deveria estar , pois não tem nivél superior

O "pai" da destruição de documentos

jose riva 400 curtinha   Na sua delação premiada, o ex-presidente da AL, José Riva (foto), acusa o presidente do TCE, Guilherme Maluf, de ter sumido com provas que incriminavam deputados quanto ao uso de suprimentos de fundos e verba indenizatória. Só que para o MPE, foi o próprio Riva quem organizou um...

DEM dividido e quase no colo de EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   Num almoço na casa do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), nesta quarta, lideranças da alta cúpula do DEM de Cuiabá e Várzea Grande discutiram possível apoio à reeleição do emedebista. Essa aproximação fere de morte o Palácio...

PT, ensaio e chapa branca em Tangará

welton tangar� 400 curtinha   O PT, que já teve os vice-prefeitos José Jaconias e Zé Pequeno, estuda nem disputar a eleição majoritária em Tangará da Serra. Chegou a ensaiar uma pré-candidatura, mas parou no meio do caminho. Internamente, o partido discute lançar o...

Racha no DEM; "pepino" com Fabio

fabio garcia 400 curtinha   O presidente estadual do DEM, ex-deputado Fábio Garcia (foto), não só se encontra numa saia-justa, como tem a árdua missão de atuar como bombeiro para apagar incêndio provocado pelos irmãos Júlio e Jayme Campos, que, sem consultar o partido e nem o governador Mauro...

Álbum de casamento para 300 casais

marcia_curtinha_ok   A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (foto), que desde 2017 lidera alguns projetos sociais de forma voluntária, fez questão de, mesmo com a pandemia da Covid-19, promover, na última segunda, entrega simbólica de álbuns de casamento para 10 casais, que foram escolhidos...

Fora de vez da disputa para senador

cidinho santos 400 curtinha   O empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto), recém-filiado ao DEM, desistiu de vez da ideia de entrar de última hora na corrida ao Senado, na suplementar que será realizada em novembro deste ano. E por algumas razões. Primeira, como sócio do frigorífico União...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.