Polícia

Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 16h:57 | Atualizado: 06/08/2020, 18h:37

DOIS MORTOS

PM afirma que confronto que terminou em mortes não foi motivado por ameaças

Reprodução

Bope

Em posicionamento, o Bope informou que os militares que participaram de um confronto que terminou na morte de Maycon Luiz Santana Carvalho, de 21 anos, conhecido como "Maiky Torto" e A. A. P.N, de 17 anos, no bairro Altos da Serra, em Cuiabá, na noite de ontem (5), não apreenderam celulares no local. O menor já tinha passagens por receptação e dirigir sem permissão.

A coorporação ainda desmentiu supostas informações de que a ação teria sido motivada por ameaças no Whatsapp. "[A instituição] destaca que não atua por vingança ou revanche, mas em situações reais de ameaça e de crimes que colocam em perigo a população, cidadãos e cidadãs de bem". 

A PM afirmou que tomou conhecimento de áudios e textos com "tom ameaçador" direcionados aos mlitares através do Whatsapp. Em mensagens de voz enviadas na hora do confronto, a esposa de Maiky Torto busca por informações do marido

Desesperada ela diz que foi à casa de um homem chamado Tiago e viu uma poça de sangue, mas ela não conseguiu encontrar Maiky no local. "Maycon tá aí? Pelo amor de Deus, fala que ele tá aí?", pergunta aos prantos. 

"Eu tô aqui embaixo amiga. Fui na casa de Tiago. Tem uma poça de sangue lá. Eu não tô achando meu marido. Só tá a moto dele lá em casa. Cadê? Cadê? A polícia não quer deixar chegar perto", fala a mulher.

O menor que também morreu durante o confronto possui passagens por receptação e dirigir sem habilitação. De acordo com informações do Bope, a guarniação fazia ronda pela região quando flagrou um local de distribuição de drogas. Quando passaram pela rua, foram recebidos com tiros. 

As mortes aconteceram quase uma semana após criminosos trocarem tiros com uma equipe do Bope, no bairro Itamarty. Seis deles morreram. 

De acordo com informações do Bope, uma guarnição estava em rondas, como vem fazendo em apoio às Unidades da capital, quando flagraram um local de distribuição de drogas. Quando militares passaram pela rua dos Penitentes, foram recebidos com tiros. No entanto os criminosos acreditaram ser apenas uma viatura, porém uma segunda vinha logo atrás da primeira e intenso tiroteio começou.

Leia a nota na íntegra:

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar informa que não apreendeu nenhum celular no local ou com os suspeitos mortos no confronto da noite de ontem(05), no bairro Altos da Serra, em Cuiabá. Portanto, não teve acesso a textos e áudios com ameaças a policiais militares, como veiculou na imprensa.

A Polícia Militar informa que tomou conhecimento, sim, via redes sociais(Whatsapp), de áudios e textos com tom ameaçador direcionados a policiais militares de Mato Grosso.

Todavia, a instituição militar estadual, como remota sua trajetória de 185 anos em defesa da sociedade mato-grossense, destaca que não atua por vingança ou revanche, mas em situações reais de ameaça e de crimes que colocam em perigo a população, cidadãos e cidadãs de bem.

É nesse contexto de atuação em defesa da vida e da segurança pública que também estão os policiais militares, pais e mães de família que saem às ruas para trabalhar e que também precisam se resguardar nas situações de ameaças e confrontos reais impostos pelo exercício da profissão.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.