Polícia

Terça-Feira, 26 de Dezembro de 2017, 12h:25 | Atualizado: 26/12/2017, 12h:38

Polícia conclui inquérito e indicia cinco pelo assassinato do prefeito de Colniza

Três dos indiciados são Antônio Pereira Rodrigues Neto, Zenilton Xavier de Almeida e Welisson Brito Silva

Reprodução

morto prefeito de  Colniza, Esvandir Antonio Mendes

Carro do prefeito de Colniza alvejado de tiros que mataram Esvandir Antonio

A Polícia Judiciária Civil indiciará cinco pessoas no inquérito policial que investiga a morte do prefeito de Colniza, Esvandir Antonio Mendes, 61 anos, e da tentativa de homicídio do secretário de Finanças do município, Admilson Ferreira dos Santos, 41 anos, em 15 de dezembro. O inquérito policial será concluído, hoje (26), com a responsabilização dos envolvidos nos crimes de homicídio qualificado, tentativa de homicídio e associação criminosa.

Os suspeitos, Antônio Pereira Rodrigues Neto, Zenilton Xavier de Almeida e Welisson Brito Silva, foram presos em flagrante, em 17 de dezembro, em uma estrada entre Juruena e Castanheira (880 e 735 km a Noroeste da Capital). Na tarde de domingo (24), a esposa de Antônio Rodrigues, médica Yana Fois Coelho Alvarenga, teve o mandado de prisão temporária cumprido e o irmão do suspeito, J.V.O.P., 15, foi apreendido, por participação na ação criminosa.

Antônio Pereira Rodrigues Neto é empresário em Colniza do ramo de rede de combustível e táxi aéreo. Segundo as investigações, ele arregimentou dois comparsas oriundos do Pará para o crime, motivado por cobrança de dívida. Apontado como o mandante, o suspeito também participou da execução do prefeito.

Segundo o delegado, Edison Pick, Yana tinha conhecimento do crime e acobertou a ação do marido. A esposa teve o mandado de prisão cumprido no Hospital Municipal de Colniza. O adolescente J.V.O.P. teve o mandado de internação, de 45 dias, cumprido em um posto de combustível da família, durante buscas da Polícia Civil no local.

Ouvido em declarações, o irmão de Antônio Rodrigues confessou que auxiliou na fuga dos suspeitos, a pedido do irmão, mas negou que soubesse antes da ação criminosa. Em interrogatório, a médica se reservou ao direito de permanecer calada. O delegado representará pelo pedido de conversão da prisão temporária de Yana em preventiva.

De acordo com os presos, foram usadas quatro armas de fogo no crime, mas somente um revólver calibre 38 e um fuzil 22, com numeração raspada, foram encontrados dentro de uma bolsa deixada no mato, pela Polícia Militar. As armas estavam a cerca de 15 km de Colniza, localidade onde também foi abandonada a caminhonete da ação criminosa. Duas pistolas teriam sido jogadas dentro de um rio. O Corpo de Bombeiros foi acionado para efetuar buscas a fim de localizá-las.

O inquérito vai indiciar os envolvidos pelos crimes de homicídio qualificado, pela paga ou promessa de recompensa e recurso que impossibilitou a defesa da vítima, tentativa de homicídio e associação criminosa. O menor de idade responderá por ato infracional análogo aos mesmos crimes.

Edison Pick agradeceu o apoio das forças de segurança e de todos os que auxiliaram o esclarecimento do crime. “Agradeço o delegado Ramiro Mathias Ribeiro Queiroz que disponibilizou a equipe do Grupo de Operações Especiais (GOE), delegado, Marco Bortolloto Remuzzi com a equipe do Garra de Juína, força tarefa coordenada pelo delegado da Derf Cuiabá, Caio Fernando Alvares de Albuquerque, além da equipe local, sem os quais não seria possível a rápida e eficiente resolução do caso”, destacou o delegado.

José Medeiros

capa presos colniza2

Momento da prisão dos três suspeitos de matarem o prefeito de Colniza Esvandir Antonio Mendes e balear secretário de Finanças, Admilson Ferreira 

O crime

O prefeito conduzia uma Toyota SW4 preta quando foi interceptado pelos criminosos, em um veículo SUV, preto, cerca de 7 km da entrada da cidade. O veículo foi ao encontro da caminhonete, momento que foram efetuados vários disparos contra o prefeito Esvandir que ainda conseguiu dirigir, mas acabou morrendo no perímetro urbano, na BR-174. Outros dois disparos feriram o secretário Admilson, sendo um na perna esquerda e outro nas costas.

Nas primeiras horas de sábado (16), duas aeronaves do Centro Integrado de Segurança Pública (CioPaer) foram deslocadas ao município. Um avião seguiu com equipe da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá e Inteligência, composta por um delegado e três investigadores, para auxiliar as polícias local nas investigações. Outra aeronave levou o secretário de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia Franciso, o comandante geral da Polícia Militar, coronel PM Marcos Cunha e o delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, que acompanham os trabalhos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.