Polícia

Quarta-Feira, 29 de Maio de 2019, 08h:20 | Atualizado: 29/05/2019, 11h:15

Polícia encontra R$ 201 mil no quarto de Arcanjo e conta notas na cama - veja vídeo

dinheiro arcanjo

Policial tira dinheiro da mala e dispõe sobre a cama de Arcanjo para começar a contagem exata das notas que estavam guardadas dentro do quarto dele

A Polícia Judiciária Civil (PJC) encontrou exatos R$ 201.890,00 em espécie na casa do bicheiro João Arcanjo Ribeiro, alvo da Operação Mantus na manhã desta quarta (29). Arcanjo é alvo da operação ao lado de seu genro, Geovanni Zem. Os dois são apontados como líderes de uma organização criminosa voltada ao jogo do bicho em Cuiabá e em pelo menos outras cinco cidades do interior do Estado. Acompanhe em tempo real.

Os valores estavam guardados em um móvel no quarto de Arcanjo em sua residência, localizada no Bairro Boa Esperança.

Veja vídeo da contagem

Os investigadores também identificaram remessas de valores para o exterior, com o recolhimento de impostos para não levantar suspeitas das autoridades. Foram decretados os bloqueios de contas e investimentos em nome dos investigados, e também houve o sequestro de ao menos três prédios vinculados aos crimes investigados.

Também é alvo da operação o empresário dono de factorings Frederico Muller Coutinho. Ele é apontado como líder de uma organização criminosa rival de Arcanjo no jogo do bicho. A disputa entre os dois grupos pela jogatina teria envolvido situações de extorsão mediante sequestro, de acordo com a investigação da PJC.

Frederico Muller ficou conhecido como um dos delatores da Operação Sodoma, que buscou desarticular um grupo criminoso supostamente chefiado pelo ex-governador Silval Barbosa. Em sua factoring, Muller teria ajudado a lavar dinheiro de propina cobrado de empresários que se beneficiaram de incentivos fiscais liberados pelo governo na gestão Silval.

A PJC cumpre 63 mandados judiciais, sendo 33 de prisão preventiva e 30 de busca e apreensão domiciliar, expedidos pelo juiz da 7ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, Jorge Luiz Tadeu.

As investigações iniciaram em agosto de 2017, conseguindo descortinar duas organizações criminosas que comandam o jogo do bicho no Estado de Mato Grosso, e que movimentaram em um ano, apenas em contas bancárias, mais de R$ 20 milhões.

João Arcanjo Ribeiro, conhecido como “Comendador”, é acusado de liderar o crime organizado em Mato Grosso, nas décadas de 80 e 90, sendo o maior bicheiro do Estado. Ele também esteve envolvido com a sonegação de milhares de Reais em impostos, entre outros crimes.

Em 2002, Arcanjo foi alvo da operação da Polícia Federal, Arca de Noé, em que teve o mandado de prisão preventiva expedido pelos crimes de contravenção penal, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e homicídio. A prisão do bicheiro foi cumprida em abril de 2003 no Uruguai. Arcanjo conseguiu a progressão de pena do regime fechado para o semiaberto em fevereiro de 2018, após 15 anos preso.

Os suspeitos vão responder pelo crime de organização criminosa, lavagem de dinheiro, contravenção penal do jogo do bicho e extorsão mediante sequestro, cujas penas somadas ultrapassam 30 anos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • BECO DO PORRETE | Quarta-Feira, 29 de Maio de 2019, 08h37
    0
    1

    BECO DO PORRETE, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...