Polícia

Terça-Feira, 11 de Fevereiro de 2020, 08h:17 | Atualizado: 11/02/2020, 08h:31

Polícia impede roubo de carga e liberta caminhoneiro; ladrão quase é linchado

sirene pm

Caminhoneiros tentaram linchar um bandido, depois que ele e o comparsa, vulgo #CV#, assaltaram e sequestraram um colega de trabalho deles. O caso foi registrado na BR-364, no pátio do Posto Locomotivo, em Pedra Preta (a 243 km de Cuiabá), na noite desta segunda (10). Os criminosos amarraram o motorista dentro da cabine do próprio caminhão, que estava carregado de granito. A vítima somente foi liberada depois que a Polícia Militar chegou.

De acordo com o boletim de ocorrência o caminhão Mercedes Benz com placas do Espírito Santo estava estacionado no pátio, quando os funcionários do posto estranharam a movimentação de dois homens entrando na cabine. Resolveram acionar a PM para que verificasse o que estava acontecendo.

Quando os policiais se aproximaram do caminhão, um dos bandidos desceu e tentou fugir correndo em direção à BR-364. No entanto, foi perseguido por caminhoneiros, que conseguiram segurá-lo e começaram a agredi-lo.  As agressões só pararam quando a PM chegou e conseguiu impedi-los.

O suspeito de 21 anos confirmou que estava cometendo um roubo de carga, sendo que o caminhoneiro estaria amarrado dentro da cabine junto com o outro comparsa. Ao retornar ao local do crime apenas a vítima foi encontrada amarrada, enquanto o outro suspeito já tinha fugido.

De acordo com a vítima, que não se feriu na ação criminosa, o suspeito que fugiu estava armado com um revólver. Apesar de não ter sido preso, o foragido foi identificado pela vítima por meio de fotos.

Ainda segundo a Polícia, ambos os envolvidos são de Rondonópolis e, conforme se apurou o , a carga havia sido “encomendada” por um receptador da cidade. A vítima relatou que os bandidos já estavam manobrando co caminhão quando a PM chegou, impedindo assim o roubo.

O criminoso detido deve responder por roubo e cárcere privado.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PL quer suspender dívidas das cidades

max russi curtinha 400   Ex-prefeito de Jaciara, o deputado Max Russi (PSB) apresentou projeto que visa suspender os pagamentos das dívidas dos municípios com o Estado, durante o período de calamidade pública que foi decretado pelo governo por causa da pandemia do coronavírus. Max ressalta que MT não deve...

Articulação pra tentar voltar ao Procon

gisela simona 400 curtinha   Com adiamento e ainda sem nova data para a eleição suplementar ao Senado, Gisela Simona (Pros), que se afastou do Executivo para concorrer ao pleito, quer retornar ao cargo de secretária-adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon), vinculado à secretaria...

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.