Polícia

Quarta-Feira, 10 de Abril de 2019, 07h:22 | Atualizado: 10/04/2019, 07h:33

CARROS DE LUXO

Polícia Civil indicia casal de empresários por estelionato e apropriação indébita

Marcelo sport car

Não se sabe do paradeiro de Marcelo Sixto, dono da Sport Car, e nem da esposa dele, Thais Dalavalle

Os empresários Marcelo Sixto e Thays Dalavalle, donos da revenda Sport Cars Multimarcas, especializada em carros de luxo, foram indiciados pela Polícia Civil por estelionato e apropriação indébita. Eles são acusados de comercializar automóveis e não repassar o dinheiro aos proprietários.

A Sport Cars funcionava na avenida Miguel Sutil, nas proximidades do Parque Mãe Bonifácia, em Cuiabá. Os proprietários da empresa foram alvos de, ao menos, 20 denúncias de pessoas que afirmaram ter sido vítimas deles. Os registros policiais foram feitos nas últimas duas semanas.

As vítimas relataram que deixaram carros de luxo na revenda e os automóveis foram vendidos, porém os proprietários da Sport Cars não repassaram os valores combinados.

Algumas das vítimas disseram que chegaram a receber cheques pré-datados, que posteriormente descobriram que não tinha valor, enquanto outras não receberam nenhum tipo de garantia da revenda.

De acordo com a Polícia Civil, em alguns dos casos, o casal de empresários foi enquadrado pelo crime de estelionato, por ter revendido os carros sem repassar o valor prometido aos proprietários. Em outros casos, foram indiciados por apropriação indébita, por terem tomado para si os automóveis – nestes se enquadram veículos que não chegaram a ser comercializados ou com paradeiros ainda desconhecidos.

Todos os crimes estão anexados em um único inquérito policial, que deverá ser encaminhado ao Ministério Público Estadual (MPE) ainda nesta semana. Posteriormente, o promotor que assumir o caso poderá oferecer denúncia à Justiça, fazendo com que o casal de empresários se torne réu pelos crimes.

Na semana passada, Marcelo e Thays foram interrogados na 2ª Delegacia de Polícia do Carumbé, onde estão sendo feitas as apurações. O empresário, segundo a Polícia Civil, alegou que não tinha a intenção de dar “calote" nas vítimas. Porém, ele disse que precisou usar o dinheiro dos veículos para pagar contas.

Thays afirmou à polícia que trabalhava somente na parte administrativa da empresa e não participava dos negócios da Sport Cars.

Prejuízos às vítimas

A Polícia Civil informou que os prejuízos das vítimas não foram contabilizados até o momento. Conforme a entidade, é necessário fazer análise de mercado em relação aos valores dos veículos, para que os montantes sejam apurados.  

No último dia 27, Marcelo e Thays protocolaram pedido de autofalência na Justiça. Na solicitação, listaram 48 credores, entre pessoas físicas e jurídicas. Conforme as apurações iniciais, as dívidas deles chegam a R$ 11 milhões.

Conforme reportagem veiculada pelo Fantástico, da Rede Globo, no último domingo (7), Marcelo Sixto já havia dado golpes semelhantes, em anos anteriores, no Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • BENEDITO CUSTODIO DOS SANTOS MATOS | Quarta-Feira, 10 de Abril de 2019, 07h57
    0
    0

    SE O BRASIL FOSSE UM PAIS SERIO ESSES BANDIDO JA ESTARIA PRESO MAS NAO VAI VIRAR NADA ACABAR EM PIZZA

Matéria(s) relacionada(s):

AGEM entra no facão e é 2ª extinta

A Agência de Desenvolvimento Metropolitano da Região do Vale do Rio Cuiabá (AGEM), que teve como última presidente Tânia Mattos, foi extinta pelo Governo Mauro Mendes. A princípio, o MT-Par assumiria as atividades sistêmicas, os cargos, o patrimônio e as funções, mas isso se tornou inviável por questões jurídicas. Mauro então decidiu que todo o escopo da extinta agência permanecerá sob a...

Foto de Bolsonaro na urna e o arquivo

milene curtinha juiza 190   A juíza da 10ª Zona Eleitoral de Rondonópolis, Milene Aparecida Pereira Beltramini (foto), julgou um caso inusitado na última quarta, dia 15. Foi instaurado inquérito para apurar eventual crime de violação do sigilo do voto de Gerlei Batista de Jesus, que, durante o...

Solenidade da posse foi superfaturada

justino malheiros curtinha   O conselheiro do TCE-MT Luiz Henrique Lima determinou que o presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão, suspenda pagamento de R$ 19,9 mil à empresa Capriata de Souza Lima, contratada no ano passado pelo então presidente Justino Malheiros (foto) para organizar a...

Governo vai enterrar de vez o VLT

O VLT vai mesmo morrer sem nunca ter nascido. O Palácio Paiaguás decidiu que não retoma as obras, pois teria que investir mais R$ 1 bilhão, mesmo valor já consumido no projeto, e a manutenção anual chegaria a R$ 50 milhões. Além da problemática financeira de um governo que reclama falta de recursos para investimentos, ainda existe confusão jurídica, um nó muito dificil de desatar. Há três...

Apelo à consciência para evitar greve

mauro mendes curtinha   O governador Mauro Mendes tem grande enfrentamento pela frente, que é o provável indicativo de greve puxado pelo Sintep, categoria que congrega os profissionais da Educação. A categoria apresenta uma extensa lista de reivindicações e a primeira delas é por reajuste salarial e...

Vereador já "colhe" rede de inimizades

abilio 190   Devido à maneira inconsequente como conduz o mandato, gravando conversas e reuniões, invadindo salas, além de manipular dados, dissimular e provocar discussões e brigas, Abílio Júnior (foto) conseguiu, em pouco tempo, ampliar a rede de inimizades em todos os núcleos por onde passa...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.