Polícia

Sexta-Feira, 13 de Janeiro de 2017, 15h:37 | Atualizado: 13/01/2017, 15h:39

qualificado

Policial é indiciado por homicídio de rapaz no CPA II após morte de PM

O inquérito da Polícia Civil que apura a morte de André Luiz Oliveira, de 27 anos, morto durante uma ação da Polícia Militar, em agosto do ano passado, apontou que o major Valdir Félix Oliveira foi o responsável pela morte. Valdir foi indiciado por homicídio qualificado e confessou que atirou no rapaz, mas em legítima defesa. O procedimento segue agora para o Ministério Público que poderá oferecer denúncia ou arquivar o processo.

Reprodução

assalto_bandido.jpg

 Major Valdir Félix Oliveira é indiciado pelo homicídio André Luiz Oliveira, em agosto passado

Segundo o promotor que acompanha o caso, James Romanquelli, agora só falta o levantamento de checagem de antecedentes criminais do policial. Ele destaca que as investigações foram muito bem realizadas.

“Estamos aguardando somente isso para que possamos concluir o processo. O que devemos deixar claro é que não estamos a favor de nenhum criminoso. Mas acreditamos que não se deve estrapolar em algumas ações", explica o promotor.

O major Félix era comandante do batalhão da PM no bairro São João Del Rey. Conforme a assessoria da PM, ele foi transferido para um batalhão da PM de Juara (a 690 km de Cuiabá). A morte de um jovem durante um confronto com policiais militares, em agosto de 2016 no CPA III, em Cuiabá.

André Luiz foi morto pela PM após ser apontado, junto com o irmão Carlos Alberto Oliveira Júnior, como suspeito da morte do policial militar Élcio Ramos, de 29 anos, ocorrida momentos antes de uma abordagem. Junior continua preso desde o dia do crime.

Caso

Na época a Secretaria estadual de Segurança Pública (Sesp), informou que o policial e um outro soldado investigavam uma suposta venda de armas no local. A pasta explicou ainda que, os policiais foram surpreendidos pelos irmãos, que sacaram uma arma e dispararam contra o PM. O PM foi baleado após ir até o local onde ocorreu o crime e entrar em luta corporal com um dos moradores.

Carlos Alberto em sua primeira versão, contou que uns dos dois policiais tentavam extorqui-lo em sua residência. Posteriormente ele disse que os policiais entraram em sua residência e o enforcaram.

No dia do caso, por volta das 14h, os policiais que investigavam o comércio ilegal, teriam marcado encontro com o denunciado próximo ao Terminal do CPA I, fingindo serem pessoas interessadas em comprar a arma.Conforme o MPE, os policiais compareceram ao local em trajes civis e sem nenhum dispositivo que revelasse que ambos eram PMs. No local, foram orientados pelo comerciante a segui-lo, onde a arma objeto da venda estaria guardada. 

Uma operação teria sido já montada para dar suporte aos dois policiais caso o crime fosse constatado e a prisão em flagrante tivesse de ser realizada.

Conforme a Sesp, os policiais foram surpreendidos pelos irmãos, que sacaram uma arma e dispararam contra o PM. Romanqueli afirmou para a reportagem do que contra Carlos Alberto as provas são bastante claras. “Foi necessário o laudo da balística, que comprovasse toda a ação do crime", disse.

PM é executado com tiro na cabeça no CPA III; Sesp se mobiliza no local

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.