Polícia

Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 11h:02 | Atualizado: 28/05/2020, 18h:49

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Presidente da OAB nega agressão e diz que esposa também negou à polícia

Presidente da OAB-MT, o advogado Leonardo Campos negou que tenha agredido a esposa, a também advogada Luciana Póvoas na noite de quarta (27). Os dois chegaram a ser encaminhados a uma delegacia na madrugada de hoje (28) para registro de um suposto caso de violência doméstica, mas foram liberados em seguida. Ela também teria negado a agressão ao prestar depoimento à polícia. O boletim foi registrado como "injúria real" pela Polícia Militar (veja ao final).

Rodinei Crescêncio

Leonardo Campos

Leonardo Campos chegou a ser conduzido à delegacia na madrugada, mas foi liberado

De acordo com Leonardo, ontem por volta das 19h30, ele recebeu uma ligação do filho dizendo que a esposa estava alterada e brava. Ele diz que ficou preocupado e se apressou a voltar para casa e, quando chegou, presenciou uma discussão entre a mulher e o filho. A briga familiar teria se voltado para Leonardo quando ele entrou na residência.

“Percebendo a incisão e a agressividade do momento eu disse que não iria discutir qualquer assunto naquele tom e naquele momento”, afirma em áudio enviado à imprensa.

O advogado diz que “neste momento, ela me empurrou e eu tentei fechar a porta para não prolongar a discussão”.

Leonardo declara que Luciana disse naquele momento que chamaria a polícia e que ele “disse para ela fazer isso sim. Pois seria a oportunidade de ela, eu e meu filho darmos a nossa versão dos fatos”. “Não houve agressão. Jamais agrediria minha esposa, mulher que respeito”.

“Na delegacia, ela prestou o depoimento assistida pela presidente do Conselho Estadual de Defesa da Mulher e também afirmou – está registrado em Boletim de Ocorrência – que não houve agressão. Tanto que não houve sequer necessidade do exame de corpo de delito”, relata o presidente da OAB-MT.

Em seu depoimento, o advogado solicitou para que fossem fixadas medidas protetivas para que o caso seja “apurado de forma imparcial e com a devida segurança”. Em seguida, foi liberado.

“Agora, vou protocolizar junto à Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso toda esta documentação e solicitar que apurem a minha conduta e pedir que a Comissão do Direito da Mulher acompanhe todos os passos do processo, de forma clara e transparente”, revela.

“Classifico esta manhã como uma das mais tristes da minha vida e espero que todos respeitem este momento de reserva familiar”, lamenta.

Reprodução

bo_leonardo

 

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Rafaela | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 04h57
    0
    0

    Estou com a ex-senadora: Ele não é digno do cargo que ocupa.

  • Paulo Roberto Costa | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 18h08
    0
    0

    Vai virar pizza. Tá no poder

  • Eraldo | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 17h58
    0
    0

    Alguém inicialmente mentiu e mobilizou o aparato policial sem nenhuma necessidade. É triste que um presidente como um órgão do tamanho da OAB chegue a esse ponto, conforme informações já ventiladas pela mídia.

  • joao | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 17h55
    0
    0

    OLHA EXEMPLO PRESIDENTE DA OAB QUE BATE EM MULHER,

  • Andre Alves | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 11h16
    6
    0

    Já que não ouve agressão....então no minimo responder por denunciação caluniosa...fazer movimentar policiais militatrs sem que nada houvesse...conta outra Dr.!!!

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.