Polícia

Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, 11h:55 | Atualizado: 11/12/2019, 12h:08

Quadrilha entregava o pacote completo: garotas de programa e drogas - veja fotos

disque-entrega

Após 5 meses de investigação, a Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) desarticulou na manhã desta quarta (11) quadrilha de disque-drogas e prendeu suspeitos de atuarem no esquema. Foram presos Douglas Guilherme Silveira Chaves de Moraes, Tainara da Costa Barbosa, Irlan Oliveira da Silva Nascimento, Edson Silva de Almeida, Ruan Junior Botelho da Silva, Nastasha Montiny Barbosa da Cruz, Yrverson Gonçalves de Almeida e Franquis Paulo dos Santos, vulgo Coxa”.

Galeria: OPERAÇÃO DELIVERYMAN

De acordo com a polícia, a associação criminosa, alvo da Operação Deliveryman, entregava em residências, bairros de classe média alta, condomínios de luxo, no Centro Político Administrativo, em motéis e restaurantes da região metropolitana.

Nesta manhã, no total foram cumpridos 24 ordens judiciais de busca e apreensão e prisão, além do pedido de bloqueio de R$ 50 mil das contas dos investigados. O trabalho de buscas visa à apreensão de bens adquiridos com a atividade ilícita.

Os mandados judiciais, sendo oito ordens de prisão e 16 de busca e apreensão, foram expedidos pela 13ª Vara Especializada de Delitos Tóxicos de Cuiabá e foram cumpridos em Cuiabá e Várzea Grande.

Modo de operar

Durante as investigações,  que levaram à deflagração da Operação Deliveryman, foi constatada a intensa comercialização de drogas na modalidade disque-entrega. Os pagamentos dos entorpecentes eram feitos por meio de máquina de crédito e débito.

“O usuário telefona para o traficante. Encomenda a droga desejada, em seguida combina um valor e o local de entrega. Durante esse período a DRE fez várias prisões em flagrante com apreensão de drogas e em dinheiro”, explica o titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

Outra maneira era usar garotas de programa para fazerem a entrega de entorpecentes. Segundo o delegado Victor Hugo Teixeira, neste caso os clientes agendavam programas sexuais e também a compra da droga. “A pessoa que ia fazer o programa já entregava o entorpecente a este cliente, geralmente em motéis”, frisa.

Outros pontos de entrega de drogas eram condomínios de luxo na Capital e ruas do Centro Político Administrativo. Apesar de ser local de órgãos públicos, as drogas eram entregues nas ruas do CPA e não há comprovação de que clientes sejam servidores. “Era o ponto marcado de entrega, mas não passamos informações sobre usuários”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Jayme afirma ter 4 opções para VG

jayme campos 400 curtinha   Em meio ao debate otimista sobre pré-candidaturas do DEM nas cidades pólos, em reunião nesta segunda, no Palácio Paiaguás, Jayme Campos (foto) comentou que, em Várzea Grande, onde sua esposa Lucimar está concluindo o segundo mandato, há quatro nomes sob...

DEM agora tem 5 querendo prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   Com o peso de quem comanda hoje em Mato Grosso os dois Poderes políticos, o Executivo e o Legislativo, com Mauro e Botelho, respectivamente, o DEM aposta na conquista não só da Prefeitura da Capital, mas também das outras nove maiores. Dirigentes do partido fizeram espécie de...

Presidente ora por harmonia no TCE

maluf 400 curtinha   Num Tribunal de Contas sob tensão, nada mais aconselhável do que um culto ecumênico para servidores e conselheiros, com participação de padre e pastor, em defesa da harmonia, união e amor no ambiente de trabalho. A ideia partiu do novo presidente Guilherme Maluf (foto), que reuniu...

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

Rei da soja incentiva Fávaro ao Senado

erai maggi 400 curtinha   O ex-vice-governador Carlos Fávaro não mantém o silêncio à toa. Embora tenha sido o terceiro mais votado em 2018 - por pouco não fica com a vaga ocupada hoje pelo senador Jayme Campos -, Fávaro está enfrentando uma série de dificuldades para se viabilizar de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.