Polícia

Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 18h:17 | Atualizado: 08/02/2019, 18h:21

SEM PRISÕES

Rinha de galo é fechada em Rondonópolis

PMMT

rinha de galo

Os animais foram encaminhados a Companhia da PM Ambiental, onde serão cuidadas até decisão da justiça estadual

Policiais militares e civis fecharam uma rinha de galo que funcionava em uma chácara no bairro Vila Paulista, em Rondonópolis, nesta quinta (07). No local foram encontrados 40 animais, 38 gaiolas, além de diversos apetrechos.

Os policiais chegaram até o local por meio de denúncia anônima. Quando chegaram na chácara, o espaço estava vazio e trancado. Foi preciso arrombar a porta do barracão para entrar. Os policiais logo encontraram medicamentos, seringas, protetores de esporas e biqueiras.

Vizinhos foram contatados pelos policiais, mas eles não souberam informar quem eram os proprietários da chácara. Ninguém foi preso ainda. Três rinhas que estavam montadas no local foram descaracterizadas pelos policiais.

Os animais foram encaminhados ao pátio da 2º Companhia da Policia Militar Ambiental, onde receberão cuidados até que a Justiça tome uma decisão. Um botijão de gás foi entregue na delegacia para as devidas providencias.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • joaoderondonopolis | Domingo, 10 de Fevereiro de 2019, 18h51
    1
    0

    A primeira medida do estado é desapropriar, prendendo o proprietário do imóvel, e a segunda é prender os frequentadores da rinha, com multa de R$ 20.000,00 para cada um.

  • Matheus Filho. | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 18h08
    1
    0

    Esses pobre animais deveriam serem doados,ao invés de virarem comida para outros animais. Eles servem de ótimos reprodutores. Pois são fortes e muito resistentes,além de muito dóssies. É só impor regras a quem for adotar. Eu mesmo gostaria de adotar um. Pois tenho algumas galinhas caipira. ( Não de combate). Outra idéia é a regularização desse esporte,com regras,e regulamentos. Como por exemplo,o não uso de armas letais,como esporas. Luvas de proteção das esporas. Usarem pontuações,como no boxe, o não uso de anabolizantes etc. Isso por si só já seria bem mas humanizado.

Matéria(s) relacionada(s):

Vereadores de Acorizal agora com VI

A Câmara Municipal de Acorizal resolveu seguir as demais e instituir verba indenizatória não apenas para os seus nove vereadores. Incluiu também no benefício financeiro ocupantes de diversos cargos. Agora, além do salário, cada parlamentar terá direito a R$ 1,5 mil mensal. E quem ocupa a presidência da Mesa receberá R$ 2 mil. Os vereadores alegam que essa verba tem caráter ressarcitório do exercício da...

Prefeito "estoura" limite da lei fiscal

asiel alt floresta   O prefeito de Alta Floresta, Asiel Bezerra (foto), do MDB, recebeu alerta do conselheiro Guilherme Maluf sobre descontrole dos gastos, principalmente com a folha de pessoal. Debruçada nos relatórios, a Secretaria de Controle Externo de Receitas de Governo do TCE constatou que as despesas com pessoal atingiram...

Trâmites para alugar carros à Câmara

misael galvao curtinha   Diferente dos antecessores, que omitiam informações, principalmente em relação a medidas consideradas impopulares, o presidente da Câmara de Cuiabá Misael Galvão (foto), numa demonstração de transparência e de coragem para enfrentar críticas,...

Silval é chamado de ladrão no Fórum

silval_curtinha   O ex-governador Silval Barbosa, que hoje ganhou o direito ao regime semiaberto, foi hostilizado por populares no Fórum de Cuiabá. Um homem, que estava no corredor, que dá acesso às salas onde acontecem às audiências, gritou: “Silval, ladrão”. Jornalistas chegaram a...

Jayme é simpático à reeleição de EP

jayme campos curtinha   Jayme Campos (foto) vai comprar briga interna no DEM em defesa da reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro. Mas o núcleo ligado ao governador Mauro Mendes não é muito simpático a essa ideia. Numa reunião recente, com participação de Mauro Carvalho,...

Busca de brecha para demitir efetivos

A briga do governador Mauro Mendes com servidores, especialmente da Educação, que cruzam os braços na próxima segunda, tende não só se acirrar, como trazer consequências quase inimagináveis. O Executivo já anunciou que vai exugar 20% dos cargos comissionados e que, se necessário, pode demitir até efetivos, o que hoje seria impossível por causa de leis que asseguram estabilidade no serviço público....

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.