Polícia

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020, 17h:14 | Atualizado: 27/02/2020, 07h:10

Sargento da PM suspeito de executar empresário pode ir para Justiça comum

Divulgação

Empres�rio pioneiro em Lucas � morto

Empresário, um dos pioneiros de Lucas do Rio Verde, foi morto numa chácara localizada na região de Tapurah. PM suspeito estava de folga no ato do crime

O sargento da Políca Militar, suspeito do homicídio de um dos pioneiros de Lucas do Rio Verde (a 248 km de Cuiabá), o empresário Pedro Pegorini, no fim da tarde de ontem (25), em uma chácara localizada na região de Tapurah (a 414 km da Capital), se apresentou na delegacia e está à disposição da Justiça. Conforme a PM, o militar cometeu o crime durante a folga.

A Polícia Civil investiga se uma discussão entre a vítima e o suspeito teria motivado o homicídio. Outros três amigos de Pedro estariam na chacará no momento dos disparos. O caseiro da propriedade foi quem acionou os policiais. Na ligação, ele teria afirmado que o patrão discutiu com "um amigo". 

De acordo com a Polícia Militar, o sargento deve responder por homicídio na Justiça comum e, paralelamento, a outro procedimento na esfera militar. O 13º Batalhão da PM de Lucas do Rio Verde, ao qual a unidade de Tapura está vinculada administrativamente e operacionalmente, adotou medidas legais relacionadas ao crime. 

Apoio das unidades das políciais técnica e civil, diligências com o objetivo de prender o militar e documentação necessária para embasar o procedimento investigatório pela Corregedoria da PM foram algumas das ações realizadas até o momento. A PM também ressaltou que a preservação da cena do crime foi realizada. 

Uma médica constatou a morte ainda no local após os policiais encontrarem o corpo de Pedro. O caseiro ainda informou que o sargento e o empresário estava bebendo juntos durante a tarde. O militar teria fugido da chacará após os disparos. 

O corpo foi encaminhado o Instituto Médico Legal (IML), onde deve passar por exame de necropsia. Pedro foi o fundador da funerária Nossa Senhora de Fátima, a primeira de Lucas do Rio Verde. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

PL quer suspender dívidas das cidades

max russi curtinha 400   Ex-prefeito de Jaciara, o deputado Max Russi (PSB) apresentou projeto que visa suspender os pagamentos das dívidas dos municípios com o Estado, durante o período de calamidade pública que foi decretado pelo governo por causa da pandemia do coronavírus. Max ressalta que MT não deve...

Articulação pra tentar voltar ao Procon

gisela simona 400 curtinha   Com adiamento e ainda sem nova data para a eleição suplementar ao Senado, Gisela Simona (Pros), que se afastou do Executivo para concorrer ao pleito, quer retornar ao cargo de secretária-adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon), vinculado à secretaria...

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.