Polícia

Sexta-Feira, 06 de Janeiro de 2017, 09h:02 | Atualizado: 06/01/2017, 10h:27

Vereador Livônio Brustolin morre eletrocutado em acidente no interior

VEREADOR.jpg

Ele recebeu descarga ao encostar a barra do pulverizador em um fio de alta tensão. Uma equipe médica esteve no local, mas o vereador não ressistiu

O vereador Livônio Paulo Brustolin (DEM), 52 anos, eleito nas últimas eleições no município de São José do Rio Claro (316 km de Cuiabá) morreu em um acidente ao receber uma carga elétrica enquanto operava um pulverizador em sua propriedade rural, na tarde desta quinta (5).

Segundo familiares, o vereador encostou a barra do pulverizador em um fio de alta tensão. Uma equipe médica esteve no local para prestar socorro, porém a vítima já foi encontrada em óbito.

Brustolin, que havia tomado posse no último dia 1º de janeiro, foi eleito nas últimas eleições com 423 votos. Este seria o seu primeiro mandado frente ao legislativo municipal. 

Além de vereador, ele também era agricultor e tinha um escritório de contabilidade no município.

O velório está acontecendo desde terça em uma igreja católica da cidade o corpo será sepultado nesta sexta-feira. O prefeito Valdomeiro Lachovicz decretou três dias de luto no município.

Nota de pesar

A Associação dos Criadores de Mato Grosso lamentou por meio de nota o falecimento do diretor regional e agropecuarista Livônio Brustolin, de São José do Rio Claro. Livônio, que tinha 52 anos e era natural da Cidade de Dois Vizinhos-PR, participou da Acrimat desde a estadualização da entidade e contribuiu significativamente para o desenvolvimento da agropecuária no Estado.

Vereador há 20 anos, em São José, ele faleceu em um acidente de trabalho, quando a barra do  pulverizador que operava, atingiu uma rede de alta tensão. Casado, ele deixa esposa, três filhos e dois netos. A Acrimat lamenta profundamente a perda e presta condolências à família de Livonio. O velório acontece essa madrugada, em São José do Rio Claro e o sepultamento acontece amanhã, sexta.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • carlos do indea | Sexta-Feira, 06 de Janeiro de 2017, 09h30
    0
    0

    minhas condolências a familia, que Deus possa confortar o coração dos familiares.

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.