Polícia

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 15h:44 | Atualizado: 21/02/2020, 13h:14

Comando Vermelho

Execução de jovem pode ter motivado chacina em Nobres; Caso é investigado

Divulgação

Execu��o de jovem em Nobres

Execução Cleyton Nunes da Silva, em janeiro deste ano, também em Nobres, teria ocorrido sem autorização do CV, que, por vingança, ordenou chacina

A execução do jovem Cleyton Nunes da Silva, no dia 27 de janeiro na região de Nobres (a 121 km de Cuiabá) é investigada por supostamente ter ligação com a chacina que vitimou cinco jovens na noite desta quarta (19) na mesma cidade - saiba mais aqui. 

Os mortos foram identificados como Daniel dos Santos Costa, de 24 anos, Cláudio Rogério Pinto do Nascimento, 19, Jovanilson Pereira da Costa, 17, Weliton da Silva, 20, e Thiago dos Santos Siqueira, 20.  O grupo foi supostamente morto por determinação do “Conselho Final” da facção Comando Vermelho.

A execução de Cleyton teria ocorrido sem autorização superior do Comando Vermelho, que revidou a ação. O corpo do rapaz foi localizado na entrada da Estância Real cerca de 6 km da cidade. Imagens fortes mostram um grupo cobrando explicações do rapaz e dizendo que ele seria uma “Cagueteira”. Mesmo com a negação, eles insistem que seria ele e mostram a arma calibre 12. 

"Vai falar ou não vai gordinho", diz um. Cleyton por sua vez diz " ô mano, pelo amor de Deus. Tenho um guri de 1 ano para criar”. Mesmo diante disso, o grupo insiste e faz ameaças usando várias palavras de baixo calão. O rapaz pede para não morrer o grupo ri e começa a disparar. Em dado momento fazem o sinal de V, intitulando que a morte seria a mando do Comando Vermelho. O corpo do rapaz foi encontrado em estado deplorável.

Para levar Cleyton até o local do crime, o grupo usou um Gol branco, que foi localizado no início deste mês pela Polícia Militar. Na ocasião, um homem foi preso. O suspeito, que não teve o nome divulgado, afirmou que no dia da execução de Cleyton ele apenas emprestou o veículo ao grupo.

Segundo a Polícia Civil, Cleyton era morador de Nova Mutum (267 km de Cuiabá), e foi executado com disparos de uma espingarda calibre 12. Essa morte foi esclarecida e quatro pessoas suspeitas do crime foram identificadas e tiveram as prisões representadas pela Polícia Civil, sendo que duas continuam presas.

Com base nos elementos colhidos durante as investigações, o delegado Henrique Trevisan constatou que o crime foi motivado por uma rixa entre dois grupos criminosos.

Entre as linhas de investigação da Polícia Civil para os assassinatos ocorridas na noite de ontem, em Nobres, está a possibilidade de represália de um grupo criminoso pelo homicídio cometido contra Clayton Nunes.

A casa onde ocorreram as mortes foi identificada pela Polícia Civil como um ponto de venda de drogas, sendo apreendidas no local porções de entorpecentes e materiais para embalagem dos ilícitos.

As diligências continuam para identificar os responsáveis pelas mortes. Conforme o delegado, há a possibilidade de que os crimes tenham sido cometidos por, pelo menos, três pessoas. A polícia apura ainda que havia uma sexta pessoa na casa que, ao que tudo indica, conseguiu fugir, e é apontado como dono da boca de fumo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Nicolau | Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020, 10h18
    2
    0

    Só bandido covardes ai no vídeo,Nem pra topar de frente com o Bope e ir pro colo do capeta,raça infame!

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.