Edileuza Furquim

A vida na Segunda Fase do Covid-19

Por 30/04/2020, 14h:08 - Atualizado: 07/05/2020, 13h:52

Edileuza Faria_artigo

Edileuza Furquim

A quarentena, imposta pelo Covid-19, mudou a rotina da vida da humanidade. As paisagens das grandes cidades ficaram mais desérticas, o vírus sem fronteiras se disseminou pelo mundo. Para conter seu avanço, contagio e priorizar a prevenção, as pessoas se isolaram, se distanciaram fisicamente.

Sem aglomerações nos locais de trabalho, centros comerciais, salões de beleza, academias, aeroportos, restaurantes, parques entre outros, a transmissão de pessoa para pessoas do Covid-19 é reduzida.

Segundo infecciologistas, o isolamento social causa menos casos da doença no geral. Instituições públicas, privadas, organizações econômicas, sociais e de saúde também se reorganizaram com estratégias mobilizadoras de bloqueios, para diminuir a propagação do coronavírus e mitigar as crises causadas pela pandemia.

Contudo, os efeitos colaterais desse confinamento, com regras e normas, causou uma nova realidade na vida de cada um de nós, com transformações impactantes na rotina, no modo de interação, de trabalho, de consumo e de socialização entre pessoas de todas as idades e classes sociais.

Ah, em meio a tudo isso, veio o medo, o estresse, a ansiedade, a insônia, às incertezas de como será o amanhã, e a pergunta que não quer calar:  qual a origem do coronavírus?  Mas, como quem procura “agulha no palheiro”, infelizmente cientistas, médicos e pesquisadores ainda não encontraram uma resposta definitiva, tão pouco, conseguiram conter o avanço do vírus.

A segunda fase do Covid-19, exigirá de todos nós, da humanidade, governos e lideranças políticas novos padrões de comportamentos

Edileuza Faria

E, apesar dos esforços, não descobriram medicamentos específicos para tratar a grave e letal doença provocada pelo Covid-19. No meio desse imbróglio, que permeia o coronavírus, a gente recorda que a história já nos relatou, que na humanidade, sempre existiram períodos tenebrosos, com cenários apocalípticos que pareciam o fim das civilizações. E, claro, os saldos negativos foram estratosféricos, em especial os econômicos.  Mas, depois a crise passava, as pessoas se readaptavam e a vida prosseguia.

Sem fazer menções proféticas e bíblicas, mas, do ponto de vista das teorias do Darwinismo, aprendemos que a luta pela sobrevivência está atrelada às adaptações e às adversidades do ambiente em que vivemos. Nesse sentido, em tempos de pandemia, rupturas e mudanças, onde nem se quer podemos nos dar as mãos, a segunda fase do Covid-19, exigirá de todos nós, da humanidade, governos e lideranças políticas novos padrões de comportamentos, pautados em redefinições e reprogramações das prioridades da vida cotidiana como um todo.

Atitudes estas que devem ser alicerçadas nos direitos e garantias individuais de cada cidadão, priorizando sempre o cuidado e o respeito pela nossa vida e a do nosso semelhante, de forma ética, digna e democrática. Mas acima de tudo, que estes novos tempos, nos impulsione a sair do comodismo, para compreendermos que a vida no mundo nunca foi e será previsível. E que as mudanças, só acontecem quando assim permitimos o novo entrar. “A melhor gramática do mundo é a mudança, não a permanência”, diz Carlo Rovelli.

Edileuza Furquim é jornalista e bacharel em Direito. E-mail: edileuzafurquim16@gmail.com

Postar um novo comentário

3 fortes para prefeito de Rondonópolis

ze do patio 400 curtinha   Apesar da "inflação" de prefeitáveis em Rondonópolis, com quase 10 se colocando como virtuais candidatos a prefeito, a disputa deve ficar acirrada mesmo entre três. Um deles é Zé do Pátio (foto), do Solidariedade. Vai tentar o terceiro mandato não consecutivo e...

Ex-deputada vai à vereadora em VG

zilda pereira 400 curtinha   A ex-deputada estadual Zilda Pereira Leite (foto) permaneceu pouco tempo na base dos Campos em Várzea Grande. Chateada por não ter sido renomeada como secretária de Educação, de cuja pasta havia se afastado por problemas de saúde, Zilda se filiou ao PSB, do pré-candidato...

Breunig destaca aprovação de contas

adriano breunig curtinha 400   O professor Adriano Breunig (foto), ex-adjunto e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia no Governo Silval e hoje diretor de Políticas de Desenvolvimento Institucional do IFMT, contesta o registro em Curtinha, apontando-o como candidato reserva e "vulnerável" à...

Borgato não sairá mais de secretaria

nilton borgato 400 curtinha   Nilton Borgato (foto), ex-prefeito de Glória D'Oeste e filiado ao PSD, não sairá mais do comando da secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dias atrás, ele chegou a ser avisado pelo governador que seria substituído e que iria para o Escritório...

Dorner vai tentar prefeitura de novo

roberto dorner 400 curtinha   Em Sinop, o empresário e ex-deputado federal por alguns meses Roberto Dorner (foto), que deixou o PSD e aderiu ao Republicanos, está disposto a encarar de novo a disputa a prefeito. Em 2016, ele perdeu para Rosana Martinelli (PR) por uma diferença de 3.388 votos. É possível que ambos...

Um líder sob insatisfação dos colegas

dilmar dal bosco curtinha 400   O líder do governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco (foto), tem enfrentado crítica velada e insatisfação dos colegas, principalmente dos deputados da base. Reclamam que o interlocutor do governador Mauro não move uma palha em defesa da liberação das emendas e, nas...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.