Cidades técnicas

Por 20/05/2018, 22h:36 - Atualizado: 20/05/2018, 22h:44

tania matos colunista

Tânia Matos

Sem o planejamento urbano e consequentemente a organização do sistema para atender de forma adequada cada objeto que faz parte do contexto da cidade de acordo com sua tecnologia, a cidade vira uma confusão só.

No século passado, as cidades eram organizadas com foco nas pessoas, desde as vias públicas até os comércios. Hoje, as cidades estão com um perfil voltado para o fluxo de coisas e, depois, pessoas. Tudo o que é pensado em termos de obras de infraestrutura visa atender primeiramente à demanda para circular veículos, mercadorias e, por último, as pessoas, e por conta disso houve uma mudança nos últimos tempos em relação à organização das cidades.

As grandes metrópoles são exemplos de urbanização que demanda a cada dia mais soluções que destravem a teia existente principalmente no que se refere à mobilidade. Nas cidades contemporâneas cada vez mais o fluxo de informação, pessoas e mercadorias se intensifica e define a morfologia urbana, que necessariamente precisa se adequar para atender às demandas por estruturas e movimentos.

Nas cidades contemporâneas cada vez mais o fluxo de informação, pessoas e mercadorias se intensifica e define a morfologia urbana

As cidades tornaram-se, ao longo do tempo, técnicas, ganhando uma nova dinâmica, havendo a necessidade de ser repensadas e readequadas, sob pena de sofrerem o caos urbano principalmente por conta do excesso de veículos que trafegam por suas vias.

Segundo dados do Ipea de 2008, 45,2% da população brasileira possuíam transporte motorizado individual, seja automóvel ou motocicleta; esse mesmo estudo apontava o aumento elevado desse percentual para os próximos anos. E é exatamente essa a realidade que vivenciamos hoje nas grandes cidades, potencializada pela oferta de linhas de crédito que facilitaram e continuam facilitando a aquisição de veículos.

Esse modelo atual de sistema de transporte preponderantemente individual vai na contramão em relação ao que se busca em termos de cidades sustentáveis, que tem o uso do transporte coletivo como uma das alternativas para a solução da questão da mobilidade, que será o caminho para o reequilíbrio nas cidades quanto ao excesso de veículos.

O quadro atual dos meios de transporte demonstra que as cidades e particularmente as grandes são planejadas em função do automóvel, o sistema pensado é articulado para facilitar o fluxo de veículos e não de pessoas, consequentemente as cidades são preparadas para esse tipo de cliente, o veículo. É preciso urgentemente buscar alternativas antes que o caos se estabeleça.

Tânia Matos é arquiteta e urbanista, administradora, pós-graduada em Gerência de Cidades, mestranda, presidente da Agência Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá e escreve escreve mensalmente neste espaço. E-mail: maristenematos@gmail.com

Postar um novo comentário

Ex-vereador por 5 vezes tenta retornar

wilson kishi 400   Após uma década sem encarar uma disputa eleitoral, Wilson Kishi (foto), que já exerceu cinco mandatos de vereador por Cáceres, somando quase 20 anos ininterruptos de assento no legislativo, decidiu se submeter ao teste das urnas de outubro. Vai tentar cadeira de vereador. Se filiou ao PSB, que tem a...

SD e chapa competitiva pra vereador

aluizio lima 400   Comandado no Estado por Zé do Pátio, prefeito de Rondonópolis, o Solidariedade ganhou novos filiados em Cuiabá e já tem uma lista de 32 pré-candidatos a vereador, numa expectativa de conquistar até quatro cadeiras. Além dos recém-filiados, vereadores Vinicius Hugueney...

MDB diz apostar em Thiago em Roo

thiago silva 400 curtinha   Dirigentes do MDB contestam o registro em nota no Curtinhas, assegurando que a oposição está forte em Rondonópolis e que deve unificar os grupos políticos e derrotar o projeto de reeleição do prefeito Zé do Pátio. Pesquisas internas estão deixando...

Pátio, adversários fracos e reeleição

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (foto), por mais populista, demagogo e com uma gestão avaliada pela maioria como desastrosa, caminha a passos largos para conquista de mais um mandato. Tende a vencer pela lógica do menos pior. Seus virtuais adversários são...

Pode recebe 2 já derrotados em BG

sandro saggin curtinha 400   O Podemos conseguiu juntar em Barra do Garças o grupo de dois já derrotados à prefeitura, Daltinho, que também foi deputado e em 2018 teve votação pífia na tentativa de reeleição, e Sandro Saggin (foto), um "eterno" candidato. Entregue ao ostracismo,...

Câmara de Barra devolve R$ 100 mil

joao rodrigues 400 presidente c�mara barra do gar�as   A Câmara Municipal de Barra do Garças devolveu à prefeitura R$ 100 mil para serem investidos em medidas de combate ao novo coronavírus. O presidente do Legislativo, vereador João Rodrigues de Souza, o doutor...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.