Jovem hoje, idoso amanhã

Por 20/02/2019, 13h:15 - Atualizado: 20/02/2019, 15h:22

tania matos colunista

Tânia Matos

O grande problema da maioria das pessoas e achar que serão eternamente jovens. Tem um período em nossas vidas, em que achamos que iremos ficar congelados no tempo, olhamos para as outras pessoas e pensamos, fulano está envelhecendo, detalhe, o fulano tem o mesmo tempo de vida que o nosso, porém, não enxergamos esse processo em nós, o nosso espelho se nega a mostrar, que sim, também estamos envelhecendo.

Não é fácil aceitar o envelhecimento. O idoso, na maioria das vezes é tratado como peça em desuso, sem serventia, o mercado exclui, a família não dá a devida atenção, e ele, que até então fazia parte do sistema produtivo,é retirado dele, sem ter se preparado, porque não percebeu que o tempo, o precioso tempo, passou.

É muito comum nas conversas em família, os idosos serem deixados de lado, os jovens acham que eles estão defasados, as pessoas pedem a paciência, porque a mobilidade está reduzida e os passos são mais lentos. Essas pessoas estão na fase congeladas no tempo e se comportam como se não fossem envelhecer e percorrer esse mesmo caminho.

É preciso que os governantes tratem os idosos com o devido respeito, por meio de elaboração de políticas públicas que assegurem seus direitos

Tania Matos

O envelhecer é um processo contínuo, comum a todos, porém distinto. Em virtude de alguns fatores, cada pessoa envelhece de forma diferente, entre os quais os biológicos, culturais e sociais. O idoso tem necessidade de atenção especial, que deve ser observada e respeitada por todos, principalmente pela família, para que seja atendida adequadamente. As mulheres com o envelhecimento perde a condição social de reprodução e a vida social fica restrita. O homem quando sai do mercado de trabalho, sente-se improdutivo e excluído e a autoestima fica comprometida.

Ofertar atividades que contribuam com o processo de envelhecimento saudável, no sentido de desenvolver a autonomia, no fortalecimento dos vínculos familiares, no convívio social, na prevenção de situações de risco e que estimule e potencialize a condição de tomada de decisões autônomas, poderão proporcionar que a pessoa idosa absorvao envelhecer naturalmente.

É preciso que os governantes tratem os idosos com o devido respeito, por meio de elaboração de políticas públicas que assegurem seus direitos, e que e a sociedade faça também o seu papel, para que possamos em um futuro próximo, devolver a quem já contribui com o progresso e o desenvolvimento de nossas cidades, estados e do País, o que lhe devido, a DIGNIDADE.

Tânia Matos é arquiteta e urbanista, administradora, pós-graduada em gerência de Cidades, mestranda em Ensino, presidente da Agência Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá e escreve mensalmente neste Blog. E-mail: maristenematos@gmail.com

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Herica De Paula | Quarta-Feira, 20 de Fevereiro de 2019, 20h33
    2
    0

    Ótima reflexão, principalmente no momento atual, onde segue a propositura da reforma da previdência. Com essa falta de políticas públicas que atendam os anseios de uma sociedade em constante envelhecimento, resta-nos pensar se estamos indo pelo caminho certo, aumentar o tempo de serviço em um país que nega seus idosos, e, que não aponta saída para tal situação é demonstração de um governo perverso.

  • Shirley | Quarta-Feira, 20 de Fevereiro de 2019, 19h10
    1
    0

    muito bem, mestre, parabéns é isso mesmo, disse tudo, precisamos de mais políticas efetivas de amparo e de segurança aos direitos das pessoas de mais idade. Gostei do texto, abraçuu

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

Morre pai do secretário da Casa Civil

Mauro Carvalho pai   Faleceu, aos 97 anos, o pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O empresário, que também emprestava o nome ao filho, Mauro Carvalho, foi vítima de um infarto nesta quinta (9). A informação foi confirmada pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) que publicou nota de...

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

Estudo sobre 13º a vereadores de VG

jaqueline jacobsen curtinha 400   A conselheira-substituta Jaqueline Jacobsen (foto) estabeleceu prazo de 120 dias, em sessão de julgamento do TCE por videoconferência no último dia 2, para que o presidente da Câmara de Várzea Grande, Fábio Tardin, realize estudo prévio de impacto...

2 deputados empurrados pra oposição

allan kardec 400   Por causa da bandeira que têm carregado de defensores dos servidores públicos, dois deputados do núcleo do governo começam a caminhar para oposição. Um deles é o pedetista Allan Kardec (foto) que, de tanto ser pressionado pelas chamadas bases para reagir contra a PEC da...

Elogios à gestão proba Mauro Mendes

marcelo oliveira 400 curtinha   O secretário de Estado Marcelo de Oliveira (Infraestrutura e Logística), Marcelo de Oliveira (foto), fez questão de destacar nesta quarta, em entrevista ao vivo ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que o governador Mauro Mendes tem se empenhado ao máximo para fazer uma boa gestão,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.