CHAPADA - DESAFIOS

Sexta-Feira, 31 de Janeiro de 2014, 00h:09 | Atualizado: 14/02/2014, 01h:21

Sem sinalização, atendimento e apoio

Município precisa melhorar muito em vários aspectos para fazer jus ao título de cidade turística


Enviada especial a Chapada dos Guimarães

Chapada dos Guimarães é, definitivamente, uma cidade turística. Não produz, não planta, não cria. Vive das suas belezas naturais. O problema é que só ter locais bonitos não é o bastante. É preciso saber investir em infraestrutura necessária para receber turistas, tanto de outros países quanto da própria região. E nisso Chapada tem deixado a desejar. Prova é o estado que se encontram os pontos mais procurados e também os centros de informações e atendimento.

O complexo da Salgadeira, por exemplo, era um dos preferidos dos turistas e dos cuiabanos. Há quase quatro anos foi interditado e somente agora em janeiro a revitalização começou. O governo tem a previsão de que na Copa do Mundo já esteja pronto, mas o cenário que encontrávamos até quinze dias atrás era desolador, com matagal alto e completamente abandonado.

O Mirante do Centro Geodésio apresenta uma das vistas mais bonitas da região, mas não tem nenhum apoio ou informação a quem chega, nenhuma placa. O motorista precisa ter cuidado para não passar direto e perder a entrada. Há uma guarita pichada e sem ninguém guardando o portão. Perto do mirante não há bancos ou infraestrutura, apenas pedras delimitando o estacionamento e uma barraca de água de côco

Iara Rezende/Rdnews

centro geodesico

Bloco de concreto no Mirante, representando centro geodésico da América do Sul

Num canto escondido, sem nenhuma indicação, está um bloco de cimento que teoricamente representa o centro geodésico da América do Sul.

Os pontos de informação no município são muito precários. Perto da entrada de Chapada dos Guimarães o Centro de Atendimento ao Turista não possui quase nada. É um salão redondo com algumas fotografias na parede e computadores que estavam desligados quando a equipe do RDNews visitou o local. Há uma pessoa no atendimento, mas não apresenta folhetos, guias ou muitos dados sobre a região. O turista fica perdido, pois nem sabe o que pode e precisa perguntar. Geralmente são direcionados para outro local, como agências de turismo.

Outro lugar sem grande estrutura é a Sala da Memória. Um casarão com alguns quadros de artistas locais e de fora e objetos antigos. Nas terças-feiras bordadeiras da região se encontram ali para fazer peças. O turista que vai preparado para ver uma espécie de museu ou galeria fica desapontado.

Iara Rezende/Rdnews

sala da memoria fachada

Num casarão existe Sala da Memória, com quadros de artistas e objetos antigos

Chapada ainda não viu os investimentos pesados no turismo prometidos para a Copa. Em 2009,  época que Yuri Bastos Jorge assumiu a secretaria de Estado de Turismo antes mesmo de Cuiabá ser escolhida como sede, muitos projetos foram divulgados e prometidos para a região. Basicamente nenhum saiu do papel até o momento.

Segundo foi dito pelo então secretário, o governo havia conseguido autorização do Instituto Chico Mendes para fazer investimentos no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. Passou um bom tempo fazendo propaganda acerca desses investimentos.

Previu um grande projeto de reforma completa da Salgadeira, do Portão do Inferno, da Cachoeira Véu de Noiva, da Cidade de Pedra, do Paredão do Eco, de todas as trilhas e cachoeiras, da própria cidade da Chapada.

Além disso, havia o projeto mais ousado: a instalação de um teleférico. Tirando o da Salgadeira, ninguém ouviu falar de mais nenhum desses projetos e o teleférico nunca nem sequer foi para o papel.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.