CHAPADA - DESAFIOS

Sexta-Feira, 31 de Janeiro de 2014, 00h:12 | Atualizado: 14/02/2014, 01h:17

Uma das principais cidades turísticas de MT não dispõe de infraestrutura

Melhorar atendimento, comércio e recepção ao turista se tornam grandes desafios em Chapada


Enviada Especial a Chapada dos Guimarães

Mário Okamura/Rdnews

chapada turismo e problemas

Chapada dos Guimarães é um dos municípios que mais recebem turistas, não oferece condições para bem atendê-los e sofre com a falta de infraestrutura geral

A reclamação maior quando se fala da turística Chapada dos Guimarães, na ótica de turistas, comerciantes, habitantes e mesmo de servidores públicos locais, é a falta de infraestrutura em todos os setores e o pouco apoio do governo às reivindicações por melhorias. A reportagem do Rdnews percorreu por um dia alguns pontos da cidade. Ouviu moradores, representantes de entidades, turistas, empresários e agentes públicos. O município recebe cerca de 130 mil visitantes por ano, de acordo com a secretaria municipal de Turismo. Em época de grandes eventos, como o Carnaval e o Festival de Inverno, chega a quase metade dessa quantidade de pessoas de uma só vez. A maior parte dos turistas é de brasileiros, mas o contingente de estrangeiros também é significativo, principalmente de japoneses, alemães, franceses e americanos. Todos vão em busca das vistas maravilhosas, dos banhos de cachoeira e de rios, da tranquilidade de uma cidade pequena e do campo. Apesar disso também querem bom atendimento, informações, acomodações e bom serviços como de telefonia.

Iara Rezende/Rdnews

chapada em números

Chapada dos Guimarães, com vários pontos turísticos e clima agradável, numa média de 24 graus

A própria secretaria de Turismo assume que Chapada dos Guimarães não está preparada para receber muita gente ao mesmo tempo. A assessoria comenta que o comércio local não suporta uma quantidade grande de turistas e recebe muitas vezes feedback negativo sobre o assunto. Além disso, poucas pessoas conseguem atender estrangeiros em outras línguas.

A prefeitura, de acordo com a secretaria, não arrecada muito, por isso precisa da ajuda do governo estadual para melhorar e organizar alguns eventos. No ano passado, o Festival de Inverno foi cancelado por falta de repasse financeiro do Estado e o município alegou falta de condições para custear as despesas da festa.

O secretario de Estado de Desenvolvimento ao Turismo Jairo Pradela confirma que o município precisa de melhorias, muitas das quais já estão sendo feitas ou possuem projetos. “É preciso ter em mente que o governo fomenta, mas a responsabilidade também é dos empresários e do comércio local”, salienta. Cidades turísticas bem sucedidas são fruto de esforço coletivo de gestão e comunidade.

O proprietário da agência de turismo Chapada Off Road, Rosan Chaves Silva Junior, afirma que há atualmente em Chapada dos Guimarães 41 hotéis e pousadas. Para ele, esse é um número bom, mas ainda não ideal, principalmente porque em época de superlotação da cidade não há como comportar todo mundo. Tem gente que dorme na rua e em carros. “E a deficiência não para aí, mas também em banheiros públicos, padarias, restaurantes e assim por diante”, pontua.

César Oliveira, presidente da Associação Comercial de Chapada dos Guimarães e proprietário do Restaurante Pomodoro, concorda e ainda acrescenta que o município sofre com mau serviço de telefonia. De acordo com ele, em finais de semana e em época de eventos, não há operadora que funcione satisfatoriamente. “E nenhuma delas faz questão de melhorar”, complementa. Na sua opinião, também faltam caixas eletrônicos e agências bancárias. “Atualmente estabelecimentos têm aceitado cartão de crédito, mas durante muito tempo era só no dinheiro vivo, o que causava muitos transtornos e fazia até mesmo perder vendas”, conta.

Copa

Fotos: Iara Rezende/Rdnews

recepção,locais de visitação e rodoviária

Do apoio empresarial, passando pela rodoviária e por locais de visitação, como Mirante, Chapada sofre com carência na infraestrutura e não suporta superlotação

O governo do Estado vai investir mais de R$ 12 milhões em Chapada dos Guimarães para resolver um dos principais problemas da cidade: o abastecimento de água. Segundo Pradela, até a época da Copa, em junho, essa prioridade terá sido resolvida. Outro trabalho ainda a ser realizado é a construção de um centro de convenções com recursos do BNDES e a revitalização de vários pontos turísticos, como o portão de entrada da cidade, trilhas e centros de atendimento ao turista. “Estamos reformando o complexo da Salgadeira, apesar de ele ser de Cuiabá, não de Chapada. São R$ 6,3 milhões investidos. As suas obras vão beneficiar o turismo nas duas cidades”, explica o secretário.

O governo também financiou durante um ano e meio (2012/2013) uma consultoria para a capacitação da cadeia produtiva do turismo de Chapada dos Guimarães. Foram vários cursos em todos os segmentos comerciais, inclusive cursos de línguas do Pronatec. O mesmo será feito em Nobres e em outras cidades.

A secretaria municipal de Turismo diz que nas próximas semanas irá montar um Conselho de Turismo para escolher projetos e ver as prioridades de reforma e revitalização em Chapada dos Guimarães para os próximos meses, de preferência para antes da Copa. A votação para a escolha dos integrantes está sendo marcada para os próximos dias.

O comitê será formado por três representantes do executivo, um da associação de bares e restaurantes, um das agências de turismo, um dos atrativos turísticos, três de entidades ambientes, um de pousadas e hotéis, um da Câmara, um do sindicato municipal de guias turísticos e um da Associação Comercial da cidade. Pradela ainda comenta que para Chapada dos Guimarães crescer e se desenvolver no turismo não é necessário muito. Entende que basta mexer na infraestrutura. "As belezas naturais nós já temos. No resto dá-se um jeito".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Evitando nova polêmica com prefeito

mauro mendes curtinha 400   Mauro Mendes (foto) dá sinais de que pretende colocar um fim ao clima de conflito com Emanuel Pinheiro. Ao menos por enquanto. Uma semana depois de disparar críticas duras ao prefeito da Capital, levando ambos a trocar farpas e acusações, o governador foi perguntado, em dois momentos na...

Janaina, perda de um bebê e repouso

janaina riva curtinha   A vice-presidente da Assembleia Janaina Riva (foto), do MDB, que está em licença médica desde o ano passado, usou as redes sociais nesta terça (28) para comunicar luto familiar. Grávida de gêmeos, a parlamentar lamentou que um deles perdeu os batimentos cardíacos e disse que...

Jayme afirma ter 4 opções para VG

jayme campos 400 curtinha   Em meio ao debate otimista sobre pré-candidaturas do DEM nas cidades pólos, em reunião nesta segunda, no Palácio Paiaguás, Jayme Campos (foto) comentou que, em Várzea Grande, onde sua esposa Lucimar está concluindo o segundo mandato, há quatro nomes sob...

DEM agora tem 5 querendo prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   Com o peso de quem comanda hoje em Mato Grosso os dois Poderes políticos, o Executivo e o Legislativo, com Mauro e Botelho, respectivamente, o DEM aposta na conquista não só da Prefeitura da Capital, mas também das outras nove maiores. Dirigentes do partido fizeram espécie de...

Presidente ora por harmonia no TCE

maluf 400 curtinha   Num Tribunal de Contas sob tensão, nada mais aconselhável do que um culto ecumênico para servidores e conselheiros, com participação de padre e pastor, em defesa da harmonia, união e amor no ambiente de trabalho. A ideia partiu do novo presidente Guilherme Maluf (foto), que reuniu...

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.