Manso ajuda turismo e a controlar enchente, mas eficácia energética é pífia - confira imagens exclusivas

Furnas diz que usina está produzindo 200 MW, suficiente para atender cerca de 300 mil pessoas


Reportagem Especial

Rodinei Crescêncio/Rdnews

usina manso

A usina hidrelétrica de Manso, em Chapada dos Guimarães, foi a 1ª de grande porte a ser implantada em MT, em 1999, suscitando críticas, mas também elogios

A usina hidrelétrica de Manso foi a primeira de grande porte a ser implantada em Mato Grosso, em 1999. Desde então, recebe mais críticas do que elogios. Enquanto o setor hidrelétrico vê sua existência como um avanço, acadêmicos e ambientalistas atacam o impacto causado na região, entre Chapada dos Guimarães e Nova Brasilândia.

Para o presidente em exercício do sindicato da Construção, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Gás de Mato Grosso (Sindenergia), José Antônio de Mesquita, o empreendimento foi um ganho para o Estado. A usina contribui não só para gerar eletricidade, mas para conter enchente na Capital e ampliar o potencial turístico. “Se Manso não existisse hoje e com a chuva intensa dos últimos dias, a Unic Beira Rio estaria debaixo d’água”, compara. O reservatório de Manso controla a água que sai tanto para aumentar o volume do rio no período de seca como para reduzir na cheia.

O professor da UFMT Dorival Gonçalves já vê a UHE como a hidrelétrica que mais causou impacto ambiental e social da história do Estado. Primeiro, para ele, foi um desperdício pelo fato da capacidade de geração ser de 210,9 mil kW, mas a potência utilizada ser de apenas 90 mil kW. Isso porque é "vítima" das mudanças climáticas, o que interfere diretamente na eficiência. Da localidade, na época de concessão, foram retiradas mais de mil pessoas, boa parte delas só conseguiu indenização 12 anos depois.

Por outro lado, conforme informações de Furnas, empresa responsável por tocar a usina e que detém 70% da participação no empreendimento, para mitigar e compensar as alterações provocadas pela implantação e operação foram implementados 21 programas ambientais, entre os quais os de monitoramento hidrológico, da ictiofauna e limnológico e da qualidade da água e os de manejo e conservação da fauna.

Além do mais, Manso gera receita para os municípios próximos, para o Estado e à União, com o pagamento da Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos, os royalties da água. Em 2013, foram pagos R$ 3,3 milhões em royalties. Deste total, R$ 1,3 milhão foi arrecadado pelos municípios Chapada dos Guimarães e Nova Brasilândia e mesmo valor pela administração estadual.

Rodinei Crescêncio/Rdnews

usina manso2

Barragem da hidrelétrica de Manso é constituída de 3.680 metros, a maior parte em solo compactado, e conta com 4 comportas e cuja vazão de 2.990 m3/s cada

Furnas aponta também que a usina de Manso está produzindo 200 MW - energia para cerca de 300 mil pessoas. UHE tem reservatório com área de 427 km². Hoje, encontra-se na elevação de 286,61 metros, o que representa um volume útil de 99,8%, ou seja, praticamente cheio. O nível do reservatório e o volume armazenado são definidos pela ONG Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que opera o conjunto de reservatórios brasileiros de forma integrada, com objetivo de assegurar a segurança energética a menores custos. 

A barragem da hidrelétrica possui 3.680 metros, a maior parte em solo compactado. O reservatório tem bacia hidrográfica de 9.365 km², área inundada 427 km². A tomada d’água é do tipo gravidade, com comprimento de 45 metros, tendo 4 comportas. A vazão é de 2.990 m3/s, por 3 comportas.

Galeria de Fotos

Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito:
Credito:
Credito:
Credito:
Credito:
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews
Credito: Rodinei Crescêncio/Rdnews

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

Evento da AMM para pré-candidatura

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto), que aproveita o trunfo de presidente da AMM para tentar projeção política, insiste na pré-candidatura ao Senado, mesmo com a filiação oficial ao PL fora do prazo exigido pela legislação, o que ensejará no indeferimento do registro. E...

Selma, carreata e "ciúmes políticos"

selma arruda 400 curtinha   Quem vê Selma Arruda (foto), senadora cassada por crimes eleitorais, e o ex-senador e federal José Medeiros afinados no Podemos, nem imagina que no pleito de 2018 ela optou por distanciá-lo motivada simplesmente por "ciúmes políticos". Selma carregava o slogan de "Senadora de Bolsonaro"....

Reunião pra debater viabilidade do VLT

wellington 400 curtinha   Após participar de uma reunião na Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, o senador Wellington (foto) revelou que no próxmo dia 10 vai ser realizado encontro com o secretário José Carlos Medalia e com integrantes do Governo de MT para discutir a viabilidade do VLT, cujas obras...

Estado reduz número de homicídios

alexandre bustamante curtinha 400   O secretário Alexandre Bustamante (foto), de Segurança Pública, está comemorando a redução do número de crimes em MT.  O Estado fechou 2019 com a menor taxa de homicídios dos últimos 10 anos. Nos 12 meses do ano passado foram contabilizados...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.