Rumo a 2020

Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 14h:17 | Atualizado: 14/11/2019, 19h:16

Chefe da Casa Civil ataca Emanuel, desafia a renunciar e cita "infiltrado" na gestão

Marcos Vergueiro

Mauro Carvalho

Chefe da Casa Civil Mauro Carvalho em entrevista a imprensa; ele é um dos nomes avaliados para disputar prefeitura

O secretário da Casa Civil Mauro Carvalho, um dos nomes cotados pelo DEM para disputar a Prefeitura de Cuiabá nas eleições de 2020, disse que suportou ataques do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) durante dez meses. Entretanto, afirmou que não ficará mais calado diante do que chama de “ofensas do emedebista”.

Sem assumir a condição de pré-candidato, Mauro Carvalho declarou que o DEM terá candidato a prefeito de Cuiabá. Disse ainda que ao invés de ser preocupar com o Governo do Estado, Emanuel deveria prestar atenção nos adversários que tem dentro do próprio Palácio Alencastro.

“Nesses dez meses de gestão,  eu sempre me comportei na Casa Civil de forma muito discreta, evitando entrevistas, evitando assuntos polêmicos.  Mas são dez meses de ataques, dez meses de ofensas, cabe a mim fazer a defesa do governador Mauro Mendes e chega uma hora que eu preciso fazer essa defesa. É o que eu estou fazendo aqui hoje. Chega! A Casa Civil não vai ficar mais quieta, seja de quem for o ataque, nós vamos responder à altura. De forma transparente, séria e honesta”, disse  Mauro Carvalho, em entrevista à Rádio Capital FM, na manhã desta quinta (14).

Um dos supostos ataques respondidos por Mauro Carvalho é relacionado ao novo Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), cuja última etapa será entregue no próximo dia 18. Isso porque Emanuel costuma dizer que o governador, que lhe antecedeu no Alencastro,  deixou as  obras abandonadas.  

“Eu desafio o prefeito Emanuel Pinheiro a provar que essa obra estava abandonada. Nós temos as planilhas de todas as medições que foram feitas no ano de 2016, que foi  o último ano do mandato do Mauro Mendes como prefeito da Capital. Se ele conseguir provar que a obra estava abandonada,  eu renuncio o meu cargo na Casa Civil. Eu gostaria que ele fizesse o mesmo na prefeitura, caso não consiga provar que realmente essa obra estava abandonada e parada”, desafiou.

Para rebater Emanuel, Mauro Carvalho lembrou que a Santa Casa de Cuiabá fechou durante a gestão do emedebista e foi reaberta pelo Governo do Estado. Em sua avaliação, a situação financeira da prefeitura também piorou desde o fim da Gestão Mauro.

 “Na política, a gente tem que ter o salto sempre muito baixinho porque política se faz em grupo. Essa humildade é o que falta no prefeito Emanuel, de reconhecer não só o trabalho do Mauro, mas dos outros prefeitos que passaram pela prefeitura. Esse reconhecimento é a grandeza de um político, que o prefeito não tem”, disparou.

“Em 2016, nós éramos a 11ª Capital em resultados econômicos, hoje nós passamos para a 25ª. Nós passamos da letra B para a C. Nós saímos de 334ª a nível de Brasil, de cidades, para 2.200ª. Isso é bucha de canhão. Mauro entregou com a LRF em 47%, hoje está em 51.3%. Essa é a verdadeira bucha de canhão. É igual aquele carro que você vai vender e manda lavar, manda polir, passa aquele pretinho no pneu e o carro fica maravilhoso por fora, mas na hora de dar partida e andar com ele,  o motor está fundido. A prefeitura não pode ser avaliada só porque está pintando rua, pintando escola, inaugurando não sei o quê”, completou o chefe da Casa Civil.

Eleições 2020

No que diz respeito às eleições, Mauro Carvalho ironizou o rompimento do vice Niuan Ribeiro (Podemos) - que é pré-candidato a prefeito. Ainda sugeriu a possibilidade de outros possíveis postulante à sucessão estar “infiltrado” no Palácio Alencastro, sem que Emanuel tenha percebido.  

“O prefeito Emanuel Pinheiro diz que tem pessoas no Paiaguás encantadas com a gestão dele, mas se esquece de cuidar do Alencastro, porque tem gente no 6º andar que é candidato a prefeito. E se ele olhar em todos os andares da Prefeitura,  vai encontrar mais candidato pra disputar contra ele. Eu vou me abster de falar esse nome aí, mas no início do ano vocês vão saber quem é”, finalizou.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Emedebista | Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 20h07
    3
    1

    Prezado Secretário da Casa Civil, teu “cargo” só lhe cabe exoneração, para caber renúncia deveria ser mandato político e, falta muito arroz e feijão para v. Excelência.

Matéria(s) relacionada(s):

Sindal repudia postura de "indicado"

O presidente do Sindal Jovanildo da Silva se diz traído por Osmar Capilé, representante dos segurados da AL e que exerce cargo de diretor dos Aposentados, que votou favorável a nova alíquota de 14% no Conselho da Previdência. O apoio ao aumento da cobrança gerou revolta entre os servidores do Legislativo, que partiram para cima de Jovanildo cobrando explicações. Em nota de repúdio, o sindicato, que o indicou como representante no...

Arena fechada ao público por 3 dias

virginia mendes curtinha 400   Nos seis primeiros dias de portas abertas, a Arena Encantada, considerada o maior parque natalino que Mato Grosso já viu, recebeu quase 10 mil visitantes. Mas ficará três dias inacessível ao grande público. Na segunda (16), a Arena será exclusiva das milhares de crianças...

Insistência em 2 disputas em 2020

adilton sachetti curtinha 400   Aliados de Adilton Sachetti (foto), como Blairo Maggi, orientaram-no a desistir da nova disputa ao Senado, no pleito suplementar do próximo ano, já que pretende concorrer de novo à Prefeitura de Rondonópolis. Avaliam que ele pode se queimar politicamente se continuar demonstrando sede...

Sindal e a traição por alíquota de 14%

jovanildo antonio sindal curtinha 400   Jovanildo Antonio da Silva (foto), presidente do Sindal que já tem uma atuação pífia, agora está levando porrete de todo lado dos servidores da Assembleia. É que, ao invés de sair em defesa da categoria e se manifestar contra o projeto do governo de elevar a...

2ª suplente de Selma amarga 2 perdas

clerie fabiana curtinha 400   Clérie Fabiana Mendes (foto), que surgiu do nada na vida pública e ganhou notoriedade como 2ª suplente da senadora Selma Arruda, vai perder duas vezes. Primeiro, ficará sem o cargo eletivo, por causa da cassação da chapa, encabeçada por Selma, por caixa 2. Segundo,...

Após aprontar, Abílio pede desculpas

juca do guaran� curtinha 400   Acuado, Abílio Brunini (PSC) recorreu agora a uma outra estratégia na esperança de escapar da cassação do mandato, depois de tanto aprontar, com denúncias sem provas, constrangimento, brigas, manipulação e ataques a diversas pessoas. Da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.