ELEIÇÕES 2020

Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 14h:17 | Atualizado: 14/11/2019, 19h:16

Chefe da Casa Civil ataca Emanuel, desafia a renunciar e cita "infiltrado" na gestão

Marcos Vergueiro

Mauro Carvalho

Chefe da Casa Civil Mauro Carvalho em entrevista a imprensa; ele é um dos nomes avaliados para disputar prefeitura

O secretário da Casa Civil Mauro Carvalho, um dos nomes cotados pelo DEM para disputar a Prefeitura de Cuiabá nas eleições de 2020, disse que suportou ataques do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) durante dez meses. Entretanto, afirmou que não ficará mais calado diante do que chama de “ofensas do emedebista”.

Sem assumir a condição de pré-candidato, Mauro Carvalho declarou que o DEM terá candidato a prefeito de Cuiabá. Disse ainda que ao invés de ser preocupar com o Governo do Estado, Emanuel deveria prestar atenção nos adversários que tem dentro do próprio Palácio Alencastro.

“Nesses dez meses de gestão,  eu sempre me comportei na Casa Civil de forma muito discreta, evitando entrevistas, evitando assuntos polêmicos.  Mas são dez meses de ataques, dez meses de ofensas, cabe a mim fazer a defesa do governador Mauro Mendes e chega uma hora que eu preciso fazer essa defesa. É o que eu estou fazendo aqui hoje. Chega! A Casa Civil não vai ficar mais quieta, seja de quem for o ataque, nós vamos responder à altura. De forma transparente, séria e honesta”, disse  Mauro Carvalho, em entrevista à Rádio Capital FM, na manhã desta quinta (14).

Um dos supostos ataques respondidos por Mauro Carvalho é relacionado ao novo Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), cuja última etapa será entregue no próximo dia 18. Isso porque Emanuel costuma dizer que o governador, que lhe antecedeu no Alencastro,  deixou as  obras abandonadas.  

“Eu desafio o prefeito Emanuel Pinheiro a provar que essa obra estava abandonada. Nós temos as planilhas de todas as medições que foram feitas no ano de 2016, que foi  o último ano do mandato do Mauro Mendes como prefeito da Capital. Se ele conseguir provar que a obra estava abandonada,  eu renuncio o meu cargo na Casa Civil. Eu gostaria que ele fizesse o mesmo na prefeitura, caso não consiga provar que realmente essa obra estava abandonada e parada”, desafiou.

Para rebater Emanuel, Mauro Carvalho lembrou que a Santa Casa de Cuiabá fechou durante a gestão do emedebista e foi reaberta pelo Governo do Estado. Em sua avaliação, a situação financeira da prefeitura também piorou desde o fim da Gestão Mauro.

 “Na política, a gente tem que ter o salto sempre muito baixinho porque política se faz em grupo. Essa humildade é o que falta no prefeito Emanuel, de reconhecer não só o trabalho do Mauro, mas dos outros prefeitos que passaram pela prefeitura. Esse reconhecimento é a grandeza de um político, que o prefeito não tem”, disparou.

“Em 2016, nós éramos a 11ª Capital em resultados econômicos, hoje nós passamos para a 25ª. Nós passamos da letra B para a C. Nós saímos de 334ª a nível de Brasil, de cidades, para 2.200ª. Isso é bucha de canhão. Mauro entregou com a LRF em 47%, hoje está em 51.3%. Essa é a verdadeira bucha de canhão. É igual aquele carro que você vai vender e manda lavar, manda polir, passa aquele pretinho no pneu e o carro fica maravilhoso por fora, mas na hora de dar partida e andar com ele,  o motor está fundido. A prefeitura não pode ser avaliada só porque está pintando rua, pintando escola, inaugurando não sei o quê”, completou o chefe da Casa Civil.

Eleições 2020

No que diz respeito às eleições, Mauro Carvalho ironizou o rompimento do vice Niuan Ribeiro (Podemos) - que é pré-candidato a prefeito. Ainda sugeriu a possibilidade de outros possíveis postulante à sucessão estar “infiltrado” no Palácio Alencastro, sem que Emanuel tenha percebido.  

“O prefeito Emanuel Pinheiro diz que tem pessoas no Paiaguás encantadas com a gestão dele, mas se esquece de cuidar do Alencastro, porque tem gente no 6º andar que é candidato a prefeito. E se ele olhar em todos os andares da Prefeitura,  vai encontrar mais candidato pra disputar contra ele. Eu vou me abster de falar esse nome aí, mas no início do ano vocês vão saber quem é”, finalizou.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Emedebista | Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 20h07
    3
    1

    Prezado Secretário da Casa Civil, teu “cargo” só lhe cabe exoneração, para caber renúncia deveria ser mandato político e, falta muito arroz e feijão para v. Excelência.

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

Contrato em VG sob irregularidades

jaqueline jacobsen curtinha 400   O TCE mandou a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, suspender qualquer pagamento à empresa Lidyfarma Comércio de Produtos Farmacêuticos referente a um contrato sem licitação para compra de 50 mil comprimidos de Azitromincina 500 mg para combate ao coronavírus....

Fabio deve mesmo tentar prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   O DEM do governador Mauro aposta todas as fichas na candidatura do empresário Fábio Garcia (foto) a prefeito de Cuiabá. Até sexta ele deve responder "sim" ao partido. Fabinho, como é conhecido, é um dos integrantes do núcleo de confiança do governador. Inclusive foi...

No marketing de Pivetta para Senado

bruno bini 400 curtinha   O cineasta e publicitário Bruno Bini (foto) deve comandar o marketing da campanha ao Senado do vice-governador Otaviano Pivetta. As negociações estão praticamente fechadas. Antes da pandemia, em fevereiro, Pivetta estava em negociação com Antero de Barros. A última campanha...

Jogada de vereador pra conseguir vice

thiago muniz 400 curtinha   O vereador de 2º mandato Thiago Muniz (foto), primo do ex-prefeito Percival, resolveu se lançar pré-candidato a prefeito de Rondonópolis pelo DEM como estratégia para manter o nome nas discussões majoritárias e na esperança de ser convidado para vice de alguém....

MDB fechado com Pivetta à senatória

joao jose 400 curtinha   O médico e deputado estadual João José (foto), do MDB, disse nesta segunda, em entrevista às jornalistas Lídice Lannes e Andhressa Barboza, em live do RDTV, tv web do portal Rdnews, que o seu partido está fechado no apoio à candidatura de Otaviano Pivetta ao Senado, na...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.