ELEIÇÕES 2020

Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 15h:42 | Atualizado: 14/11/2019, 15h:48

Não tendo o que mostrar, eles atacam, diz secretário para rebater chefe da Casa Civil

Luiz Alves

Lincoln Sardinha

O secretário interino de Governo, Lincoln Sardinha, que rebateu os ataques do chefe da Casa Civil Mauro Carvalho

O secretário municipal interino de Governo, Lincoln Sardinha, foi escalado pelo Palácio Alencastro para responder as críticas do chefe da Casa Civil Mauro Carvalho.  O embate entre os responsáveis pela articulação política da Prefeitura de Cuiabá e do Governo do Estado foi motivado pela entrevista do “braço direto” do governador Mauro Mendes (DEM) na  Rádio Capital FM,  na manhã desta quinta (14).  

Ocorre que Mauro Carvalho fez duras críticas ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). Desafiou o emedebista a renunciar ao mandato se não conseguir comprovar que a obra do novo Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) estava “abandonada”, apontou má-gestão financeira do Município e disse que chefe do Executivo tem adversário “infiltrado” no 6º andar do Palácio Alencastro.

 “É compreensível que, com o período eleitoral se aproximando, aqueles que possuem pretensões políticas tendem realmente a falar mais e, não tendo resultados a apresentar, atacam na ânsia de buscar espaço. Destacamos, ainda,  que desde que assumimos a administração do Palácio Alencastro, a determinação da atual gestão do município é cuidar de Cuiabá, priorizando os mais humildes e dessa forma, concluir e entregar as várias obras que herdou inacabadas, paralisadas ou abandonadas”, disse Sardinha em nota divulgada na tarde desta quinta.

 O secretário interino de Governo escolheu “não olhar para trás”. Por isso, garante que já está colhendo resultados e que o trabalho não se limita a “pinturas” como Mauro Carvalho declarou.

“São inúmeros bairros beneficiados com obras por toda cidade como asfalto, escolas, CMEIs, unidades de atendimento básico de saúde, praças e parques, além de outras obras estruturantes que levam a melhoria na qualidade de vida, principalmente, para as comunidades mais carentes. Literalmente Cuiabá se transformou em um canteiro de obras. Podemos colocar nessa balança também os diversos programas de benefícios sociais como o Hora Estendida na Educação e na Saúde, o Bem Morar, SOS AVC, entrega de uniformes e kits escolares e ainda poderíamos citar tantas outras ações”, completa a nota.

Lincoln Sardinha também pontua melhorias na mobilidade urbana e transporte público. Segundo ele, todas as realizações são feitas com responsabilidade enquanto a busca por novos investimentos não para. “Estamos melhorando a mobilidade urbana com a construção de dois novos viadutos, e a maior obra estruturante da Capital, o Contorno Leste. No transporte público ganha destaque as estações humanizadas, os abrigos de ônibus sustentáveis que ganharam repercussão internacional, e a histórica licitação do transporte coletivo já em fase final, além de outras ações em andamento. Tudo isso feito com responsabilidade. Responsabilidade essa que nos permite encontrar portas abertas para continuar buscando novos investimentos".

 Para Lincoln Sardinha, a atual gestão considera que o  importante é fazer a diferença na vida das pessoas, principalmente daquelas que mais precisam do poder público. Garante ainda que é neste  sentido Cuiabá tem avançado muito mais .

Ao criticar o perfil empresarial de Mauro Carvalho, ressalta que a Prefeitura não é uma empresa. Pontua ainda que a gestão pública não deve visar o lucro com o discurso dos gestores do Estado indica.

 “A Prefeitura não é empresa privada, não pensa como empresário. Para atual gestão, quem tem que lucrar são as pessoas. Por fim, salientamos que nossa gestão não tem qualquer interesse em entrar em desafios vazios, pois temos mais de 700 mil motivos para encarar desafios maiores e com fundamento. O desafio de continuar trabalhando, dia após dia, para que nossa pujante Cuiabá dos 300 anos esteja entre as grandes cidades e a sua população seja a grande beneficiada”, concluiu.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.