Em debate, Wilson denuncia propina de R$ 4 mi a familiares de Emanuel

Assessoria

emanuel pinheiro durante debate.jpeg

 Emanuel Pinheiro, candidato a prefeito de Cuiabá, durante debate da TV Record

O candidato a prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB) denunciou suposta cobrança de propina para beneficiar  Emanuel Pinheiro (PMDB) envolvendo a empresa Caramuru Alimentos. O caso veio a tona durante debate da TV Record do grupo Gazeta de Comunicação, neste domingo (23). Segundo o tucano, o próprio irmão de Emanuel, Marco Polo Pinheiro, o Popó, o procurou levando provas contra o peemedebista.

De acordo com Wilson Santos, que vai acionar a Defaz nesta segunda (24), o  esquema de corrupção teria movimentado R$ 4 milhões em pagamentos de propina. "Quem me trouxe a denúncia foi o seu irmão Marco Polo e a sua cunhada. E os orientei a procurar o Ministério Público", diz Wilson.

O pagamento dos valores teria sido feito por meio das empresas de Popó, da esposa dele, Bárbara Noronha, e da irmã de Bárbara, Fabiola Noronha. O tucano explica que vai conceder uma coletiva às 14h, nesta segunda, na porta da Defaz, e apresentar documentos "esclarecedores" sobre o fato.

Reafirma ainda  que o casal o procurou em seu apartamento e que não foi ele quem os procurou. Quando questionado para detalhar sobre os crimes que o concorrente cometeu, Wilson diz que, segundo o irmão e a cunhada, a empresa Caramuru Alimentos ganharia incentivos fiscais e no "esquemão" houve pagamento de R$ 4 milhões em propina. "Tudo está no arcabouço do grande governador da malandragem e corrupção, Silval, Alan Zanata e Marcel de Cursi, todos estão envolvidos nesse esquemão", atesta o tucano. 

 Emanuel Pinheiro rebate o tucano e o chama de “cara de pau”, e manda que faça a denúncia. “O senhor prevaricou e ao lado do seu irmão, que cometeu crime eleitoral, vai responder por isso. Ele foi pego com a boca na botija e agora o senhor quer descontar", acusa Emanuel. Lembra ainda que Wilson tem sempre a prática na campanha de fazer acusações contra o adversário, como ocorreu com Alexandre Cesar e Mauro Mendes, sem nunca conseguir provar.

O peemedebista ressalta também que quem fez essa denúncia foi Ely Santoantônio, que representa o jornalismo marrom em Cuiabá. Diz que o jornalista tem mandado de prisão em aberto e ninguém o acha. "A equipe do Wilson Santos pagou para ele rodar 50 mil exemplares desse jornal para me prejudicar porque estou liderando as pesquisas. O Wilson Santos não vai me nivelar com ele", critica.

 Quando questionado sobre o porquê o irmão dele faria tal denúncia, Emanuel diz que essa questão precisa ser respondida por quem está faltando com a verdade. Diz que é Wilson Santos que faz qualquer coisa pra atingir a honra dele. Garante que vai apresentar documentos em seu site nesta segunda (24) para provar a "mentira". Diz que a população precisa sepultar o passado que Wilson representa, que ele é "figurinha carimbada, um lobo em pele de cordeiro".

Assessoria

wilson santos durante debate record gazeta.jpeg

Wilson Santos, candidato a prefeito pelo PSDB, fazendo seu sinal 

LRF

Outro momento que deixou Emanuel em saia justa foi quando o candidato Wilson Santos citou a Lei de Responsabilidade Fiscal e perguntou as condicionantes que Cuiabá precisa atender para que a cidade receba recursos federais para cumprir os índices da Educação e Saúde e arrecadar tributos. 

Emanuel desvia do assunto e responde que Wilson Santos é o "rei das pegadinhas" nos debates, citando caso de pergunta dele no debate de 2008 com Mauro Mendes, quando questionou o nome da rua de trás da casa dele, e também a diferença de Cururu e Siriri. Ele afirmou que não tem como saber todos os artigos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), mas que Wilson Santos decorou apenas duas. "O senhor não sabe todos os artigos".

Emanuel afirma que governará a prefeitura dentro da lei, com os melhores nomes e com a credibilidade que tem, ao contrário de Wilson. Afirma que governará com os melhores nomes, independente de partidos políticos.

Emanuel Pinheiro diz que bons técnicos, preparados fazem um bom governo. Em outras palavras assume que não sabe de cor 2 artigos da Lei de Responsabilidade Fiscal, importantes para a governabilidade. 

Wilson afirma que o governador Pedro Taques é o parceiro de Cuiabá na construção do novo pronto-socorro, na destinação de R$ 2 milhões para o Hospital São Benedito. "O prefeito Mauro teve que esperar dois anos para essa parceria na obra do pronto-socorro, porque o seu governador Silval não ajudou em nada". Disse que teve alguns problemas com os médicos quando foi prefeito, pois não é possível atender todos os desejos e necessidades dos funcionários com as condições da prefeitura. 

Ele nega que o teto do pronto-socorro tenha caído em sua gestão, como acusa Emanuel, e sim um pedaço do forro. Afirmou que, caso vença, terá o Doutor Júlio Müller como consultor. "Não sei se será secretário". Ele cita suas obras na saúde, com a construção de 30 equipes de saúde da família e a policlínica do Pedra 90. Também apresentou a proposta do Corujão da Saúde e a Carreta da Saúde, todas em parceria com o Governo do Estado.

Bolinha é multado por irregularidades

humberto bolinha 400 curtinha   Por causa de irregularidades cometidas ainda em 2017, ao fazer aquisições sem realizar licitação e/ou pesquisa de preço, o prefeito de Guiratinga, Humberto Domingues, o Bolinha (foto), recebeu multa do TCE de 12 UPFs-MT, correspondente hoje a R$ 1,7 mil. E será intimado pelo...

Puxando o "rei" pra baixo em Tangará

reinaldo morais 400 curtinha   A pré-campanha ao Senado do empresário Reinaldo Morais (foto), o "rei dos porcos", evangélico e bolsonarista, vem ganhando aceitação popular em vários municípios. Mas, em Tangará da Serra, enfrenta muita resistência. Algumas pessoas próximas ao...

3 estaduais e 2 federais para prefeito

juarez costa 400 curtinha   Se na Assembleia, três dos 24 deputados se articulam por candidatura a prefeito, na Câmara Federal dois entre oito da bancada mato-grossense também pretendem fazer o mesmo. Tratam-se do emedebista Juarez Costa (foto), que apostará todas as fichas no retorno ao comando de Sinop, e do petebista...

PSDB rachado sobre nome a prefeito

ricardo saad 400 curtinha   O tucanato enfrenta uma incógnita em Cuiabá. A bancada na Câmara, hoje composta pelos vereadores Renivaldo Nascimento, Ricardo Saad (foto) e Toninho de Souza, defende apoio ao projeto de reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro. O partido, presidido na Capital por Saad, já faz parte...

Poucos da AL se arriscam pra prefeito

silvio favero 400 curtinha   Inicialmente seriam seis dos 24 deputados estaduais dispostos a concorrer ao pleito de novembro deste ano. Mas a lista vem sendo reduzida à medida que se aproxima das convenções. Sílvio Fávero (foto), por exemplo, sabe que a chance de ganhar a Prefeitura de Lucas do Rio Verde, onde...

Transferindo pandemia para Cuiabá

lucimar campos 400   Prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos (foto) transferiu praticamente o pepino da pandemia da Covid-19 à gestão da cidade vizinha, comandada por Emanuel Pinheiro. Ela faz questão de enfatizar que, numa reunião com porta-vozes do governo estadual, do TCE, da Assembleia e dos dois maiores...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.