Últimas

Sexta-Feira, 04 de Julho de 2008, 19h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

CÁCERES

115 brigam para vereador; 2 disputam prefeitura

...o prefeito Ricardo Henry, que tenta a reeleiçãoEx-prefeito Túlio Fontes disputa prefeitura contra... Nada menos que 115 candidatos a vereador disputam as 10 vagas na Câmara Municipal de Cáceres, cidade-pólo do Oeste mato-grossense. A proporção é de 11,5 por vaga, numa das maiores disputas já registradas no município.

   A coligação “Pacto pelo Progresso” formada por 12 partidos e sob liderança do PP do prefeito Ricardo Henry entra no páreo com 75 candidatos. Ainda sem nome, a coligação que apóia o ex-prefeito Túlio Fontes (DEM) conta com 45 candidatos. Cálculos dos analistas políticos de cada coligação diferem sobre a expectativa de eleição de cada grupo.

  Os aliados de Henry, que tem como vice o vereador Manoel de Matos, o Manezinho (PMDB), apostam numa eleição de  7 a 8 vereadores, mais de dois terços da composição na Câmara Municipal. Por sua vez, os aliados do ex-prefeito Fontes, prevêem que 6 candidatos do grupo devem compor o legislativo cacerense.

   Tomando por base o número de 58 mil eleitores cadastrados no município e a histórica estimativa de que em média 20% do eleitorado (11,6 mil) deixam de votar por um ou outro motivo,  ficariam cerca de 47 mil votos válidos. Isso aponta para um coeficiente eleitoral de 4,7 mil voto por vaga na Câmara.

    De acordo com a estatística dos analistas pró-Henry/Manezinho, a coligação proporcional PTB/PSDC, fará o maior número de vereadores: 3. O PP sonha com 2 cadeiras. O bloco PRB, PHS, PPS aposta numa vaga, enquanto a coligação com 3 siglas (PR, PMDB e PV) acredita que consiga conquistar entre 1 a 2 vagas.

Adilson Reis (PSB), um dos 115 candidatos a vereador em Cáceres   Já os “cientistas” políticos do palanque de Túlio Fontes não arriscam fazer prognóstico sobre qual das coligações proporcionais conquistará mais vagas no legislativo. A coligação “Pacto pelo Progresso” é formada por 4 frentes. A primeira aglutina PRB, PPS e PHS. Uma outra contempla PTB e PSDC. A terceira traz PR, PMDB e PV e, uma outra coligação, com apenas o PP. No geral, a coligação pró-Fontes está dividida em 2 grupos: O primeiro é composto por 4 siglas (DEM, PDT, PT e PSB). A segunda tem 5 (PSDB, PRTB, PRP, PTC e PSL). Entre os candidatos a vereador do bloco de Fontes está o ex-presidente do Centro de Processamento de Dados do Estado (Cepromat), Adilson Reis, que concorre pelo PSB. A coligação ligada ao ex-prefeito não passou o nome de todos os candidatos. Apenas os de maiores chances de se eleição. (Sinézio Alcântara, de Cáceres)

Candidatos a vereador por Cáceres e as coligações
Pacto pelo Progresso - Frente 1
PRB

Nilson Pereira (Cabo Nilson) Davi Ferreira de Souza, Kleber Selasco Cebalho, Waldecir Gomes, Celso Bueno Tavares, João Bráulino da Fonseca, Marilene de Oliveira Nascimento, Edna Divina Marques do Amaral, Rosemar Maximino Pereira
PPS
Marcos Rogério dos Reis Buzati, Geraldo Lopes Siqueira, Ivan Pinheiro de Souza, Kleber Fabian Santana Ramos, Silvio Donizete Simões, Erica de Moraes Leão Silva
PHS
Edson Francisco da costa, Iran Pereira Leite, Joaquim Luz Rodrigues da silva, Pedrosa Pires, Simone Cristina de Oliveira
Frente 2
PP – Alvasir Ferreira de Alencar, Antonio Dias do Espírito Santo Filho (Mujinho), Antonio Rodrigues da Silva (Toinzinho do Caramujo), Célio Silva, Chico do Mario Mota, Leomar Amarante Mota, Luiz Alberto Olivares Rodrigues (Vargas), Luiz Sergio Lara Garcia (Luizinho do Dito Gato), Waldio Alves de Souza (Jaburu), Carlos Antonio Brandão, Jose Aparecido Machado (Cidó), Iracilda Rocha Teixeira Rita (Iracilda Carola), Luciana de Gatas (Luciana Crepaldi), Valdete da Silva Campos, Maria Cleonice Moraes do nascimento
Frente 3
PR – Alcy Silva, Jose Élson Pires de Souza, Andre Luiz do Couto Souza, David Maciel de Campos, Andre Augusto da Costa Marques Neves, Luiz da Guia Cintra de Alcântara, Luis Percionichio Godoy, Jose Marcelo Flores Cardoso, Jose Roberto Mercado, Cynara Piran, Elisa Maria Jorge da cunha, Marilce Fátima de Farias
PMDB
Josué de Almeida Arruda, Marta da Floresteca, Maria Madalena Souza Pinto, Nicodemos dos Santos, Helio Leite, Jardes Moto-Taxi 
PV – Maria dos Santos Silva, Valdemar Berzuini
Frente 4
PSDC
– Antonio Salvador da Silva, Álvaro Gonçalves Filho, Edmilson Porfírio de Campos, Giuliano Luiz da Silva Garcia, Jose Antonio Caetano Cabral, Wilson Bosco Palhinha de Oliveira, Usias Pereira da Silva, Filomena Maria de Alcântara Silva, Isis Monteiro Moitinho, Tânia Aparecida Varco da Silva
PTB
Geraldo Barbosa de Oliveira, Waltrudes de Araújo Junior, Paulina Salome de Oliveira, Maria de Lurdes Braga Martins, Valdeniria Dutra Ferreira, Rubens Macedo, Gregório Garcia Lobato Lopes, Josias Modesto de Oliveira, Elias de Melo Franco, Avelino Henrique dos Santos
Coligação (ainda sem nome)
Chapa I

DEM
Wilson Viegas, José de Souza Brandão, Geraldo Magela de Oliveira, Neide Maria Pereira Echeverria, Nilton Roberto Carrocini, Divino de Almeida, Sidney Garcia Maia
PDT
Mário Quidá Neto, Luiz Carlos de Oliveira e Faria, Maria Barbosa da Silva, Miguel Zattar Neto
PT
Josué Alcântara, Lúcia do Sintep, Alonso Batista, James Frank, Elias Alves, Lúcia de Lurdes Gonçalves, Josué Valdemir de Alcântara, James Frank Mendes Cabral (irmão do vereador por Cuiabá, Lúdio Cabral), Elias Frederico Alves, Alonso Batista dos Santos  
PSB
Adilson Domingos dos Reis, Elias Dias de Carvalho, Juvenil Deloqui, Sabina Perpétua Cardoso da Silva
Chapa II
PSDB
Celso Fanaia Teixeira (Tetinho), Júnior Carneiro, Walter Saes, Mário Masao Tanaka, Aparecido Carvalho da Silva, Luiz Carneiro Júnior, Ana Luiza Michelon
PRTB
Márcia Maria Nolasco do Prado, Rosely Teles dos Santos Silva, Hélio Cardoso da Silva, André Minetti de Jesus
PTC
Franciso da Silva Leite, Cristovam Diogo de Arruda, Maria Neuza Martins dos Reis, Pedro Vidal Lopes, o Peixinho do Dner 
PSL
Celso Luiz Antunes, Francisco Canidé de Lima, Catarino Coleta da Cunha, o Dançarino
PRP - André dos Santos

(21h35) - Kishi questiona matéria e prevê eleger 50%

Wilson Kishi, candidato a vice-prefeito   O ex-vereador por 5 mandatos e hoje deputado estadual Wilson Kishi, candidato a vice-prefeito na chapa de Túlio Fontes (DEM), questiona o conteúdo da matéria acima produzida pelo repórter cacerense Sinézio Alcântara. Segundo ele, trata-se de "matéria tendenciosa". "O Sinézio é assessor da prefeitura", reage o pedetista, ao questionar a análise de que as coligações proporcionais que apóiam a reeleição do prefeito Ricardo Henry (PP) fariam a maioria das vagas na Câmara Municipal.

  Na sua avaliação, o bloco de oposição, composto por 9 partidos (DEM, PDT, PT, PSDB, PSB, PTC, PRTB e PSL) "tem condições reais de eleger 6 dos 10 vereadores". "A chapa majoritária puxa votos e a renovação vai estar do nosso lado. Vamos eleger mais de 50% dos vereadores", diz Wilson Kishi, ao se exceder em otimismo. As duas coligações proporcionais pró-Fontes contam com 38 candidatos a vereador.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Túlio Fontes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prezado Romilson,
    A matéria em apreço não está completa e, assim, não traduz a realidade do atual cenário em nossa Cáceres.
    Desta forma, sendo que esse conceituado site (RDNEWS) tem o costume de informar e muito bem os seus leitores, faço a sugestão de que durante este período eleitoral sejam ouvidos diretamente os pré-candidatos majoritários, para que a informação seja completa.
    Atenciosamente,
    Túlio Fontes

  • mara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro jornalista, não entendo a pastura do site em relaçao ao cantidato a prefeito pelo PSC. Gastaria de informar que existe mais um candidato na disputa pela prefeitura de Caceres e não somente dois!

    Obrigada.
    Mara.

  • Fabio de melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olá, gostaria de parabenizar a equipe deste site de noticias e dizer que vcs já fazem parte da rotina de minhas manhas. Só informo q existe mais um condidato concorrendo a prefeito de Caceres e o Beto do São Lucas, ele é mto meu amigo e nunca vejo ninguem falar nada dele.

    Um abraço

    Fabio.

  • PEDRO PAULO BARROS LEITE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É ISSO AÍ DEPUTADO KISHI,VAMOS JUNTOS DAR UMA SURRA DE DAR BICHEIRA NESSE ARROGANTE E PEDANTE PEDRO HENRY E SE IRMÃO PROBLEMATICO RICARDO.

    O POVO DE CÁCERES VAI DAR O TROCO NESSA DUPLA QUE SÓ FEZ ENRIQUECER NA CIDADE,POIS QUANDO AÍ CHEGARAM,SÓ TINHAM A CACHORRINHA PARA PUXAR, E HOJE É DONO DE UM DOS MAIORES PATRIMONIO DA REGIÃO.

    CHEGA DE MENSALEIROS E SANGUESSUGAS,FORA PEDRO HENRY E SUA CATREVA, CONFIAMOS EM V.EXCIA DEP. KISHI PARA MOSTRAR O BOM CAMINHO PARA O TÚLIO FONTES ,QUE É UM JOVEM E TEM MUITO A APRENDER COM O NOBRE DEPUTADO.

  • Mário Quidá | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de saber quais as outras siglas que fazem parte do grupo dos Henry, pois a matéria fala em 12 partidos, mas somente cita 8. Me parece que o PSOL, o PSTU e o PCO estão integrando o grupo do atual prefeito, embora sem candidatos a vereador, apenas sendo utilizadas como siglas de aluguel. Me pergunto onde estão as direções regionais desses partidos?? o PSOL não tinha vetado coligação com PP?? Ou essa regra serve apenas para Pontes e Lacerda?? Da forma que estão sendo utilizadas essas siglas já nascem mortas em Cáceres. É uma pena que o partido da Heloísa Helena esteja sendo usado pelos mensaleiros e sanguessugas de Cáceres. Sempre fui contra a cláusula de barreira, mas começo a mudar de idéia, pois as direções nacionais e regionais dos partidos estão deixando as direções municipais nas mãos de entreguistas sem qualquer ideologia partidária, que apenas colocam um preço e vendem seus partidos. Quanto a análise feita pelo jornalista Sinésio é óbvio que não poderia ser de outra forma, pois enquanto assessor dos Henry(quecimento ilícito) tem o dever de fazer essas projeções tão otimistas para o PP.

  • José Renato de Oliveira Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson, espero que não caia na cilada armada pelo assessor do prefeito, que vem fazendo eschachada campanha eleitoral com verbas públicas mas não consegue reverter sua rejeição, que aliás só aumenta. As pesquisas (todas elas) demonstram que a dupla Túlio/Kishi tem, indiscutivelmente, uma representatividade popular imensamente maior que Ricardo/Manézinho. Seja feita a vontade do povo.

  • Rafael Zanelato | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de parabenizar nosso querido amigo e agora deputado estadual Wilson Kishi por mais essa conquista. Cáceres esta orgulhosa em ter um verdadeiro representante do povo Cacerense na casa do povo Matogrossensse.

    Gostaria de deixar um simples comentário e reforçar ainda mais a opnião do senhor deputado estadual Wilson Kishi,

    Com relação a matéria, é de se desconfiar que Sinézio Alcantara acessor da atual e trágica gestão Ricardo Henry faça analizes em beneficio da atual casa da mãe Joana, parece até piada mas é verdade, esse tal pacto pelo progresso só gerou impacto em nossas cabeças,já começaram a inventar análizes fatasiosas para se lançarem como futuros e promissores lideres, como pode ser ???
    mostraram mais do que nunca incapazes de administrar Cáceres, e que pacto é esse que pretende trazer progesso a esse regresso que foi os Henry???
    Cáceres jamais passou por tamanho descaso politico,agora fragilizados começam a soltar falsas pesquisas para novamente tentar ludibriar o povo cacerense se dizendo ja eleitos.
    DEUS NOS LIVRE!!!

    O povo cacerense esta atento a essas armações e até sugiro que os Henry mudem de cartilha pois essa ja esta manjada até de mais.

    Os Henry tornaram se o Cácerer que Cáceres luta para se livar.

    O povo não é mais desatento,o povo esta sabe da verdade,o povo sabe que Cáceres merece o melhor, e essa melhora tem receita certa.


    Obrigado.

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...