Últimas

Quinta-Feira, 27 de Agosto de 2009, 08h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

OPERAÇÃO BENGALA-MT

2 médicos e casal de despachantes são indiciados

    Dois médicos assistentes do INSS, o despachante e servidor aposentado da Câmara de Várzea Grande e ex-candidato a vereador pelo município, Mário da Bengala, e sua esposa, foram indiciados pela Polícia Federal (PF) pelos crimes de formação de quadrilha, estelionato previdenciário e falsificação de atestado médico. Segundo investigações, o grupo teria causado prejuízo de R$ 600 mil ao erário, por meio de emissão de atestados falsificados que permitiam o recebimento do benefício garantido pela Lei Orgânica da Assistência Social. O nome dos indiciados não foi revelado pela PF.

   No último dia 20, a PF desencadeou a Operação Bengala, cumprindo 8 mandados de busca e apreensão, 3 sequestros de bens e encaminhando 11 à 5ª Vara Federal para prestarem esclarecimentos sobre o caso – veja aqui.  Além dos indiciamentos, a PF conseguiu a prorrogação da prisão preventiva do casal de despachantes. A alegação dos investigadores é de que eles poderiam causar riscos ao período de instrução do inquérito. Mário da Bengala está preso na penitenciária Central de Cuiabá, o antigo Pascoal Ramos. Já a esposa dele se encontra recolhida na penitenciária feminina Ana Maria do Couto May. Eles serão liberados neste domingo (30).

   A PF anunciou que não decidiu ainda se vai indiciar os 11 beneficiários irregulares, que foram submetidos a nova perícia técnica na semana passada. Segundo o superintendente da PF, Oslaim Campos, os laudos eram fornecidos por dois médicos assistentes que cobravam R$ 100 por consulta. O intermediário do esquema era Mário Bengala. Interceptações telefônicas apontam que ao menos 35 pessoas receberam, mediante apresentação de atestados médicos falsos, benefícios de auxílio-doença previdenciário e acidentário, aposentadoria por invalidez, amparo social a portadores de deficiência física e ao idoso. Os benefícios podiam chegar ao teto de R$ 3,2 mil ao mês, sendo que Mário Bengala ficava com 20% do vencimento mensal de cada segurado. As pessoas aposentadas indevidamente serão enquadradas no crime de estelionato previdenciário, que prevê prisão em regime de reclusão de 1 a 3 anos. (Patrícia Sanches)

---------------------------------------
Clique aqui e leia mais no Diário de Cuiabá

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • baiano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    os médicos tém previlegio não pode aparecer está em sigilo por que tem curso superior,pode aparecer mais gentona nesse mato grosso aceita tudo

  • antonia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    porque nao cita os nomes dos supostos médicops envolvidos nesse roubo do inss

  • MArcus | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os envolvidos nao são despachantes. Despachante são pessoas credenciadadas pra ecexer a função da mesmas, estes sao apenas picaretas que sabem o tramite junto ao INSS pra fraudar o Orgáo.

  • Marcio Dias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Sindicato dos Despachantes do Estado de Mato Grosso, comunica aos responsaveis pelo site RD NEWS que das pessoas envolvidas nesse crime nenhuma é despachante.
    Despachante é uma profissão reconhecida por Lei e também pelo Ministério do Trabalho e Emprego constando da classificação brasileira de ocupações sob o número 4231.
    Pedimos a gentileza de corrigirem o titulo da matéria.
    Para maiores informações colocamo-nos a disposição pelo telefone (65)3624-9938 ou pelo email sindespmt@hotmail.com

Governo vai ter consultoria hospitalar

gilberto figueiredo 400 curtinha   O governo estadual terá consultoria em assistência hospitalar. O processo de contratação é tocado pela secretaria de Saúde, sob Gilberto Figueiredo (foto). A ideia é buscar melhorar o atendimento à população e os índices de...

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.