Últimas

Segunda-Feira, 21 de Maio de 2007, 09h:19 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

21 de maio: Dia do Procurador

     É com enorme satisfação que comemoramos mais uma data dedicada ao Procurador e o aniversário da Procuradoria-Geral do Estado de Mato Grosso. Portanto, neste dia feliz para nossa classe, buscamos engrandecer o desempenho das atribuições institucionais da PGE que, ao tempo em que representa o Estado, faz a defesa de seus direitos e interesses nas áreas judicial, extrajudicial e administrativa aos órgãos da administração, os quais orienta, coordena e supervisiona o Sistema Jurídico do Estado e ainda produz cientificamente obras de grande relevo para Coletividade.
     O nosso trabalho de assessoria e controle da legalidade na aplicação de recursos superiores a R$ 6 bilhões do Estado, faz com que Mato Grosso evite ter posicionamentos discutidos em juízo.
     A Instituição nestes 36 anos de existência vem aprimorando as suas atividades no âmbito administrativo e judicial, muitas delas, pela importância e vulto, resultam em repercussão positiva na Administração Pública Estadual e até mesmo na esfera Federal, a exemplo do sucesso na questão que envolvia o Estado de Goiás que ocupava terras mato-grossenses há 23 anos; a demarcação correta da linha divisória não-definida de uma faixa de mais de 700 Km de terra de Mato Grosso em posse do Estado do Pará, há mais de 100 anos, bem como o recebimento de dívidas do Governo Federal no montante de R$ 120 milhões, referentes aos inativos e pensionistas de Mato Grosso do Sul, por ocasião da divisão em 1977.
     Com objetivo de otimizar as ações executivas movidas contra os maiores devedores solventes do Estado, recuperamos no ano de 2006 quase R$ 40 milhões da Dívida Ativa, ITCD e FUNJUS, permitindo que o Estado superasse a meta fiscal e a implantação da Central de Compensação de Carta de Crédito, permitiu ao Estado liquidar, aproximadamente, R$ 200 milhões de seus credores.
     Além disso, com o intuito de prosseguir nas ações relativas à sustentabilidade na gestão das políticas públicas, com a garantia do equilíbrio, controle da evasão fiscal e recuperação de receita, a PGE prosseguiu na implantação de ações de recuperação fiscal, reavaliou algumas ações e procedimentos administrativos que impediam ou retardavam o processo de resgate dos créditos. Tais dificuldades estão sendo sanadas pela capacitação dos servidores, reestruturação nos fluxos de processos e procedimentos, e também pelo fortalecimento e implantação do processo de integração de informação principalmente com a Secretaria de Estado de Fazenda.
     As demandas judicializadas em desfavor do Estado que somam aproximadamente R$ 6 bilhões, são hoje discutidas com eficiência e melhor gestão, face à implantação do sistema de informática. O mesmo se diz do rigoroso controle dos precatórios e respectivos pagamentos.
     Cumpre destacarmos ainda os trabalhos realizados em Defesa do Meio Ambiente com assessoramento direto ao Gabinete do Governador do Estado.
     Estes resultados, sem dúvida, decorreram do apoio e da confiança do Governador do Estado, de seus Secretários e dos Dirigentes de Entidades à nossa Instituição.
     Finalmente, aos diligentes colegas e servidores que dedicam suas energias, esforços e os seus melhores dias na construção conjunta de valores que engrandecem a classe e destacam, brilhantemente, a atuação da nossa Instituição em favor do Estado e da nossa sociedade, os nossos mais efusivos Parabéns.

João Virgílio do Nascimento Sobrinho é procurador-geral do Estado de Mato Grosso

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.