Últimas

Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2007, 12h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

LEGISLATIVO

3 já brigam pela sucessão do presidente Lutero

   O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Lutero Ponce (hoje no PMDB), não foi cassado por infidelidade partidária, mas, nos bastidores, alguns de seus colegas já o tem como "excluído" e se movimentam pela sucessão no comando da Mesa Diretora. O pedido de cassação de Lutero protocolado no TRE pelo quinto suplente do PP, Ali Veggi, deve ser julgado até janeiro. Em tese, o presidente da Câmara infringiu a regra do Tribunal Superior Eleitoral, pois se desfiliou do PP em setembro deste ano, portanto, seis meses após o 27 de março, data a partir da qual o parlamentar que deixar o partido de origem fica sujeito à cassação por infidelidade partidária.

  Enquanto Lutero Ponce prepara a defesa para salvar o mandato, alguns de seus colegas se movimentam de olho na presidência da Câmara. O tucano Edivá Alves, líder do prefeito na Câmara, é um dos empolgados com a possibilidade de concorrer à presidência. Ele já conseguiu um aliado e que não demonstra mais interesse em presidir a Mesa: Luiz Marinho (DEM), que comandou a Câmara por dois mandatos.

     Outro que também se articula é Francisco Vuolo, do PR do governador Blairo Maggi. Ele até já pediu votos para alguns colegas. O peemedebista Domingos Sávio corre por fora.

    Entre a maioria dos 19 vereadores o comentário é que a regra da fidelidade partidária vai acabar por tirar o mandato de ao menos três da Câmara de Cuiabá, entre eles de Deucimar Silva, que saiu do DEM e foi para o PP, de Lutero e de Éden Capistrano, que "fugiu" do PSB e foi para os braços do PMDB.

   Caso Lutero perca o mandato, a atual primeira-vice Lueci Ramos (PSDB) passaria a presidir a Câmara por 30 dias. Nesse interím, conforme estabelece o Regimento Interno, ele teria que realizar uma nova eleição para suprir a vacância. Pelo prognóstico dos candidatos à presidência, ainda restam cerca de 10 meses para conclusão do mandato de Lutero.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Vereador Domingos Sávio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não há nenhuma discussão ou mesmo intenção de minha parte em ocupar a presidência da casa. Cabe ao TRE decidir sobre o mandato do presidente. Em momento algum discuti qualquer assunto relacionado ao fato de querer ocupar a presidência da Câmara Municipal de Cuiabá. Eu não confirmo a informação.

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

Seduc e microônibus para municípios

alan porto 400 curtinha   A secretaria estadual de Educação, sob Alan Porto (foto), tem buscado parcerias com prefeituras para construir quadras poliesportivas, laboratórios de informática e escolas, além de ampliar salas de aula, adquirir ares condicionados e microônibus escolares, de modo a atender...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.