Últimas

Sexta-Feira, 12 de Outubro de 2007, 19h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CÁCERES

3 parlamentares serão cassados por troca-troca

Vereadores Tanaka, Alcy e Manezinho estão na lista de infiéis; outros 3 escapam 

   Três dos 10 vereadores cacerenses correm o risco de terem mandatos cassados por força da decisão do Supremo Tribunal Federal, que validou a fidelidade partidária a partir de 27 de março deste ano. Mário Tanaka, trocou o PP pelo PSDB. O ex-presidente da Câmara Municipal, vereador Manoel Ferreira de Mattos, o Manezinho, deixou o DEM e migrou para o PMDB, assim como Alcy Silva, que estava filiado ao Democratas e saltou para o PR. Dessa forma, Manezinho, Tanaka e Alcy entram na lista de infiéis.

   Essas mudanças ocorreram após a data fatal fixada pelo STF, que considera que o mandato pertence ao partido e não ao parlamentar eleito. A regra vale para ocupantes de cargos no legislativo (vereador, deputado estadual e federal). Está na pauta agora no Tribunal Superior Eleitoral um julgamento que definirá se essa mesma regra da fidelidade partidária valerá para senadores e para membros do Poder Executivo.

    O vereador Wilson Kishi escapou do processo de cassação. Ocorre que ele deixou o PP do prefeito Ricardo Henry ainda em 2005 e aderiu ao PDT. O mesmo ocorreu com Leomar Motta, que fugiu do DEM e foi para o PP. Outro que também não feriu a regra da fidelidade partidária, considerando essa nova decisão do STF, foi o vereador Wilson Bosco de Oliveira, o Palhinha. Eleito em 2004 pelo PSDC, ele mudou para o PP. Agora, resolveu voltar para os braços do partido de origem.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esse vereador alcy silva tem mais e que perder o mandato pois o mesmo nao tem postura para ser representante do POVO CACERENSE a pouco tempo atras ele denunciou o dep. PEDRO HENRY QUE CIMENTO ILICITO e o seu irmao RICARDO HENRY depois que inaugurou a sua rodoviaria agora e so elogios

  • omar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Independente da cidade ou estado eu, como cidadão gostaria que o judicário cumprise a propria decisão de caçar todos os macacos independente de ter dinheiro ou não e que isto seja urgente, pois as proximas eleições estão ai e gostaria de saber se eu voto pela ideologia ou pelo candidato sem confiança nenhuma.

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...