Últimas

Domingo, 26 de Julho de 2009, 15h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

SENADO

3 senadores de MT ignoram escândalos e apoiam Sarney

   O senador Jayme Campos (DEM) disse que a situação do seu colega parlamentar José Sarney (PMDB) à frente do Congresso Nacional é bastante delicada e praticamente insustentável. Segundo ele, Sarney precisa dar resposta à sociedade o mais rápido possível. “O clima está bastante ruim e cada vez mais difícil a situação dele (Sarney)”. Apesar de compor a bancada do DEM, que assinou o pedido de afastamento do presidente do Senado, o democrata pondera que a culpa de tudo que está acontecendo não é apenas do atual presidente da Mesa Diretora. “Não dá para corrigir tudo da noite para o dia. Muita coisa aconteceu em outras gestões e precisamos reconhecer isso”, afirmou, numa referência ao fato das irregularidades estarem acontecendo há pelo menos 14 anos.

  A opinião de Jayme é compartilhada pelo também democrata Gilberto Goellner. Segundo ele, o único crime cometido pelo presidente do Senado é o de prática de nepotismo, devido à nomeação de parentes em vários gabinetes. Já os escândalos financeiros envolvendo terceirizações feitas indevidamente, atos secretos, contas paralelas e contratos escusos “não dizem respeito a Sarney” já que ocorrem há mais de uma década e são responsabilidade de outras gestões, afirma Goellner, que tirou titular com a morte de Jonas Pinheiro (DEM).

   “Na verdade, o que ele (Sarney) fez é muito pouco perto dos escândalos financeiros de outras gestões”, argumenta Goellner. Ele diz ainda que "se Sarney sair todos da Mesa Diretora tem de renunciar ao cargo também". “Ninguém faz nada sozinho. Se ele sair todos que compõem a Mesa tem que sair. Até Serys (Marli) terá de renunciar”, ressalta. “Eles sabem de tudo o que acontece lá”, completa.

   A senadora Serys integra a Mesa e teve o nome envolvido em confusão depois que foi descoberta a nomeação de seu motorista por meio de ato secreto – veja aqui. “Acho muito difícil que Serys soubesse que o ato foi secreto. A maioria de nós nem sabia que isso existia”, defende Jayme Campos. Recentemente Sarney determinou o cancelamento de mais de 600 atos secretos.

    As denúncias mais graves contra Sarney apontam descoberta de mais de 600 atos secretos, além de duas contas paralelas. Ele promoveu várias nomeações de parentes em cargos DAS no Senado.   Alguns senadores, principalmente os tucanos e democratas, defendem o afastamento do presidente da Mesa Diretora para que todas as irregularidades sejam investigadas. Apesar de Lula defender a permanência de Sarney, a própria base petista estaria dividida. Serys, que é uma das defensoras da manutenção do peemedebista na presidência do Senado.

   Goellner e Jayme Campos preferem não opinar. Ambos argumentam que essa decisão deve ser tomada por Sarney ou pela Comissão de Ética do Senado. “Agora o que não pode acontecer é o governo insinuar que estas questões estão sendo levantadas para desestabilizar o governo federal”, disse Goellner, numa referência ao fato da ala governista afirmar que os democratas e tucanos só pedem o afastamento de Sarney para prejudicar a imagem de Lula. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Rodrigo Araújo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu não sei o que me deixa mais triste e desiludido, se é o comportamento dos nossos atuais Senadores, ou pessoas que acreditam que o Antero teria atitude diferente.
    Serys, Goelner, Jayme Campos, Antero e Jonas Pinheiro nunca tiveram qualquer representatividade no senado, tratando-se de meros expectadores lunáticos.
    Se depender dos nossos lunáticos, o Sarney continuará na presidencia da casa e os atos secretos não cessaram, já que é muito cômodo para nossa bancada.

  • hercules venâncio de figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se liga Rodrigo!!!Antero sempre foi muito respeitado no senado, ocupava espaço na mídia nacional com sua postura ética e de caçador de corruptos do governo lula. O senador Antero se estivesse exercendo o mandato com certeza teria uma postura muito diferente destes três que lá estão, tanto é verdade que ele foi convidado para coordenar investigação sobre o escândalo da petrobrás. Isso é prestigio e demonstra claramente o respeito que Antero ainda goza do grupo ético de senadores que ainda restam.

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o coitado, pegaram tudo em ordem, para quem trabahou na campanha pelo fim do fethab, agora se esbaldam, e o contrato de campo grande ??comovai??
    voce não conheceu DANTE DE OLIVEIRA???
    vai se danar puxa saco...o reinado esta acabando

  • JOAO DE DEUS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha só tiveram que pedir ajuda de um ex Senador da Republica para a CPI da Petrobras. Olha para quem foi pedir...e tem gente que insiste em falar que Antero esta envolvido em fraucatua...

    Mostra a eles Antero como que coloca a casa em ordem. Já que essa bancada de MT que está lá nao serva para nada.

  • ANTÔNIO SANDES DE ALMEIDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUANDO SARNEY GOVERNAVA O PT GRITAVA NAS RUAS...O POVO NÃO ESQUECE, SARNEY É PDS......QUEM IMAGINARIA QUE A RADICAL SERYS DE OUTRORA E O BARBUDO LULA DO ABC E DAS GREVES NO ESTÁDIO DA VILA EUCLIDES EM SÃO BERNARDO DO CAMPO SE TORNARIAM A BASE DE SUSTENTAÇÃO AO CORONEL SARNEY E SUA TURMA??? VÔTE COBRA!!!

  • mauricio silva peres | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que saudades do senador Antero!!!

  • marta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o povo não sabe das coisas, por isso quem quer sarney fora da presidencia ou ate msm do senado esta do lado do povo...

  • Mossueto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    É tipico de politicos com origem no extinto PDS, só ficavam em cima do muro, só se maniestavam após os generais se manifestarem dando sinal verde para que os seus seguidores tomassem partido, o sr. SARNEY está atolado em lama até o pescoço e os moços ainda acha pouco e o defende, mesmo o seu partido ter se manifestado contra.
    No proximo ano os dois enchem a face de oleo de peroba e vem, pedir votos prometendo defender: SAUDE; A SEGURANÇA E A EDUCAÇÃO, mas se esquece que o dinheiro que o SARNEY ora esta desviando, é o mesmo que falta para contratar mais policiais e equipa-los; contratar mais professores; construir mais escolas; contratar mais médicos e demais pessoas para dar suporte a saude; aquisição de medicamentos para a população, aonde esta a sua defesa da população? No momento que voces podem estar atuando em favor da população voces se omitem, e so lembram do povo quando estão em cima de um palanque buscando um novo mandato, agora e a ora de provarem o amor pelos matogrossenses, estirpando do congresso nacional, esses sanguessugas.

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os nobres senadores esqueçem que quem transformou o datilógrafo Agaciel Maia no todo poderoso diretor geral foi o Sarney,sabe-se a troco de que ou melhor hoje sabemos,fica difícil pensar em ética dos nossos representantes numa defesa desta natureza.

  • Dejanira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo com a Marta que saudade do Anterinho, ainda bem que Anterinho vai voltar a ser senador por MT.
    Senadores que estão a favor do Sarney deve ser investigado imediatamente. Isto é coisa séria, eu como brasileiro estou com vergonha de tantos escândalos, e os senadores não?

Ibope vê falha na pesquisa de Cuiabá

abilio 400   A  última pesquisa Ibope sobre intenção de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada na sexta passada (16) pela TVCA, cujo resultado destoa muito de outras amostragens, foi feita por telefone. E, por causa disso, o próprio instituto, em nota de esclarecimento publicada no próprio site,...

Medeiros x Fernanda e o bolsonarismo

jose medeiros 400 curtinha   Não são apenas Carlos Fávaro (PSD) e Nilson Leitão (PSDB), que se auto-combatem, com um tentando desconstruir a candidatura do outro na corrida pela única vaga em disputa ao Senado. Como num ringue de boxe, José Medeiros (foto), do Podemos, e coronel Fernanda (Patriota)...

Leitão x Fávaro sob efeito-Bolsonaro

nilson leit�o 400   O ex-vice-governador e hoje senador interino Carlos Fávaro (PSD) e o ex-prefeito sinopense e ex-deputado federal pelo PSDB Nilson Leitão (foto) travam uma guerra eleitoral, com críticas mútuas, como se só existissem os dois na disputa para o Senado, quando, em verdade,...

Leverger e ex em palanque separado

francieli magalhaes 400 curtinha   Dois candidatos em chapas majoritárias em Santo Antonio de Leverger, hoje em palanques diferentes, já estiveram juntinhos na vida particular. O empresário Ademilson Dantas de Matos (PV), vice da chapa de Franklin Luis Carvalho (PSDB), foi casado com a petebista Francieli Magalhães...

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

MAIS LIDAS