Últimas

Quinta-Feira, 11 de Janeiro de 2007, 12h:18 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

30 entidades protestam contra concessão da água

        O projeto de concessão do saneamento da Capital começa a enfrentar resistência e unir entidades, lideranças políticas e partidos que se opõem à proposta do prefeito Wilson Santos. Nesta quinta pela manhã, 30 entidades religiosas, sindicais, estudantis, comunitárias e agremiações partidárias participaram do ato de adesão contra a concessão da Sanecap. No auditório do sindicato dos bancários, líderes fizeram discursos duros contra a idéia da concessão da água e esgoto.  “A prefeitura de Cuiabá já aumentou o transporte coletivo e agora quer vender a nossa água. A gente não pode deixar. Esse sistema de concessão é, na verdade, privatização", protestou João Batista Benevides, presidente do Conjunto Residencial Terra Nova.

     O evento foi organizado pelo 'Fórum de Luta Contra a Privatização da Sanecap'. As entidades programaram uma agenda de atividades. A partir desta sexta (12,) a barraca de coleta de assinaturas do Fórum volta à praça Alencastro, no centro de Cuiabá. No fim de semana a coleta será feita nas feiras dos bairros CPA 2, Pedra 90 e Jardim Industriário. A partir das assinaturas, as entidades querem ingressar com projeto de lei de iniciativa popular para impedir a concessão da Sanecap.

      Na Câmara Municipal, dos 19 vereadores, quatro são contra o projeto de concessão: Lúdio Cabral (PT), Domingos Sávio e Mário Lúcio (ambos PMDB), Valtenir Pereira (PSB) e Luiz Poção (sem partido).

   O prefeito Wilson Santos assegura que não se trata de privatização, mas sim de concessão, garantindo ao Município autonomia como, por exemplo, de controle do preço da tarifa, e de investimentos para melhorar a qualidade dos serviços no sentido de atender a demanda.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Lei em Cuiabá veta cortar luz e telefone

misael galvao 400 curtinha   Seguindo exemplo de outros municípios, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), rejeitou veto do prefeito Emanuel e promulgou uma lei, que proíbe empresas de gás e concessionárias de serviço público de energia elétrica, no caso a Energisa,...

Visita a todos setores e agradecimento

domingos neto tce 400 curtinha   Numa demonstração de humildade e respeito aos servidores, o presidente do TCE Domingos Neto visitou nesta 4ª todo os setores do Tribunal para agradecer pessoalmente o esforço, dedicação e a contribuição de cada colaborador para que sua gestão do...

Equipe, foco e elogios ao governador

mauro carvalho 400 curtinha   Mauro Carvalho (foto), o número 2 do Palácio Paiaguás, faz questão de destacar que o governador Mauro Mendes está fechando o 1º ano de mandato sem promover uma única mudança no quadro dos 16 secretários, incluindo os que comandam a CGE e PGE. Entende isso...

Até Galvan quer o Senado pelo agro

antonio galvan 400 curtinha   A eleição suplementar ao Senado para início de 2020 começa a despertar interesse de diferentes setores. Só dos chamados representantes do agronegócio são pelo menos quatro possíveis candidatos. Até Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja Mato...

Sem elo com a servidora denunciante

abilio 400 curtinha   Sob investigação da Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá por causa de reincidentes casos de quebra de decoro, Abílio Brunini (foto), em nota, contesta o colega Juca do Guaraná, que divulgou imagens e afirmou que o vereador do PSC esteve no Hospital São Benedito e...

Goleada na cassação no TRE e no TSE

edson fachin 400 curtinha   No TRE-MT, em abril, a juíza aposentada e senadora Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, teve o mandato cassado por unanimidade. No julgamento do recurso da parlamentar no TSE, nesta terça, o placar também foi "elástico": 6 a 1. Somente o ministro Edson Fachin (foto) votou acatando o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.