Últimas

Terça-Feira, 04 de Março de 2008, 13h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

SINOP

35% votam em Jaime a governador; Silval é 2º

   O senador Jaime Campos (DEM) é o nome mais cotado em Sinop na corrida ao governo do Estado. Numa simulação com 7 virtuais candidatos, o  cacique tem a preferência hoje de 35,7% do eleitorado da cidade-pólo do Nortão, conforme aponta a pesquisa Mark de intenções de voto realizada nos últimos dias 29 de fevereiro e 1º de março. Em segundo lugar na pesquisa aparece o vice-governador Silval Barbosa (PMDB) com 11,6%. Silval começou na vida pública como prefeito de Matupá, que integra o pólo do Norte mato-grossense. Seu nome é cogitado pelo PMDB como uma das opções de 2010 para o Palácio Paiaguás. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos. Foram entrevistadas 586 pessoas em 42 bairros.

  O deputado pedetista Otaviano Pivetta, ex-prefeito de dois mandatos de Lucas do Rio Verde (Médio-Norte), é preferido por 8,5% dos sinopenses. Já a senadora Serys Marly (PT) que pleiteou, sem êxito, o cargo de governadora em 2006, detém 6,3%. Em seguida, aparece o prefeito cuiabano Wilson Santos (PSDB) que, antes de admitir o interesse em disputar a sucessão do governador Blairo Maggi (PR), terá pela frente o obstáculo da reeleição deste ano como espécie de prova. Para 4,9% do eleitorado, o tucano deveria ser o próximo governador.

   Nesta amostragem estimulada, o pré-candidato oficial da "turma da botina", Luiz Antonio Pagot, diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), é preferido somente por 3,1%. Já Percival Muniz (PPS) figura com 0,2%.

  Numa outra simulação em que o nome de Pagot é substituído pelo do prefeito de Rondonópolis, Adilton Sachetti, Jaime Campos continua à frente. Tem a preferência de 33,3% do eleitorado. A exemplo da primeira estimulada, Silval é citado por 12,5%, seguido de Pivetta, com 9%. Para 6,5%, a senadora Serys deveria se eleger governadora, enquanto 4,8% preferem o tucano Wilson Santos. Muniz e Sachetti são citados por 0,3% dos entrevistados. Nesse caso, Pagot tem maior aprovação que Sachetti. Na estimulada, o número de indecisos aumenta de 21,5% para 23,4%. Dos entrevistados, 9,9% preferem anular o voto.

  Rejeição

   Jaime detém a preferência mas, por outro lado, é rejeitado pela maior parte do eleitorado de Sinop. A rejeição a seu nome chega a 14,5%. Para detectar o grau de rejeição, a Mark fez a seguinte pergunta aos entrevistados: "Em quem o sr(a) não votaria de jeito nenhum para governador se as eleições fossem hoje e os candidatos fossem estes?". O segundo nome mais rejeitado é da petista Serys: 9,7%.

   Já o nome de Sachetti enfrenta resistência de 5,8%, assim como o de Pivetta (5,1%). Empatados tecnicamente aparecem o peemedebista Silval Barbosa (4,9%) e o socialista Muniz (4,8%). São lembrados também Wilson Santos, com 4,1% e, Pagot, 2,9%. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • carlos aguia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se deus quizer vamos eleger um governador, de verdade que se chama silval, este nome tem futuro, um homem que veio de uma uma cidade tão pequena e prospera, que nos temos que se orgulhar, muito e bater no peito, vamos em frente que o nortão pressiza de alguem pra olhar por nós, e para o mato grosso.... vamos silval barbosa vamos a luta, vamos tentar e com muito trabalho e com fé em Deus....

  • Sotero | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Posso até estar errado, mas os Campos para qualquer cargo público nunca mais, a maior decepção com os campos foi quando eles estiveram no governo, um deu banana para os servidores estaduais, e outro deixou até salário atrasar que nada mas é obrigação de todos que entra, isso é ser compente em administração publica?

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.