Últimas

Quarta-Feira, 18 de Abril de 2007, 07h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

PESQUISA

4 dos 6 prefeitos apresentam desempenho pífio

Gestões Chaparral, Murilo, Ladeia e Henry são reprovadas, enquanto as de Santos e Sachetti detêm melhor avaliação  

Pesquisa Mark realizada em seis cidades-pólos entre fevereiro e este mês revela que quatro prefeitos apresentam desempenho administrativo pífio. A maior reprovação recai sobre o comunista Zózimo Chaparral, de Barra do Garças, com 82,3%. Em seguida vem Murilo Domingos (PR), de Várzea Grande, com 77%, e o cacerense Ricardo Henry (PP), que detém 55,9% de pontuação negativa. Em Tangará da Serra, a gestão do prefeito Júlio Cesar Ladeia (PR) é reprovada por 49,8% - confira no quadro ao lado.

 Somente dois gestores dos municípios pesquisados contam com aprovação acima de 50%: Wilson Santos (PSDB), em Cuiabá, com 62,4% e, Adilton Sachetti (PR), em Rondonópolis, com 58,8%. Todos os seis prefeitos (Chaparral, Murilo, Henry, Ladeia, Santos e Sachetti) estão no primeiro mandato.

  A Mark Instituto de Pesquisa e Opinião, do empresário Marco Polo de Freitas, o Popo, vem realizando amostragens nas cidades-pólos para detectar junto à população como está o desempenho dos prefeitos e mostrar quem são os nomes preferidos para a sucessão de 2008.

   A primeira rodada de pesquisas deste ano foi feita em Cuiabá entre 24 e 26 de fevereiro. A administração do prefeito tucano Wilson Santos apresentou uma aprovação de 62,4% e uma avaliação negativa de 33,9%. A gestão Santos é ótima na opinião de 5,6%, enquanto 28,3% disseram que está boa e 28,5% entendem que está regular positivo. Já 6,9% consideram o governo tucano regular negativo, 9,7% concluíram que está ruim e, 17,3% foram categórico em considerá-lo péssimo.

   Em Rondonópolis, apesar do prefeito Adilton Sachetti apresentar dificuldade de reeleição se a disputa fosse hoje, sua administração conta com avaliação positiva de 58,8% e, negativa, de 38,9%, conforme pesquisa Mark feita nos dias 13 e 14 de março. Para 24%, Sachetti está fazendo um bom governo, enquanto 12,4% entendem que está ótimo e, 22,4%, regular positivo. Nove por cento consideram a administração regular negativo, 18,2% péssimo e 11,6% ruim.

   Dos seis prefeitos, Chaparral lidera em reprovação popular, com 82,3%. Dos entrevistados nos dias 9 e 10 desde mês, 66,4% disseram que o comunista está tendo uma péssima gestão, enquanto 13,2% avaliaram-na como ruim e, 2,7% entendem que está regular positivo. Somente 12,7% aprovam o governo Chaparral, sendo 1,8% de ótimo, 3,6% de bom e 7,3% de regular positivo.

   A administração de Júlio Ladeia também está "mal das pernas", revela a Mark, a partir do trabalho de campo realizado em 25 de março. O ex-liberal e agora democrata tem uma administração rejeitada por 49,8% - resultado da soma de regular negativo (10,9%), ruim (13,1%) e péssimo (25,8%). A aprovação do governo Ladeia chega a 45,7%, sendo 1,8% de ótimo, 18,6% de bom e 25,3% de regular positivo.

   Em Várzea Grande, 77% da população não aprova a administração Murilo Domingos, segundo a pesquisa dos dias 10 e 11 do mês passado. Dezenove por cento disseram que o prefeito está ruim, 6,6% avaliam-no como regular negativo e, 51,4%, como péssimo. A aprovação atinge apenas a 22,4%, sendo 1,7% como ótimo, 8,3% como bom e 12,4% como regular positivo.

   Os cacerenses também rejeitam a gestão Ricardo Henry. Na amostragem de 25 de março, a administração apareceu com 55,9% de reprovação - resultado de 31,4% de péssimo, 16% de ruim e 8,5% de regular negativo. Por outro lado, 43% disseram que aprovam o governo Henry. Destes, 6,8% apontaram-no como ótimo, 18,1% como bom e, o mesmo percentual, como regular positivo.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Voto a favor e agora contra Congresso

jose medeiros 400 curtinha   O pitbull do governo Bolsonaro, deputado José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso. Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30...

Pátio, "chororô" e chance de reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), com seu estilo populista, adotou a estratégia de se passar por vítima dos grupos políticos. Leva sempre a mensagem para as massas de que é um prefeito rejeitado pela elite política pelo simples fato de estar apoiando os...

Taques nem aí para colegas tucanos

pedro taques 400 curtinha   Caiu a ficha, enfim, da cúpula do PSDB em MT sobre o jogo de cena de Pedro Taques (foto). Os tucanos esperaram até ontem para ver se o ex-governador iria ao partido se pronunciar sobre eventual pretensão em disputar o Senado. Taques deu de ombros para os colegas de partido, que lançaram hoje,...

Campos e tese sobre vice de Emanuel

joacelestino_curtinha_400   Depois de uma reunião na segunda passada, na casa do prefeito Emanuel, com pré-candidatos ao Senado, entre eles, Leitão, Neri, Max, Júlio e Jayme, ficaram conversando de forma reservada o prefeito de Cuiabá e os irmãos Campos. Ali, finalizaram um acordo de cavalheiros para que o...

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.