Últimas

Domingo, 03 de Janeiro de 2010, 07h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Rumo a 2010

5 secretários de Maggi vão encarar as urnas

  Cinco dos 21 secretários do governo Blairo Maggi, dois adjuntos e o presidente do Detran, Teodoro Lopes, o Dóia, vão deixar os cargos em 31 de março com as atenções voltadas para as eleições de outubro. Os ex-democratas e agora republicanos Neldo Egon (Desenvolvimento Rural) e José Aparecido dos Santos, o Cidinho (Projetos Estratégicos) trabalham projeto de deputado estadual, assim como Baiano Filho (Esportes e Lazer), que também entrou na dança partidária. Ele deixou o PR e migrou para o PMDB. Já o petista Ságuas Moraes (Educação) e o progressista Chico Daltro (Ciência e Tecnologia) sonham com vaga de deputado federal.

   Alguns adjuntos entram também na lista de pré-candidatos na Assembleia. Deixam a Educação para encarar disputa a ex-deputada petista Vera Araújo (Gestão de Pessoas) e o ex-prefeito de Reserva do Cabaçal, Ezequiel Ângelo da Fonseca, que saiu do PR e voltou para o PP. Dóia, que trocou o PSB pelo PR, se mantém no páreo e disposto a fazer "dobradinha eleitoral" com seu padrinho político, deputado Mauro Savi (PR), que concorre à Câmara Federal. Já Leôncio Pinheiro (DEM), presidente da Empaer, desistiu da pré-candidatura a estadual. Chegou a conclusão de que não teria a mínima chance de êxito nas urnas.

   O quociente eleitoral - resultado da soma dos votos dos candidatos do partido e/ou coligação divididos pelo número de vagas a serem ocupadas -, deve chegar a 64,7 mil votos. Essa projeção mostra que a briga pelas 24 cadeiras na Assembleia será mais acirrada do que a do pleito de 2006, cujo quociente foi de 54,6 mil. Com a missão de apresentar projetos e outras proposituras e de fiscalizar os atos do Executivo, um deputado ganha cerca de R$ 15 mil mensais, controla R$ 30 mil de verba de gabinete e tem direito a reembolso de até R$ 15 mil a título de indenização por eventuais despesas. Conta ainda com um veículo Corolla à disposição do gabinete e com ajuda em outras despesas.

   Usufruindo da estrutura da máquina, alguns secretários se mostram empolgados com a possibilidade de obter boa votação junto aos servidores e atrair adesistas nos municípios. Ságuas, deputado estadual licenciado e ex-prefeito de Juína por dois mandatos, por exemplo, está à frente da maior secretaria de Estado. A Educação emprega mais de 40 mil servidores. É dessa categoria que o petista espera maior apoio em sua candidatura de deputado federal, numa dobradinha com o já federal Carlos Abicalil, que trabalha projeto ao Senado.

   Cidinho, de Projetos Estratégicos e coordenador dos consórcios rodoviários, é outro pré-candidato privilegiado. Ele "colou" no governador Blairo Maggi, que renuncia ao mandato no final de março para concorrer ao Senado, e tem obtido apoio de vereadores e prefeitos em meio às discussões sobre concessão de máquinas pelo Estado aos municípios com vistas à recuperação de estradas. O mesmo ocorre com o pecuarista Neldo Egon, que usa sua pasta para reforçar seu projeto político junto aos segmentos do agronegócio. E assim, com o peso da máquina, assessores do governo vão abrindo caminho rumo às eleições.

Quem são os secretários do governo Maggi
Diógenes Curado - Justiça e Segurança Pública
Eumar Novacki - Casa Civil
Alexander Maia - Casa Militar
Arnaldo Alves de Souza - Planejamento e Coordenação Geral
Eder de Moraes - Fazenda
José Gonçalves Botelho - Auditoria-Geral
Neldo Egon - Desenvolvimento Rural
Pedro Nadaf - Indústria, Comércio, Minas e Energia
Terezinha Maggi - Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social
Vanice Marques - Desenvolvimento do Turismo
Vilceu Marchetti - Infraestrutura
Ságuas Moraes - Educação
Geraldo de Vitto - Administração
Augustinho Moro - Saúde
Osmar de Carvalho - Comunicação
Dorgival Veras de Carvalho - Procuradoria-Geral
Luís Henrique Daldegan - Meio Ambiente
Baiano Filho - Esportes e Lazer
Paulo Pitaluga - Cultura
José Aparecido, o Cidinho - Projetos Estratégicos
Flávia Nogueira - Apoio às Políticas Educacionais
Vicente Falcão - Apoio e Acompanhamento às Políticas Ambientais e Fundiárias

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • manu | Domingo, 03 de Janeiro de 2010, 22h58
    0
    0

    O candidato ideal é o Augustinho Moro! Assim ele poderia defasar outros cofres pois o da saude ele e já arrasou!!!!!!! Aproveita e leva junto o Capistrano!

  • Maria José da Silva | Domingo, 03 de Janeiro de 2010, 22h43
    0
    0

    Perguntar não ofende, mas, extinguiram a SECITEC ou propositalmente esqueceram que CHICO DALTRO suplente de Deputado Federal pelo PP é candidato a Candidato à Câmara federal de novo? Com a palavra, o ilustre e justo ROMILSOM!. CORRIJA-ME SE ESTIVER ERRADA. OK?

  • Francisca Miranda | Domingo, 03 de Janeiro de 2010, 21h03
    0
    0

    É o Cidinho é esperto...... aprontou...jogou muita gente na tal sanguessuga e elemesmo qe deve, ficou de fora. Cuidado com ele....abram os olhos.

  • DILSON FARIAS | Domingo, 03 de Janeiro de 2010, 18h43
    0
    0

    O cidim eu conheço, não merece ser eleito é um traira, puxa saco do seu chefão naggi.

  • Jaime | Domingo, 03 de Janeiro de 2010, 11h40
    0
    0

    Porque o Geraldo Devito não sai candidato? uma pessoa competente ,soube lidar com o funcionalismo público em geral, sai Geraldo ! você vai puxar muitos votos para o seu chefe, o rei dos agricultores... Antes que eu esqueça aproveita e explica para o funcionalismo, porque o governo dos agricultores só dá gratificação aos delegados de policia e aos fiscais da sefaz ! Delegados e fiscais , porque será que este governo agrada tanto estas classes, adivinha ?

Rosana reassume Sinop na quinta

gilson de oliveira 400 curtinha sinop   Pela segunda vez, o apresentador de TV Gilson de Oliveira (foto), do MDB, comanda temporariamente Sinop, a chamada capital do Nortão. A prefeita e empresária Rosana Martinelli saiu de licença não remunerada por 12 dias para cuidar de assuntos pessoais. Viajou aos Estados Unidos....

Vereador induzindo as pessoas ao erro

diego guimaraes curtinha 400   O vereador oposicionista pela Capital Diego Guimarães (foto), do PP, está induzindo a erro às pessoas. Mesmo o prefeito Emanuel já tenho anunciado que vetará a proposta da Câmara Municipal de aumentar o seu próprio salário, uma forma de criar o efeito cascata e...

Quitados atrasados da gestão Taques

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes comemora o fato de estar fechando os 10 primeiros meses de mandato já tendo conseguido, mesmo sob crise financeira e uma série de medidas austeras para equilibrar as contas públicas, regularizar todos os pagamentos aos municípios de 2018 empurrados para sua...

Tangará, os indecisos e PSL com Caio

caio 400 tangara da serra curtinha   Em Tangará da Serra, até agora ninguém sabe para onde vão alguns partidos, como PTB, PL (ex-PR), Pros e DC. Há uma chance de que estes, que outrora foram importantes na cidade, nem lancem candidatos a vereador, principalmente porque não possuem nomes suficientes para...

Tangará da Serra com 3 na pré-disputa

reck junior 400 curtinha   Faltando um ano para a escolha do próximo prefeito, Tangará da Serra já sabe praticamente quem serão as opções nas urnas: Wesley Torres (MDB), Reck Júnior (foto), do PSD, e Vander Masson (PSDB). Nos bastidores, as discussões concentram-se nas...

Lei veta atuação de ambulante de fora

marcia alto paraguai curtinha 400   Em Alto Paraguai, a Câmara Municipal, sob Márcia Leite de Oliveira (foto), promulgou uma proposição que está provocando polêmica. Proíbe vendedor ambulante "de fora" de comercializar produto ou mercadoria de qualquer natureza na circunscrição do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.