Últimas

Terça-Feira, 06 de Janeiro de 2009, 21h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CARREIRA MILITAR

6 coronéis evitam a reserva e travam promoções

Coronel Orestes Oliveira Orestes, Lilian, Campos Filho, Adaildon, Victor Hugo e Jorge passaram do tempo de se aposentar e, assim, impedem novas promoções na PM

 Nada menos que seis coronéis já deveriam estar na reserva remunerada, mas postergam ao máximo os processos de aposentadoria, o que impede a promoção de tenentes-coronéis. Mas, afinal, o que os motiva a resistir à inatividade se o salário, hoje de R$ 12 mil mensais, é similar tanto para quem está na ativa quanto àqueles que já foram para a reserva? Só há uma explicação: privilégios. Em atividade, coronel usufrui de veículo, aparelho celular e de outras despesas todas bancadas pelo Estado, além de geralmente atuar em comando regional e, como membro de um Conselho, ajudar nas decisões de cúpula., com maior poder de influência.

   O ex-comandante-geral da Casa Militar, Orestes Teodoro de Oliveira, por exemplo, já acumula mais de 30 anos de carreira militar. Ele deixou o primeiro escalão do governo Blairo Maggi e deveria, de imediato, "desenterrar" o processo de aposentadoria na secretaria de Administração. Isso não aconteceu ainda. Após deixar o staff, Orestes tentou autorização do Estado para fazer curso de Altos Estudos de Política e Estratégia, na Escola Superior de Guerra, no Rio. Foi barrado pelas regras éticas da instituição, já que o seu tempo de serviço o remete para a reserva.

   Nos bastidores, o coronel Orestes foi orientado a continuar em silêncio dentro dos próximos dois meses. Só vai mesmo se aposentar próximo de 21 de abril, uma das três datas que tradicionalmente marcam as promoções na carreira de oficiais e praças. As outras ocorrem em 5 de setembro, dia da fundação da Polícia Militar; e em 25 de dezembro.

   Além de Orestes, estão com mais de 30 anos de atuação militar e com cinco na patente de coronel Liliam Tereza Vieira de Lima, o comandante-geral da PM Campos Filho, Adaildon Evaristo de Moraes Costa, Victor Hugo Metello e Jorge Roberto Ferreira da Cruz. Lilian deveria ter se aposentada desde 21 de abril do ano passado, data em que completou 5 anos no posto de coronel, conforme reza o Estatuto da PM sancionado pelo governador Blairo Maggi.

    Embate jurídico

   O curioso e intrigante é que Metello e Jorge foram "mandados" para a reserva, recorreram à Justiça contra o ato e retornaram à ativa. Nesse interím, o governador promoveu dois a coronel: Celso da Silva Fernandes e Jorge Catarino de Moraes. Assim, ao invés de 18, hoje o quadro está composto por 20 coronéis, dois a mais. A Procuradoria-Geral do Estado tenta derrubar liminar para aposentar os dois coronéis. Novas promoções só podem ocorrer a partir da abertura de vagas. Para a próxima vacância já um nome "carimbado". Trata-se do tenente-coronel Alexander Maia, que assumiu a Casa Militar no lugar de Orestes Oliveira.

Postar um novo comentário

Comentários (23)

  • Paulo Roberto de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses coronéis citados não querem ir para a reserva, só
    por causa das mordomias, e para estarem em evidencias,
    indo para reserva vão sumir no ostracismo e no anonimato...

  • jorge roberto ferreira da cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prezado Senhor Romilson

    Sou assíduo leitor do site Rdnews e acompanho diariamente todas as matérias jornalisticas,a maioria credito um alto grau de profissionalismo e ética, porém vejo com certa reserva alguns comentários por pura maldade, estes deveriam passar por uma maior censura da redação. Quanto a matéria referente ao tempo para reserva remunerada, onde me incluo nessa situação,busquei o caminho judicial para fazer justiça. Peço a gentileza de se possível abrir um espaço nesse veículo de comunicação para expor de forma clara, transparente e honesta a minha situação, pois o que vem passando é que estamos apegados ao Cargo e atrapalhando a vida de outros Oficiais que desejam promoção. É necessário e justo ouvir outro lado da moeda.

  • Bacurau | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eh pacabah o que eles naum fizeram em trinta anos, naum vao fazer agora... ninguem caiu de paraquedas na PM, o Cel Barbosa (conhecedor do estatuto) ja tinha ate assinado um requerimento para reserva caso fosse promovido, pq mudou de ideia???? E o Cel Denézio jah naum tem o tempo completo? Vamos acabar com as mordomias e trabalhar em prol da segurança.... o exemplo deve vir de cima, pois senaum como vao poder cobrar, as noticias corrrem t+

  • Assunção | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Primeirmente, quero opinar a respeito carreira da polícia militar. Ora, esses militares chegam muito cedo ao posto máximo da polícia, ou seja o de CORONEL, enquanto outros trabalhadores levam 35 anos para poderem se aposentar. Na minha opinião, esses coronéis que relutam em aposentar, não amam afarda, mas sim, os privilégios concedidos pela Legislação da Polícia Militar. VAMOS CORTAR AS MORDOMIAS, TAIS COMO; CELULARES, CARROS Á DISPOSIÇÃO, ORDENANÇAS, ETC.

  • Paulo Penedo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que voçês esperavam ?
    Principalmente do Cel. Oliveira, puxa saco de plantão, desde o governo jaime, sempre esteve a serviço das suas promoções e não está nem aí com quem devia já estar promovido e dando o que ele não deu e jamais dará, um serviço mais eficiente, do tipo o que a população precisa.
    As mordomias que um cel tem são de causar inveja em qualquer novo rico, desde o transporte deles e dos filhos a escolas e shoping, passando por supermercados e segurança 24 horas , nos gabinetes de refrigerante a água com gaz , não falta. semfalar nos cursos que inventam para fazerem e no final vira turismo. Essa é a bvoa vida de um coronel da pm, muitos deles não aguentam se quer dar um trote de 400 metros, não acertam com uma pistola um alvo de 10 metros. Essa é a realidade nua e crua, nossa Pm deixa muito a desejar, principalmente com Coronéis desse tipo.

  • Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso e uma covardia sem tamanho, tem de um tudo ate buscar filhos nos colegios com hora marcada, e é menos um praça na rua. O MP tem agir com rigor nesta situação. Esse povo esta impatando o desenvolvimento da Policia Militar, com todo esse apego ao cargo, diga-se de passagem ao dindin. Sai de cima do prego camaradas.

  • Sebastiana de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cel.Jorge, quem não te conhece dos tempos em que foi lotado na Assembléia Legislativa é que te compra. Sempre você tá mamando nas tetas dos órgãos públicos (pois tá sempre à disposição deste ou daquele órgão, meno no quartel). por isto se doeu e se doe pelos nossos comentários, diz que estou mentindo ou inventando?

  • MARCUS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ISSO É UM FATO VERDADEIRAMENTE LASTIMAVEL TANTO APEGO AO PODER, SE FOSSE UM SIMPLES MORTAL ESTARIA DANDO GRAÇAS A DEUS POR TER SE APOSENTADO, TENHO ATÉ VERGONHA DE SER UM CIDADÃO MATOGROSSENSEAO LER UMA MATERIA COMO ESSA. MINISTÉRIO PUBLICO DEPOIS QUE O DR° PEDRO TAQUES FOI TRNAFERIDO NUNCA MAIS NINGUEM VE FALAR. ENFIM DEUS TOMA CONTA.

  • Joaquim cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quanto ao seu comentário Marcus, você está corretíssimo, e pergunto, por que será que o Dr.Pedro Taques foi transferido para Sâo Paulo? para não apagarem ele como fizeram com o Juiz Leopoldino. E, pra variar na Assembléia Legislativa tem sempre um coronel, para quê? pergunte ao cel.jorge Cruz, que se doeu muito pelos comentários que ele sabe responder.

  • Bruna | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Euacho essa lei o fim. Somente 5 anos como coronel, depois de estudar, se formar,qundo engrena pra excutar o que aprendeu tem que aposentar.Ainda mais em MT cujo população só aumenta, e os crimes tb, consequentemente.Essas vagas tinham que aumentar. Aumentad e juiz, de promotor, e não aumenta de quem é pra cuidar da gente, o policiamento prventivo. Em Colniza tinha que ter Coronel, e tem? não em porque tem que controlar vaga.Ridiculo...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.