Últimas

Terça-Feira, 27 de Novembro de 2007, 18h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

LEGISLATIVO

7 meses depois, Lutero divulga parte da auditoria

   Após 7 meses de criação de expectativa, o presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Lutero Ponce (PMDB), resolve disponibilizar parte do resultado de uma auditoria independente solicitada por ele para vistoriar processos licitatórios, de pagamentos e controle de almoxarifado em relação à gestão de sua antecessora Chica Nunes. Lutero só divulgou publicamente o resultado da auditoria, após o Tribunal de Contas do Estado ter reprovado o balancete do exercício de 2006, quando ele atuava como primeiro-secretário da Mesa Diretora.

    Conforme auditoria, foram encontradas nas contas de 2006 da Câmara inconsistência nas documentações de empresas participantes de licitações, como, por exemplo, endereços errados ou incompletos, objetos de licitação divergentes da atividade da empresa contratada, ausência de assinaturas nos processos de pagamentos, além de ausência de controle de almoxarifado.

    Segundo Lutero, ele só não entregou a conclusão da auditoria antes por haver uma investigação paralela correndo em segredo de Justiça. “Não podia entregar (a auditoria) antes por se tratar de uma avaliação que corria em segredo de Justiça. Não podia atrapalhar nada”. Ele rebateu as acusações feitas pelos próprios vereadores de que queria esconder informações sobre o resultado da auditoria.

    Também foi acusado de dificultar o repasse de informações ao Ministério Público e à Delegacia Fazendária. Durante entrevista coletiva nesta terça, o presidente entregou vários ofícios contrapondo todas as imputações negativas voltadas a ele. “Eu jamais deixaria de cumprir uma decisão judicial”.

     A gestão 2006 da Câmara de Cuiabá está entre os processos mais polêmicos votados neste ano pelo TCE. O conselheiro-relator Júlio Campos votou pela responsabilização não só de Chica, mas também de Lutero, pois ele assinou cheques juntamente com a ex-presidente Chica Nunes. (Simone Alves)

    Clique aqui e leia a conclusão do relatório.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O presidente Lutéro estamos aguardando a oportunidade de termos acesso as notas fiscais de 2005 e 2007. O requerimento já foi protocolado faz dias. Cadê a transparência? Balancete não é Transparência. Que vergonha, os vereadores de Cuiabá, não dão conta nem de fiscalizarem a própria Câmara.
    Por que impedir o acesso, quem não deve não teme.

  • Ana Flavia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora não precisava mais Lutero

  • Juliana contribuinte | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Realmente tem que ter muita cara de pau. Que conclusão mais ordinária. Fico com as irregularidades apresentadas pelo TCE

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...