Últimas

Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2008, 19h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

MEIO AMBIENTE

9 municípios da bacia do Xingu desmatam mais

   Por mais que o governo do Estado conteste, os números oficiais num Mato Grosso campeão em desmatamento e em queimadas ilegais são preocupantes. Em novembro do ano passado, o desmate detectado pelo Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) atingiu a 571 km2 no Estado, enquanto dezembro registrou somente 1,6 km2, uma redução drástica graças ao intenso período de chuvas.

  O desmatamento ocorrido em novembro de 2007 foi 49% maior se comparado ao mês anterior (outubro de 2007) e 34% maior quando se compara a novembro de 2006. Entre os dez municípios com as maiores taxas de desmatamento durante o mês de novembro, nove estão localizados na bacia do rio Xingu. O campeão é Marcelândia (83 km2), seguidos por Gaúcha do Norte e Querência (ambos com 40 km2).

   Também entram nas estatísticas negativas Porto dos Gaúchos, Canabrava do Norte, São Félix do Araguaia, Bom Jesus do Araguaia, União do Sul e Paranatinga. Foram esses municípios que mais contribuíram para novos bombardeios de críticas a Mato Grosso por figurar entre os Estados que mais desmatam na Floresta Amazônica - confira no quadro.

   Já em dezembro de 2007, o desmatamento reduzido
ocorreu em Juína (0,94 km2) Nova Bandeirantes e Sapezal -  veja no quadro abaixo.

  O desmatamento no período de agosto a dezembro de 2007, correspondendo aos primeiros cinco meses do calendário atual de desmatamento, totalizou 1.703 km2.

   Esse desmate ilegal representou 88% do total em novembro e 74% em dezembro de 2007. Isso inclui o desmate nas propriedades não cadastradas no Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental, na Reserva Legal das propriedades  cadastradas no Simlam, nos Assentamento de Reforma Agrária (sem licenciamento ambiental) e nas Áreas Protegidas.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • marcelo ferraz albuês | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estava estranhando o comportamento deste site, que há alguns dias no coloca na pauta de discussão a questão ambiental, justamente o tema que está efervescendo a imprensa nacional, é só ler o estado de são paulo e a folha de paulo dos últimos dias. O último desaforo ou engodo do governo do Estado é tentar mascarar os dados apresentados pelo inpe "justificando" que queimada não é tão grave quanto o desmatamento a corte raso. Não precisa ser nenhum doutor em meio ambiente para saber que a queimada na floresta é tão nefasta ao equilibrio do ecossistema quanto o desmatamento. Isso só demonstra o quanto despreparados estão os atuais dirigentes da sema, que só sabem fazer politicagem e lotear o órgão com incompetentes iguais a eles.

  • francisco delmondes bentinho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o Municipio de Marcelandia vem passando or um período de problemas que afetam a comunidade, atingindo principalmente os menos favorecidos e que necessitam de emprego e renda para sobreviver. Depois da operação "Curupira", o município praticamente parou,com madeireiras fechadas gerando uma série de desemprego. Pelo acampanhamento dos órgãos municipais de Meio Ambiente e Secretaria Municipal de Agricultura, os dados estatisticos do desmatamento está longe de atingir o que se propala aos quatro cantos deste País.Há algo no ar, para que isto esteja acontecendo.

  • Democrático | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Cesar Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Dúvidas e Perguntas!

    É lá no município de Querência que está uma das maiores fazendas do Grupo AMAGGI. Inclusive, existe uma estrada com aproximadamente 70 Km, cortando essa fazenda de ponta a ponta.

    Será que não existe desmatamento nessa fazenda? Se existe qual a área desmatada e como ele foi feito? O IBAMA e SEMA poderia tirar essas dúvidas.

  • marilei binotto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SERÁ QUE QUANDO CRITICAMOS O QUE OS OUTROS NÃO ESTÃO FAZENDO OU FAZENDO NÓS ESTAMOS FAZENDO ALGUMA COISA PARA MUDAR,ISSO ME REFIRO A NOSSAS CASAS, NOSSO BAIRRO OU ATÉ MESMO COM NOSSOS FILHOS, SERÁ QUE ESTAMOS ENSINANDO ALGO QUE REALMENTE VAI FAZER DIFERENÇA EM SUA VIDA, OU APENAS APRENDERÃO A CRITICAR SEM NADA FAZER ASSIM COMO A MAIORIA FAZ.FALAR É FACÍL AGORA QUANDO TEMOS QUE RESTRINGIR ALGO QUE PODE NOS DAR MENOS LUCRO OU MAISTRABALHO ,A HISTÓRIA MUDA.

  • Curiosidade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Você pode tirar algumas duvidas minha?

    1) quem te garante que e exatamente no Município de Querência que esta uma das maiores fazendas do Grupo Amaggi?
    2) Quem te garante que dentro dessa propriedade privada tem uma estrada aproximadamente de 70Km, cortando-a de fora a fora?
    3) O que te leva a questionar de forma tendenciosa se tem ou não desmatamento na propriedade privada?
    4) Caso tenha o desmatamento se e ou não autorizado esse e um problema dos proprietários e não seu, você não acha?
    5) Quanto a competência de quem deve ir ao local verificar se tem ou não licenciamento para tal, você sabe tanto quanto nos que essa competência e da SEMA e não do IBAMA, deixa de se fazer de bobo.
    6) Como que você explica tanta informação precisas de uma propriedade que não e sua? Quando esteve da propriedade? Com autorização de quem entrou e fez todo esse trabalho de um engenheiro florestal?
    7) Será que você não esta utilizando da sua prerrogativa de acesso a dados de propriedades de terceiros o que seria material de trabalho seu para expor em saite?
    8) Você sabia que isso tem um nome? CRIME
    9) Agora vai um conselho: cuidado com o que fala, como e onde, isso pode comprometer sua conduta seu comportamento e levá-lo a uma acareação tipo: como tem acesso a tantas informações de um lugar que você jamais foi? Ou será que esteve lá e esta com medo de falar?
    10) Guarde a sua língua venenosa na boca ou será picado com o seu próprio veneno.

  • JORGE ALBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARA RESPONDER A ESSE LEITOR CURIOSO.
    O GRUPO AMAGGI TEM SIM UMA DAS MAIORES FAZENDAS NA REGIÃO DE QUERENCIA MAIS PRECISAMENTE NA ESTRADA QUE LIGA CANARANA A QUERENCIA, ESTRADA ESTA QUE PASSA POR DENTRO DA ANTIGA FAZENDA TANGURO (AGORA DA AMAGGI) E TEM SIM MAIS DE 70 KM DE ESTRADA DENTRO DA FAZENDA. SE TEM DESMATE SÓ OS FISCAIS INDO ATÉ O LOCAL PARA COMPROVAR OU NÃO.

  • Democratico | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhor JORGE ALBERTO, eu fiz alguma pergunta ao senhor?
    Por acaso o senhor chama-se Cesar Oliveira?

    Então vá cuida da sua vida!

  • fabricio mendes didini | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A tal "curiosidade" faz alguns questionamentos talvez preocupada em saber a fonte de onde o senhor jorge obteve as informações sobre a fazenda tanguro. primeiro, toda a imprensa nacional têm noticiado o que estão fazendo nesta propriedade, e não é de hoje que essa fazenda é suspeita de desmatar milhares de hectares; segundo, é direito de todo cidadão ter acesso aos projetos da sema, pois é público, e só pode temer por vazar informações se alguma coisa está errada; e terceiro, esta "curiosidade" está parecendo aquela personagem indecorosa, arrogante, metida a chefona e que manda mais do que o secretário, e que vive carregando certos processos nos braço$, "priorizando" a agilidade de uns poucos em detrimento da grande maioria que fica nos armários alimentando ácaros. Pois não é mesmo, curiosidade?

  • regina marques josefá | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A policia federal está chegando, muitas "curiosidades" vão vir a tona, favorecimentos, enrriquecimentos ilicito, tráfico de influências, formação de quadrilha, desvio de conduta, nepotismo, assédio moral, etc. te cuida filha!!!

Direitistas encaram pedreira em 2022

gilberto cattani 400   O xadrez político rumo a 2022 se movimenta e a tendência é que os deputados de direita encontrem dificuldade para se reeleleger. Xuxu Dal Molin, Gilberto Cattani (foto), Elizeu Nascimento, Delegado Claudinei e Ulysses Moraes, nem todos defensores fiéis de Bolsonaro, devem buscar novo mandato em meio...

Mauro, desgastes e projeto à reeleição

mauro mendes curtinha   Não há como negar que o governo Mauro Mendes (foto) enfrenta forte desgaste por causa das medidas restritivas de combate à Covid e, principalmente, devido à exigência da sociedade de maior investimento e planejamento na Saúde. Por mais que o Executivo divulgue feitos e liste...

Thiago, respaldo da igreja e reeleição

thiago silva _curtinha_400   O deputado estadual Thiago Silva (foto) começa a labuta pela reeleição e não terá uma tarefa fácil pela frente. Thiago faz parte do grupo da Assembleia de Deus, que sempre prioriza o colega de Parlamento Sebastião Rezende, que vai tentar o sexto mandato. Curiosamente,...

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...