Últimas

Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2008, 19h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

MEIO AMBIENTE

9 municípios da bacia do Xingu desmatam mais

   Por mais que o governo do Estado conteste, os números oficiais num Mato Grosso campeão em desmatamento e em queimadas ilegais são preocupantes. Em novembro do ano passado, o desmate detectado pelo Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) atingiu a 571 km2 no Estado, enquanto dezembro registrou somente 1,6 km2, uma redução drástica graças ao intenso período de chuvas.

  O desmatamento ocorrido em novembro de 2007 foi 49% maior se comparado ao mês anterior (outubro de 2007) e 34% maior quando se compara a novembro de 2006. Entre os dez municípios com as maiores taxas de desmatamento durante o mês de novembro, nove estão localizados na bacia do rio Xingu. O campeão é Marcelândia (83 km2), seguidos por Gaúcha do Norte e Querência (ambos com 40 km2).

   Também entram nas estatísticas negativas Porto dos Gaúchos, Canabrava do Norte, São Félix do Araguaia, Bom Jesus do Araguaia, União do Sul e Paranatinga. Foram esses municípios que mais contribuíram para novos bombardeios de críticas a Mato Grosso por figurar entre os Estados que mais desmatam na Floresta Amazônica - confira no quadro.

   Já em dezembro de 2007, o desmatamento reduzido
ocorreu em Juína (0,94 km2) Nova Bandeirantes e Sapezal -  veja no quadro abaixo.

  O desmatamento no período de agosto a dezembro de 2007, correspondendo aos primeiros cinco meses do calendário atual de desmatamento, totalizou 1.703 km2.

   Esse desmate ilegal representou 88% do total em novembro e 74% em dezembro de 2007. Isso inclui o desmate nas propriedades não cadastradas no Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental, na Reserva Legal das propriedades  cadastradas no Simlam, nos Assentamento de Reforma Agrária (sem licenciamento ambiental) e nas Áreas Protegidas.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • marcelo ferraz albuês | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estava estranhando o comportamento deste site, que há alguns dias no coloca na pauta de discussão a questão ambiental, justamente o tema que está efervescendo a imprensa nacional, é só ler o estado de são paulo e a folha de paulo dos últimos dias. O último desaforo ou engodo do governo do Estado é tentar mascarar os dados apresentados pelo inpe "justificando" que queimada não é tão grave quanto o desmatamento a corte raso. Não precisa ser nenhum doutor em meio ambiente para saber que a queimada na floresta é tão nefasta ao equilibrio do ecossistema quanto o desmatamento. Isso só demonstra o quanto despreparados estão os atuais dirigentes da sema, que só sabem fazer politicagem e lotear o órgão com incompetentes iguais a eles.

  • francisco delmondes bentinho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o Municipio de Marcelandia vem passando or um período de problemas que afetam a comunidade, atingindo principalmente os menos favorecidos e que necessitam de emprego e renda para sobreviver. Depois da operação "Curupira", o município praticamente parou,com madeireiras fechadas gerando uma série de desemprego. Pelo acampanhamento dos órgãos municipais de Meio Ambiente e Secretaria Municipal de Agricultura, os dados estatisticos do desmatamento está longe de atingir o que se propala aos quatro cantos deste País.Há algo no ar, para que isto esteja acontecendo.

  • Democrático | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Cesar Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Dúvidas e Perguntas!

    É lá no município de Querência que está uma das maiores fazendas do Grupo AMAGGI. Inclusive, existe uma estrada com aproximadamente 70 Km, cortando essa fazenda de ponta a ponta.

    Será que não existe desmatamento nessa fazenda? Se existe qual a área desmatada e como ele foi feito? O IBAMA e SEMA poderia tirar essas dúvidas.

  • marilei binotto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SERÁ QUE QUANDO CRITICAMOS O QUE OS OUTROS NÃO ESTÃO FAZENDO OU FAZENDO NÓS ESTAMOS FAZENDO ALGUMA COISA PARA MUDAR,ISSO ME REFIRO A NOSSAS CASAS, NOSSO BAIRRO OU ATÉ MESMO COM NOSSOS FILHOS, SERÁ QUE ESTAMOS ENSINANDO ALGO QUE REALMENTE VAI FAZER DIFERENÇA EM SUA VIDA, OU APENAS APRENDERÃO A CRITICAR SEM NADA FAZER ASSIM COMO A MAIORIA FAZ.FALAR É FACÍL AGORA QUANDO TEMOS QUE RESTRINGIR ALGO QUE PODE NOS DAR MENOS LUCRO OU MAISTRABALHO ,A HISTÓRIA MUDA.

  • Curiosidade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Você pode tirar algumas duvidas minha?

    1) quem te garante que e exatamente no Município de Querência que esta uma das maiores fazendas do Grupo Amaggi?
    2) Quem te garante que dentro dessa propriedade privada tem uma estrada aproximadamente de 70Km, cortando-a de fora a fora?
    3) O que te leva a questionar de forma tendenciosa se tem ou não desmatamento na propriedade privada?
    4) Caso tenha o desmatamento se e ou não autorizado esse e um problema dos proprietários e não seu, você não acha?
    5) Quanto a competência de quem deve ir ao local verificar se tem ou não licenciamento para tal, você sabe tanto quanto nos que essa competência e da SEMA e não do IBAMA, deixa de se fazer de bobo.
    6) Como que você explica tanta informação precisas de uma propriedade que não e sua? Quando esteve da propriedade? Com autorização de quem entrou e fez todo esse trabalho de um engenheiro florestal?
    7) Será que você não esta utilizando da sua prerrogativa de acesso a dados de propriedades de terceiros o que seria material de trabalho seu para expor em saite?
    8) Você sabia que isso tem um nome? CRIME
    9) Agora vai um conselho: cuidado com o que fala, como e onde, isso pode comprometer sua conduta seu comportamento e levá-lo a uma acareação tipo: como tem acesso a tantas informações de um lugar que você jamais foi? Ou será que esteve lá e esta com medo de falar?
    10) Guarde a sua língua venenosa na boca ou será picado com o seu próprio veneno.

  • JORGE ALBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARA RESPONDER A ESSE LEITOR CURIOSO.
    O GRUPO AMAGGI TEM SIM UMA DAS MAIORES FAZENDAS NA REGIÃO DE QUERENCIA MAIS PRECISAMENTE NA ESTRADA QUE LIGA CANARANA A QUERENCIA, ESTRADA ESTA QUE PASSA POR DENTRO DA ANTIGA FAZENDA TANGURO (AGORA DA AMAGGI) E TEM SIM MAIS DE 70 KM DE ESTRADA DENTRO DA FAZENDA. SE TEM DESMATE SÓ OS FISCAIS INDO ATÉ O LOCAL PARA COMPROVAR OU NÃO.

  • Democratico | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhor JORGE ALBERTO, eu fiz alguma pergunta ao senhor?
    Por acaso o senhor chama-se Cesar Oliveira?

    Então vá cuida da sua vida!

  • fabricio mendes didini | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A tal "curiosidade" faz alguns questionamentos talvez preocupada em saber a fonte de onde o senhor jorge obteve as informações sobre a fazenda tanguro. primeiro, toda a imprensa nacional têm noticiado o que estão fazendo nesta propriedade, e não é de hoje que essa fazenda é suspeita de desmatar milhares de hectares; segundo, é direito de todo cidadão ter acesso aos projetos da sema, pois é público, e só pode temer por vazar informações se alguma coisa está errada; e terceiro, esta "curiosidade" está parecendo aquela personagem indecorosa, arrogante, metida a chefona e que manda mais do que o secretário, e que vive carregando certos processos nos braço$, "priorizando" a agilidade de uns poucos em detrimento da grande maioria que fica nos armários alimentando ácaros. Pois não é mesmo, curiosidade?

  • regina marques josefá | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A policia federal está chegando, muitas "curiosidades" vão vir a tona, favorecimentos, enrriquecimentos ilicito, tráfico de influências, formação de quadrilha, desvio de conduta, nepotismo, assédio moral, etc. te cuida filha!!!

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...