Últimas

Sábado, 04 de Agosto de 2007, 07h:18 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

A magistratura se qualifica

     A Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso (Esmagis-MT) realiza no Fórum da Capital, nesta sexta-feira, a aula inaugural do programa de pós-graduação MBA em Poder Judiciário, desenvolvido em convênio com a FGV/RJ. Esse projeto era um sonho de toda a magistratura, que começou a ser pensado na gestão do desembargador Ernani Vieira de Souza. Como presidente da Amam, ele tentou realizar um mestrado com a PUC/SP.
     Infelizmente não foi possível finalizar esse convênio, mas o desembargador Paulo Inácio Dias Lessa teve a sensibilidade de dar continuidade ao projeto associativo de qualificação acadêmica dos magistrados e, assim, a sua administração na Amam prosseguiu nessa luta, agregando o apoio da Escola Nacional da Magistratura (ENM) da Associação dos Magistrados Brasileiro (AMB), já presidida pelo desembargador Luís Felipe Salomão.
     Com o apoio do diretor da ENM foi viabilizada reunião com o departamento de pós-graduação da FGV/RJ, onde o desembargador Paulo Inácio Dias Lessa, então presidente da Amam e já eleito presidente do TJMT, teve a oportunidade de conhecer integralmente o programa de especialização. Na oportunidade, os juízes Melo Serra e Roberto Ayoub, do TJRJ, e os professores Joaquim Falcão e Sidnei Gonzalez, da FGV/RJ, ouviram do desembargador Paulo Inácio Dias Lessa que o MBA em Poder Judiciário era uma luta associativa antiga e fazia parte do planejamento estratégico de sua gestão, sendo certo que, assim que tomasse posse como presidente do TJMT, iria desencadear as providências administrativas para a sua materialização imediata, inicialmente com 45 vagas para magistrados.
     Não custa registrar que a escolha pelo Órgão Especial do TJMT dos nomes dos desembargadores Márcio Vidal, como diretor, e Rui Ramos Ribeiro, vice-diretor, para dirigirem a Esmagis-MT também contribuiu muito para o oferecimento desse curso de capacitação dos magistrados, pois suas experiências acadêmicas trouxeram mais harmonia ao planejamento de implantação, inclusive com as escolhas das disciplinas a serem ministradas.
     O MBA em Poder Judiciário possui cinco objetivos específicos: imprimir maior velocidade à prestação jurisdicional; racionalizar a utilização dos meios administrativos e de recursos humanos postos à disposição dos juízes; valorizar a magistratura perante a sociedade e os demais poderes; aumentar a eficácia das decisões judiciais e criar mecanismos de atualização gerencial permanente no Poder Judiciário.
     É um curso multidisciplinar e vai buscar a formatação de um novo perfil de magistrados, ou seja, magistrados capacitados para julgar e administrar, inclusive com noções de orçamento e estatística judiciais, como se podem observar das quinze disciplinas a serem ministradas nos próximos dezoito meses: gestão e orçamento; juiz e a ética; inovação jurisdicional; estrutura política e administrativa do Poder Judiciário; gestão de serventias judiciárias; comunicação e marketing institucional; macroeconomia; formação de liderança; informatização do Poder Judiciário; contabilidade; estatística; estudos de casos e práticas inovadoras; Judiciário e sociedade; impactos da legislação processual na jurisdição e mediação de conflito.
     Os reflexos dessa preparação serão sentidos em breve, pois irá suprir uma grande lacuna na formação dos magistrados, colocando a Justiça mato-grossense em grau de paridade de qualificação com os Tribunais de Justiça do Rio de Janeiro, Acre, Rio Grande do Sul, Rondônia, Goiás e os Tribunais Regionais Federais da 2ª e da 5ª Região, que já realizaram essa pós-graduação com enorme sucesso e que agora experimentam avanços significativos em seus serviços com a qualificação obtida.
     Com essas valiosas ações associativas e institucionais, estratégicas e contínuas, há de se afirmar com certeza que a magistratura se qualifica em benefício da sociedade.

Antonio Horácio da Silva Neto é presidente da Associação Mato-grossense de Magistrados (Amam)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Adin contra nomeação em Cáceres

angelo audicom 400 curtinha   Presidida por Ângelo Silva de Oliveira (foto), a Audicom-MT, entidade que congrega auditores e controladores internos dos municípios do Estado, ingressou com Adin no Tribunal de Justiça, pleiteando liminar para, assim como ocorreu em Rondonópolis, também derrubar uma lei em vigor...

Viúva de Adriano disputa em Cáceres

anelise silva 400 curtinha   Anelise Silva (foto), viúva do ex-reitor da Unemat e ex-deputado Adriano Silva, lançou pré-candidatura à prefeita de Cáceres pelo DEM do governador Mauro. Ela enfatiza que sofre a dor da perda e que decidiu entrar no páreo para dar continuidade ao projeto de Adriano de...

Vereador tenta barra compra de cestas

diego guimaraes 400 curtinha   O vereador pela Capital, Diego Guimarães (foto), denunciou junto à Ouvidoria do TCE o que definiu como irregular a aquisição, com dispensa de licitação, de cinco mil cestas básicas de alimentos pela secretaria municipal de Assistência Social e Desenvolvimento...

Apresentador de TV luta contra Covid

alexandre mota 400 curtinha   Alexandre Mota (foto), apresentador desde abril do programa de variedades Balanço Geral, da TV Vila Real de Cuiabá (Record), está internado na UTI do hospital São Mateus. É mais uma vítima diagnosticada com Covid-19. O seu quadro clínico se agravou. O pulmão...

Campanha une as primeiras-damas

virginia mendes 400 curtinha   As primeiras-damas Virginia Mendes (foto) e Michelle Bolsonaro, de MT e do país, respectivamente, têm mantido um relacionamento bem estreito no desenvolvimento de projetos e ações sociais. No final de abril, Michelle postou um elogio e divulgou, na sua conta do Instagram, a campanha de...

Se EP recuar, PV lança Stopa a prefeito

justino malheiros 400 curtinha   O ex-presidente da Câmara de Cuiabá e membro do diretório municipal do PV, vereador Justino Malheiros (foto), disse nesta segunda que o partido estará com o prefeito Emanuel Pinheiro até o último momento, apostando no projeto de reeleição do emedebista. Mas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.