Últimas

Quarta-Feira, 27 de Dezembro de 2006, 13h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

Abicalil e Alexandre apoiaram operação dossiê, diz PF

        A Polícia Federal, em seu relatório final do inquérito sobre o dossiê antitucano, não responsabilizou o deputado federal mato-grossense Carlos Abicalil e nem o ex-presidente regional do PT, Alexandre Cesar. O delegado Diógenes Curado afirma, porém, haver fortes indícios de que 'a oferta do dossiê' teve o apoio dos dois. No começo da negociação do dossiê, Alexandre e Abicalil trocaram vários telefonemas com Valdebran Padilha, com quem ambos têm ligações próximas. Valdebran foi o financeiro da campanha de Alexandre à Prefeitura de Cuiabá, em 2004. Ele também alugou um imóvel para Abicalil montar comitê da campanha, neste ano.

       A PF concluiu que Hamilton Lacerda, ex-assessor de Aloízio Mercadante, foi quem levou o dinheiro do dossiê (R$ 1,7 milhão)  aos emissários do PT na transação entre Gedimar Passos e Valdebran Padilha. Sustenta que toda a operação foi montada inicialmente por  Jorge Lorenzetti, chefe do núcleo de inteligência da campanha do presidente Lula, com a ajuda de Osvaldo Barjas, Expedito Veloso e Gedimar Passos.
      Para a PF,  Lorenzetti foi o centralizador da negociação do material contra o PSDB. Concluiu também que a operação foi montada porque "havia no PT uma indignação quanto ao rumo tomado pela CPI dos Sanguessugas, atribuindo toda a culpa da fraude ao governo Lula, "quando se sabia que o início de tudo foi no governo anterior, de FHC".  Apesar disso, Lorenzetti e os outros dois petistas da campanha do presidente diretamente envolvidos no escândalo (Expedito e Bargas) não foram responsabilizados no inquérito.

    O inquérito associa o dinheiro usado na negociação do dossiê apenas à campanha de Mercadante ao governo de São Paulo. Assim, indiciou o próprio senador e dois de seus assessores.
    Nas conclusões finais, o delegado Diógenes afirma: "A oferta (do dossiê) chegou inicialmente na campanha nacional do PT. Se houve nesse momento anuência ou ciência do coordenador da campanha e então presidente do partido, deputado Ricardo Berzoini, somente os envolvidos poderão esclarecer".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Contra mudar multas do Fundecontas

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro (foto) vetou a inclusão de um dispositivo no artigo 2º da lei de 2005 que criou o Fundo de Reaparelhamento e Modernização do TCE. Essa alteração foi aprovada pela Assembleia na sessão de 29 de outubro e, na prática, iria retirar e dar outro...

Ex-deputado quer comandar Chapada

roberto nunes 400   O ex-deputado Roberto Nunes (foto), que recebe dois vencimentos da Assembleia, um como aposentado e outro como beneficiário do extinto FAP, somando mais de R$ 30 mil mensais, está se articulando para encarar mesmo a disputa pela Prefeitura de Chapada dos Guimarães. Transferiu para lá o...

Contra regular as redes a magistrados

thiago amam 400 curtinha   O presidente da Associação Mato-Grossense de Magistrados, juiz Tiago Abreu (foto), vê com preocupação a proposta de resolução do CNJ que estabelece parâmetros quanto à utilização das redes sociais por magistrados. Enfatiza que a Amam...

Sem prefeitos, Sema cancela evento

mauren 400   Sob Mauren Lazzaretti (foto), a secretaria estadual de Meio Ambiente tinha programado um ato nesta quarta, às 16h, em sua sede, para entrega do chamado Kit Descentralização a 30 prefeitos. O governador Mauro participaria do evento. Mas os gestores não apareceram. Cinco mandaram representantes. Ao ser...

"Fogo amigo" no TCE e petição no STJ

E segue a guerra nos bastidores entre conselheiros substitutos e os titulares afastados. Os reservas que há dois anos compõem o Pleno torcem para Albano, Joaquim, Sérgio, Teis e Novelli não retornar à ativa tão cedo. E, segundo informações, dois deles têm agido de forma açodada no STJ, a quem cabe decidir pelo retorno ou não, em julgamento de um recurso na pauta para o próximo dia 18. Tentam tumultuar o processo,...

Prefeito vai dar emprego a mototaxista

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) afirma que, como pai de família, se sensibilizou muito com a situação do mototaxista que foi atropelado por "amarelinhos" no bairro Altos da Serra. Ele garante que determinou que o secretário Antenor procure a família da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.