Últimas

Segunda-Feira, 02 de Junho de 2008, 15h:42 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

ARTICULAÇÃO

Abicalil quer aliança com o PR; Gilney é contra

Gilney Viana, ex-deputado e militante histórico do PT  Os petistas divergem opiniões sobre a composição PT-PR visando as eleições da Capital, enquanto os republicanos já se mostram convictos de que o PT desistirá de lançar candidatura própria encabeçada por José Afonso Portocarrero e assumirá o posto de vice do empresário Mauro Mendes (PR), na disputa à sucessão municipal. O ex-deputado estadual e ex-secretário de Desenvolvimento Sustentável do Ministério do Meio Ambiente, Gilney Viana (PT), por exemplo, defende com "unhas e dentes" que a sigla petista tenha candidatura própria.

  "Somos candidatos a prefeito. Qualquer discussão fora disso é secundário. O PT tem que ter candidatura própria independente de coligarmos com o PR", assegura Gilney, em entrevista ao RDNews nesta segunda (2), durante o congresso sobre reforma tributária. Pondera, porém, que respeita Mendes. "Respeito ele (Mendes), mas meu candidato é Portocarrero". Enfatiza que o "prefeiturável" é competitivo. Já o deputado Carlos Abicalil, que preside o PT regional, se mostra favorável ao acordo. Para ele, já há uma aliança consolidada entre PSB, PR e PT, então não há porque haver resistência.

   Por sua vez, Portocarrero conta que numa conversa com Mendes, o republicano disse que abriria mão de ser candidato para ser seu vice. Por isso, não vê razão para não fazer o mesmo. "Sou filiado ao PT e vou atender a posição partidária. Se o partido decidir vou acatar".  A definição oficial deve acontecer no próximo domingo (8), quando será feita uma eleição com vistas a chegar num consenso para a disputa eleitoral deste ano. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Paulo Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PT não tem um projeto político próprio para o futuro de Mato Grosso e a prova mais concreta dessa afirmação assenta-se no fato de que nas eleições municipais vindouras, para gáudio maior de seus Deputados e senadora adesistas, não concorrerá`à Prefeitura mais importante do Estado, a de Cuiabá. Politicamente é um retrocesso inominável essa postura apolítica do PT, mesmo porque, ao proceder dessa forma, desmistifica o dircuso tradicional de que a legenda possuísse um projeto de Poder mais elástico, com a formulação de políticas públicas que consolidassem o crescimento e o bem estar da população brasileira, no geral, e de Mato Grosso em particular. Desmitificando suas origens, renegando o seu passado histórico de lutas, dissociando-se de sua militância, os atuais poderosos petistas do Estado (Serys Marly, Abicalil, Alexandre César, Ságuas Moraes, Verinha Araujo ) comprovam publicamente o apego que passaram a ter pelo poder e pelos poderosos, a eles somente interessando as composições políticas que lhes aufiram sempre os benefícios pessoais a que se acostumaram com as mordomias proporcionadas pelo mando, pelo poder. Para onde foi a vibrante e aguerrida Verinha do PT ? O que tem feito Abicalil pelo Partido, que não contribuir para a sua iminente cisão ? E Alexandre César, o inebriado e traidor das aspirações dos municipes cuiabanos ? E Ságuas, o ex-petista de carteirinha. Francamente, O PT, com esses donatários desfigurou-se, cindiu-se, humilhou seus bravos militantes (aqueles mesmos que nunca compartilharam com as benesses dos poderosos) e está proporcionando o exemplo mais recente de que política só é boa quando se está na oposição; mudando de lado as coisas ficam muito bem mais confortávei$$$. A ideologia partidária que se dane, afinal você é tão pobre ...

  • Alvaro Neves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uéééé´! O Gilney ainda mora em Mato Grosso?
    VÔTE!!

  • SILVIO ARRUDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    - ha tentai pois toda via o porto tem tradiçao.e gente nossa.ele representa a divisao da cuiabania.juizo PT.

Deputado, Mesa da AL e incoerência

claudinei 400   Claudinei Lopes (foto), delegado de polícia que, na onda Bolsonaro, se elegeu deputado pelo PSL, em 2018, se mostra cada vez mais incoerente. É daqueles que gostam de levantar polêmicas e críticas, mas sem consistência. Ele se manifestou, por exemplo, contra a reeleição à Mesa...

Dilmar ensaia disputa para federal

dilmar dal bosco 400   Todos os deputados estaduais querem buscar a reeleição, com exceção de Dilmar Dal Bosco (foto), que está no terceiro mandato. Integrante da nova Mesa Diretora da Assembleia, como primeiro-vice-presidente, e líder do Governo Mauro, Dilmar não esconde o desejo de disputar cadeira...

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

MAIS LIDAS