Últimas

Segunda-Feira, 27 de Outubro de 2008, 11h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

HORA DO VOTO

Abstenção aumenta e Santos não alcança maioria

   O prefeito Wilson Santos (PSDB) conseguiu se reeleger neste domingo (26) com 60,47% dos votos válidos, mas não obteve de fato a maioria da preferência dos eleitores da Capital. Cerca de 70 mil pessoas não compareceram às urnas neste segundo turno. O número de abstenções no primeiro embate eleitoral, quando estavam na disputa, além do empresário Mauro Mendes (PR), Walter Rabello (PP), Valtenir Pereira (PSB) e o procurador Mauro (Psol), foi bem menor, com aproximadamente 55 mil "faltosos".

   Já no segundo turno, o número de eleitores que votaram branco ou nulo somam 9.008. As abstenções, ou seja, pessoas que não foram votar, equivalem a 69.710. Somando esses valores com os 114.432 votos acumulados por Mendes chega-se a 193.150 eleitores, o que representa cerca de 18 mil votos a mais que a votação alcançada por Santos, que foi de 175.038.

   Mesmo com o apoio de "novos" aliados no segundo turno, como foi o caso do DEM que fazia parte da composição de apoio do candidado Rabello e de alguns correligionários que contrariaram a posição de seus partidos, como Zé do Pátio (PMDB), prefeito eleito de Rondonópolis, que tinha o partido coligado a Mauro Mendes, Santos teve dificuldade no quesito "transferência de votos". (Andressa Boa Sorte)

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que balela RD! Quem deixou de votar também expressou seu direito, ou seja, sua covardia, é algo similar à omissão, tanto que o TRE ainda se lembrou deles.
    Quem, embora capacitado para o voto, por um motivo ou outro, deixar de votar, esta sua omissão covarde é computada como voto para o candidato mais votado do pleito.
    Capisca????

  • jose rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • aurilei | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    devemos agradecer esse alto indice de abstenção ao nosso rei da moto serra(de ouro) que aliviou a surra do mauro mente dando esse facultativo na segunda feira,mesmo assim estamso de alma lavada.VALEU WILSON-45 45 45 45 45 45 45 45 PRÁ FICAR MELHOR

  • pedro paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mauro mente, você parece mandrak, pois conseguiu realizar o maior programa de distribuição de renda que cuiabá eu já viu, mesmo assim o eleitor tetraiu.
    No início era quinzinho, trintinha, cinquentinha, agora no final até milzinho saia para quem lhe desse um votinho, pena que o eleitor anda muito esperto, recebe gasta e não vota

  • Emerson Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sra Andressa Boa Sorte.

    Meu avo contava sempre uma história que acho salutar transcreve-la aqui.

    SE vovo nao tivesse morrido;
    SE Pedro nao tivesse descobrido o Brasil;
    SE Pero Vaz nao tivesse escrito a carta;
    SE Tancredo nao tivesse morrido;
    SE, se nao SE.

    Quem sabe. Poderia ter Sido diferente.

    Mas a historia dos fatos reais nao comporta SE.

    Ja pensou em tanto SE.

    SE os eleitores tivessem todos votados, SE SE SE SE.

    A verdade é WILSON SANTOS foi eleito pelo povo e para o povo.

    SE Romilson te deixar escrevendo a estória do MAURO MENDES. SE SE SE SE SE SE. 2012 tem outra eleição. SE os Cuiabanos votarem nele, SE acontecer, SE SE SE SE SE SE SE.

    SE 45 for manor 22.

    SE SE SE SE SE SE Até la. ok.

    Romilson sei que voce vai permitir e vai pubricar este texto.

  • Alvaro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O alto índice de abstenção, foi um duro recado aos nossos políticos e montra que o povo não está satisfeito com tudo que ai está. Voto facultativo já.

  • Jorge Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O pessoal da buuutina tentou de todas as maneiras ganhar esta eleição(ões). Rondonópolis(perdeu). Sinop(perdeu) e Cuiabá(perdeu). Aqui em Cuiabá manipularam a imprensa. Compra de votos. Um jornal chegou a publicar uma pesquisa com números inverídicos. Sites a serviço da turma da buuuutina. Então percebo que a vitória do Wilson representa a vitória contra a turma da buuutina, vitória contra a imprensa marrom, contra analista políticos de holirite estadual. É a vitória do POVO, da democracia. A vitória da verdade. UMA JUSTA HOMENAGEM A DANTE DE OLIVEIRA QUE FOI INJUSTAMENTE CALUNIADO PELO ATUAL GOVERNADOR BLAIRO MAGGI, que deveria ter um mínimo de humildade e pedir desculpas ao povo matogrossense por ter feito mal contra DANTE. E sinceramenten gostaria que a praga da lavadeira fosse para BLAIRO MAGGI, ou seja, enquanto ele não pedir desculpas parta o povo matogrossense, ele nunca mais se elegerá.

    Um abraço ao povo Rondonopolitano que também foi corajoso que de peito aberto enfrentou a turma da buuuuutina e elegeu Zé do Pátio.

    O POVO DE MATO GROSSO NÂO SE VENDE.

    Jorge Roberto

  • Jairo Mins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso não tem a minima importancia

    a maioria prevaleceu
    e Cuiaba deu o recado
    não se vende e gosta de quem gosta dela.


    E festa de todos que verdadeiramente amam Cuiaba..

    parabens WS 45

  • Janete Pinheiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    concordo em absoluto com o sr jose roberto.
    o governador deve desculpas ao povo matogrossense por tudo que fez com dante. e a caixa preta? não vai desmentir em público.
    o povo vai dar o troco em 2010.
    a última chance do governador é pedir desculpa em público.
    essa vitória é uma justa homenagem a dante de oliveira!
    45 45 45 45 45

  • Joana Pinto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ah dá licença, Romilson Dourado!
    O seu candidato perdeu de lavada porque a cuiabania não é mandada pela turma da botina e ponto final!

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.