Últimas

Segunda-Feira, 07 de Abril de 2008, 14h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

EDUCAÇÃO

Acuado, Conselho do Sintep quer fim da greve

  Pressionado pelos deputados governistas Carlos Abicalil, Alexandre Cesar e Ságuas Moraes, que comanda a pasta da Educação, o Conselho de Representantes do Sintep vai propor que os educadores recuem e aceitem a proposta do governo Blairo Maggi, que promete um piso médio de R$ 912, para, assim, acabar com a greve. A assembléia-geral começa às 14h30 na escola estadual Presidente Médici, em Cuiabá. Os profissionais da Educação estão em greve há quase um mês. Revindicam melhorias salariais. Exigem, ao menos, que o piso médio chegue a R$ 1.050. O Palácio Paiaguás insiste nos R$ 912.

  A corrente Unidade da Luta, que contempla Ságuas, Alexandre e Abicalil, se mostra preocupada com o clima de desgaste junto ao governador Maggi por causa da paralisação. Estes, por sua vez, passaram a pressionar o Sintep, Gilmar Soares Ferreira. Nos bastidores, chamam-no até de incompetente por não estar conseguindo conter a greve.

  Nos contatos com representantes das subsedes do Sintep no interior, os sindicalistas, a maioria militantes do PT, têm colocado a preocupação de perder força junto ao governo Maggi, o que poderia resultar até na queda de Ságuas da Educação e, consequentemente, na saída de Alexandre Cesar da Assembléia Legislativa. Diante de tanta pressão, o Conselho do Sintep defenderá na assembléia-geral que a categoria aceite a contraposta do governo. Um grupo de sindicalistas, sob Helena Bortolo, presidente da subsede de Cuiabá, promete endurecer a discussão. O clima é de expectativa.

(Às 16h16)Categoria decide manter greve

  Por maioria absoluta, professores da rede pública estadual de ensino, em assembléia-geral, decidiram manter a greve. Venceu o movimento "R$ 1,050 Já", liderado pela presidente da subsede do Sintep de Cuiabá, professora Helena Bortolo. O grupo governista de Ságuas e Abicalil saiu derrotado de novo. Desta forma a greve continua.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    KKKKKKKKKK, PARABENS GOVERNADOR, POR DEIXAR ESSES PROFESSORES (POLITICOS) DO SINTÉP SE DEGLADIAREN, ÉSSA HELENA M BORTOLO E O SR GILMAR, TEM QUE PROCURAR UM OUTRO MEIO PRA TENTAR SER VEREADOR EM CUIABÁ. VALEU MAGGI, VC É O CARA!!

  • Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como pai responsável que sou, gostaria que governo e profesores se entendessem, más não vejo muito avanço, visto que nesse governo butinudo, saude, educação, transporte são políticas que eles não sabem desenvolver.
    Pra se ter uma idéia de como anda a educação não se precisa andar muito não, onde já se viu reformar escolas no período letivo, a melhor escola de Várzea Grande (Adalgisa) passou a funcionar precariamente onde antes existia um bolixe, condições subhumanas para alunos e professores, espero que pelo menos o corpo de bombeiros tenha feito uma vistoria no prédio, aquilo ali é um barril de pólvora, más uma vez repito parabéns ao Governo Maggi pela nota do ENEM, sacanagem estamos fritos e sem educação.

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, Boa tarde

    Continuo a apoiar e a achar SÁGUAS elegante e bem intencionado mas, estou igual aos seguidores do Judaismo,que só reconhecem ao SENHOR como Deus, minha admiração e defesa é só pelo Ságuas.
    Aproveito para fazer uma retificação na entrevista do Dep.Alexandre Cesar ao Canal-5 esta semana, quando disse ele, que o Abicalil teve votação estupenda nas últimas eleições e que isso seria um reconhecimento do povo.
    Ora, a sociedade sabe, que quem descarregou mais de 20.000 votos no Dep.Abicalil, foi Otaviano Piveta em prol de um estado belicoso que mantem com um suplente de dep. federal(G.), naquela cidade.




  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A briga promete. Os professores Gilmar e Helena são muito bons. Agora, o professor Gilmar possui créditos na categoria e poderá queimá-los ao passo que a professora Helena possui menos créditos justamente por conta dos companheiros de sindicato e partido (ou seja, o momento é bem mais favorável a ela, que deverá se recompor junto à militância). Veremos se as professoras Serys e Maria Cortez (outras líderes muito boas) poderão influir nessa briga dos deputados Abicalil e Ságuas.

  • Paulo Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PT é isso. Um monte de políticos despreparados ou falsamente preparados - Ságuas, Abicalil e o despudorado Alexandre César - ansiosos unicamente em fazerem parte da panelinha do Blairo Maggi e, como os répteis mais asquerosos, rastejarem humilhantemente para beijarem com a mesma solenidade com que são traidores, as botas do atual mandatário de plantão. E, como manda, inclusive nos cabeças antes coroadas do PT, hoje desmascarados perante a opinião pública, por violarem o Estatuto do PT, que aliás, virou simplesmente um partidozinho ganancioso e corrupto como os demais. Enquanto isso, que sofram os nossos Professores, afinal os comandantes do PT no Estado não querem perder os seus cargos e a amizade do Governador Blairo. Vergonhoso.

  • josi souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O deputado saguas mas o deputado carlos abicaliu so pensam no futuro politicos deles, e não estão nem ai pra os educadores.O Pt é muito bom quando é oposição , ai eles batem duro nos governantes agora que eles são aliados da turma da botina não tão nem ai pra esses bravos educadores que ganham muito mal.É isso ai professores valorizam seu trabalhos continuam com a paralização, pq vcs merecem um pouco de respeito do governador e desse deputados que agora se aliaram .

  • augusto ribeiro chaves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Qurem exigir dos professores?Por que não dão a eles condições de trabalho, dignidade?Chega de ditadura! Não basta qualificá-los, tem que motivá-los!Eles merecem respeito.Greve sim!

  • Professora | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    kkkkk
    To me dobrando de rir desse turminha do PT! O Abicalil e o Saguas (nem falo da Verinha que ja ta morta) estao fritos! O Blairo (que nao faz politica!) botou o abacaxi nas maos dos dois e saiu fora do circo! Toma inteligentes! Bonito pra voces defenderem o PR!

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O Ministério Público entrou com nova ação para declarar a verba inconstitucional. Um dos problemas é a falta de prestação...

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...