Últimas

Terça-Feira, 22 de Setembro de 2009, 13h:29 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

ARTICULAÇÃO

Acuado para romper com Santos, Jayme impõe condições


Senador Jayme Campos se esquiva da ideia de disputar a governador e revela, em reunião, que só aceitaria abandonar acordo com o tucano Wilson Santos, se o candidato ao Paiaguás fosse o seu amigo José Riva

   Em meio às articulações de bastidores e o temor de conspiração, Wilson Santos e Jayme Campos chegaram a selar um acordo com regras para estabelecer aliança entre PSDB e DEM, uma delas quanto à definição da candidatura do grupo a governador. Eles "amarraram" entendimento, no sentido de encomendar, em março, uma pesquisa sobre intenção de voto. O nome que melhor pontuar na amostragem será candidato ao Palácio Paiaguás, com apoio do outro que aparecer em desvantagem.

    A revelação sobre o acordo foi feita pelo próprio senador Jayme Campos, numa reunião recente em sua residência, em Várzea Grande, com membros das cúpulas do DEM, PP, PPS e com participação da bancada do PSDB na Assembleia. No encontro, Jayme foi pressionado para romper com o prefeito cuiabano Wilson Santos, pré-candidato da sigla tucana à sucessão estadual, e liderar projeto próprio, com promessa de contar com apoio do PP e do PPS, além do próprio DEM. Os defensores de seu nome em chapa majoritária alertaram o fato de já ter sofrido oposição dura de Santos, quando este era deputado estadual, e que isso poderia trazer desgaste. Outros disseram que Jayme "possui força e base no interior" e que contaria com respaldo da classe politica.

    O deputado Roberto França (sem partido) foi um dos que bateram duro em defesa do nome de Jayme para governador, em detrimento do tucano Wilson Santos. Estavam presentes, além do próprio Jayme e França, os deputados José Riva, presidente da Assembleia e cacique do PP, os tucanos Guilherme Maluf e Chica Nunes, e ainda Sérgio Ricardo (PR), Percival Muniz, que preside o PPS estadual, e o ex-senador Júlio Campos (DEM).

   Diante da pressão para assumir projeto próprio, com compromisso de contar com aval das lideranças ali presentes, Jayme Campos abriu o jogo. Disse que fez acordo com Santos para, em março do próximo ano, sair uma candidatura majoritária, a partir do resultado de pesquisa, e que, como já havia dado a palavra ao prefeito não poderia recuar. Em seguida, para surpresa geral, o senador lançou uma condicionante: "Eu só abandonaria esse acordo com o Wilson se o Riva topar ser candidato a governador. Aí, eu iria no prefeito e justificaria a mudança de posição por ter uma boa aproximação com o Riva".

   Nesse momento, José Riva, que está no quarto mandato de deputado, desconversou sobre o assunto. Alegou que não estava preparado para uma candidatura ao Paiaguás e devolveu a missão para Jayme, reforçando o nome do democrata para à sucessão do governador Blairo Maggi. Como Riva não topou o desafio, Jayme conseguiu, mesmo sob pressão, se segurar no discurso de que já fechou entendimento com o prefeito cuiabano, inclusive seguindo tendência nacional de aliança nos Estados entre PSDB e DEM. (Romilson Dourado)

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUE TURMA BOA. JAIME, RIVA, JULIO, MAKSUES, ROBERTÃO, FABRIS, XICA, WALACE, PIVETA. SE FIZERMOS UM SUCO, NÃO APROVEITA UM.

  • laura do centro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    romilson todo esse farol do senador Jaime e so enganaçao primeiro ele sabe que l4 milhoes do Hospital central de cuiaba que o ministerio publico FEDERAL com letra maiuscula nao vai ficar assim...nos aqui da VG conhecemos de sobra...ele GOVERNADOR sonho meu..sonho meu..jamais espere pra ver..sou eleitora exclarecia...chega..chega...gente nova..no pedaço tem de montao sendo assim....

  • ZÉ CAVALO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • benedito Kleber dos Santos Figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARABENIZO AQUI O BRILHANTE DEP. RIVA QUE COM MUITO CARINHO, ATENCÃO, E TRABALHO, QUE VEM VISITANDO EM MEDIA DE 10 A 15 MUNICIPIOS POR SEMANA, UMA MEDIA DE 50 POR MÊS, 600 POR ANO, vem conduzindo o indefinido quadro politico do Estado, com muita clareza , firmeza , transparência, e tambem com bastante visão, pois hoje ele se tornou o unico politico que tem 10 ou 15 representantes em qualquer canto deste Imenso Territorio, unico que realmente conhece Currutelas, Vilarejos, Assentamentos, Distritos, pequenos e grandes Municipios, tambem se tornou o grande defensor das Emancipacões.
    Enfim, essem Dinâmico homem, hoje, falta muito pouco pra atingir o NIVEL DE CONHECIMENTO, mais citado como nivel do -- C H A --
    - C = Conhecimento
    - H = Habilidade
    - A = Atitude (so falta essa)

    vamos que vamos ......... PROGRESSISTAS


    A BAIXADA JA ACORDOU

    SO FALTA CUIABA

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    RSRSSR! É BINHO O QUASE NÃO DEIXOU. VOCE ENTÃO CITA QUE POR MÊS RIVA FAZ UMA VISITA A TODAS AS CIDADES DO MATO GROSSO? NEM DE JATO SUPERSONICO ELE DARIA CONTA. OUTRA COISA, PRA CONSEGUIR O APICE DA PERFEIÇÃO COMO VOCE DIZ, OS 11O PROCESSOS NO LOMBO NÃO PERMITEM. BINHO DIGA PRO RIVA SE AVENTURAR COMO SENADOR OU GOVERNADOR. JÁ QUE ELE É O CARA! VAMOS VER SE ELE TEM CORAGEM MESMO!

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É JAIME, VOCE É MUI AMIGO DO RIVA. SABE QUE NOSSO ETERNO PRESIDENTE DA AL, NÃO PODE DISPUTAR OUTROS CARGOS. AI, FICA PROVOCANDO O RIVA. GAROTO ESPERTO. QUEM SABE RIVA CAI EM SUA ALUGAÇÃO E TOMA CORAGEM PRA SAIR PRA GOVERNADOR. EU JÁ DISSE, É MEIO PERIGOSO! NAS CONVENÇÕES VEREMOS!

  • benedito Kleber dos Santos Figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O J U D A E (sem CPF, sem endereco)
    (pois vc não mostra)

    O DEP. RIVA NÃO PRECISA DE JATO SUPERSONICO
    TODOS NO ESTADO SABEM QUE ELE NASCEU SUPERSONICO

  • Rodemilson Barros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Jaime volta para o Senado vc tem mais 4 anos se não o povo te dara resposta. Wilson termina o seu mandato e volta a dar aulas o povo agradece. Mato grosso precisa de pessoas que tem visão para o futuro, que tem compromisso com o povo que aqui vive. Politicos que tem moral, ètica principalmente aqueles que honra a palavra. Meu povo passado já era, porque se não voltaria os vellhos cabides de empregos no nosso querido Estado. Ai fica este é do meu filho, aquele é do meu cumpadre, este é do meu sobrinho e o povo sempre esquecido. Vamos escolher alguém que tenha compromisso com a Educação este sim com certeza mudara a vida do nosso povo.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NÃO ABUSE DA MINHA INTELIGENCIA. AMIGO PELO VISTO, VOCE E SEU CHEFE ENTENDEM MUITO DE TRAIÇÃO, JUDAS E ETC E TAL. FOI ISSO QUE FIZERAM COM O DANTE E AGORA JÁ ESTÃO FAZENDO COM O BLAIRO. NÃO SE PREOCUPE, VOCE NÃO VAI PERDER O SACO PRA MASSAGEAR E FAZER CARINHOS, POIS NO FINAL DA ESTORIA ELE SERÁ CANDIDATO A ESTADUAL NOVAMENTE. OLHA QUE O MP ESTA DE OLHOS, PERDEU A IMUNIDADE RODA!

  • fernando | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    muito chefe e poucos índios

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....