Últimas

Sexta-Feira, 16 de Março de 2007, 09h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

RONDONÓPOLIS

Adilton Sachetti é o nome mais rejeitado

   O nome mais rejeitado à Prefeitura de Rondonópolis e do prefeito Adilton Sachetti (PR), conclui pesquisa Mark, feita nos últimos dias 13 e 14. Perguntados sobre em quem 'não votariam de jeito nenhum para prefeito se as eleições fossem hoje', 24,7% citaram Sachetti. O segundo nome mais rejeitado é do deputado federal de quinto mandato Wellington Fagundes (PR), que já disputou, sem êxito, duas candidaturas a prefeito. Doze por cento disseram que não votariam de jeito nenhum no parlamentar.

   Dois nomes aparecem com a terceira maior rejeição, ambos com 10,2%: o deputado Zé do Pátio (PMDB) e o ex-vereador petista Juca Lemos. A ex-deputada federal Teté Bezerra (PMDB) detém 7,6% de rejeição, seguida do ex-prefeito e deputado Percival Muniz, com 7,3%. O ex-prefeito e ex-governador Rogério Salles (PSDB) e a professora Janete Carvalho (PC do B), ambos reprovados nas urnas do ano passado para o Senado, aparecem com a menor rejeição: 3,1%.

Confira o grau de rejeição no quadro abaixo.

Em quem o sr (a) não votaria de jeito

nenhum para prefeito se as eleições

fossem hoje e os candidatos fossem

estes?

 

Nome                                      Percentual

Adilton Sachetti (PR)                 24,7%

Wellington Fagundes (PR)         12,2%

Zé do Pátio (PMDB)                 10,2%

Juca Lemos (PT)                       10,2%

Teté Bezerra (PMDB)                7,6%

Percival Muniz (PPS)                  7,3%

Rogério Salles (PSDB)               3,1%

Janete Carvalho (PC do B)         3,1%

NS/NR                                      16,7%

Nenhum/branco/nulo                    4,9%

 

Fonte: Mark Instituto de Pesquisa e Opinião

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...

Mauro sofre 2 derrotas para Emanuel

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto), principal estrela do DEM em MT, acabou amargando duas derrotas em Cuiabá para o prefeito Emanuel, neste ano, embora não tenha sido candidato nas urnas. Em princípio, buscou candidatura própria com o seu partido, mas todos os nomes possíveis, como de Gilberto, Gallo,...

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

MAIS LIDAS