Últimas

Sexta-Feira, 06 de Abril de 2007, 08h:44 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INFRAESTRUTURA

Adjaime será interlocutor de Pagot no Dnit

   O superintendente da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM)), Adjaime Ramos de Souza, será um dos braços-direito de Luiz Antônio Pagot, caso este venha assumir oficialmente a direção-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit). A notícia já foi divulgada como "bomba, bomba, bomba!" pelo deputado e apresentador do Resumo do Dia, da TV Rondon (afiliada da Rede TV!), Roberto França, que mantém forte relação de amizade com Adjaime.

   Pagot comentou para o próprio França que faz questão de levar Adjaime para Brasília por considerá-lo uma pessoa de extrema confiança, eficiente, competente e detentor de grande habilidade política.

  Adjaime deve assumir o papel de interlocutor do Dnit, que conta com um orçamento anual de R$ 12 bilhões, junto à bancada federal. Cuidaria das demandas dos deputados e senadores na relação com Pagot. Caberia a Adjaime, por exemplo, levar determinada reivindicação de algum parlamentar para recuperar ou asfaltar uma rodovia ou até mesmo fazer gestão para concretizar emendas junto ao Orçamento Geral da União.

   Trajetória

   Na campanha à reeleição de Blairo Maggi, no ano passado, Adjaime atuou forte nos bastidores. Conseguiu atrair lideranças políticas para o palanque do governador, principalmente prefeitos. Ele se tornou uma das pessoas de confiança tanto de Maggi quanto com Pagot. Se tornou espécie de conselheiro político dos dois.

    Adjaime já foi superintendente da AMM e secretário de Serviços Urbanos da Prefeitura de Cuiabá no segundo mandato de Roberto França (1997/2004). Há três anos retornou à AMM e foi importante nas articulações que resultaram na reeleição do presidente José Aparecido, o Cidinho. Ex-militante do PFL (DEM), Adjaime pertence hoje ao PR. É um dos três, junto com Emanuel Pinheiro e Zeno Gonçalves, responsáveis por estabelecer critérios para formação das comissões provisórias municipais da nova legenda.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

EP vira "garoto propaganda" do HMC

emanuel hmc 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (MDB) não se conteve e gravou um vídeo de um minuto e 35 segundos em que aparece em frente ao HMC. E, imitando a passagem de um repórter de TV, convida a população a conhecer o recém-inaugurado hospital. Enquanto fala, imagens mostram salas, equipamentos e a...

DEM "esconde" candidatos a vereador

beto 2 a 1 400 curtinha   O presidente do DEM em Cuiabá, Beto 2 a 1 (foto), secretário estadual de Governo, faz mistério sobre a chapa que está sendo montada para concorrer a vagas na Câmara de Cuiabá. Não esconde apenas o nome do vereador Marcelo Bussiki que, em março, deixa o PSB aproveitando...

Fávero e peso político em novo partido

silvio favero 400   A definição pelo presidente Jair Bolsonaro para que Silvio Fávero conduza a Comissão Provisória em MT da Aliança pelo Brasil, partido que só será criado oficialmente no próximo ano ou em 2021, representa peso político importante para o deputado de primeiro...

Prefeito estoura limite e TCE faz vetos

francis maris 400 curtinha   No sétimo e penúltimo ano de mandato, o prefeito cacerense Francis Maris (foto) segue na mesma toada, de que a administração precisa continuar "enxugando" a máquina, embora já tenha conseguido o equilíbrio fiscal e que quem o suceder receberá uma gestão...

Vice muda de partido e vai a prefeito

leandro felix 400 curtinha   O vice-prefeito de Nova Mutum e primeiro-suplente de deputado estadual, Leandro Félix (foto), pretende deixar o DC. Deve se filiar no Podemos ou no PRB. Vai depender da orientação política dos irmãos Adriano (Podemos) e Otaviano Pivetta (PDT), respectivamente, prefeito de Mutum e...

Câmara só regulamenta salário de EP

misael partido 400 curtinha   Ao fixar o salário do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro em R$ 27 mil, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto) não aumenta o subsídio de Emanuel de imediato, mas sim regulamenta o valor que já era pago desde dezembro de 2018. O imbróglio começou...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.