Últimas

Segunda-Feira, 04 de Maio de 2009, 08h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

RUMO A 2010

Adversários do passado, Santos e Jayme selam pré-acordo

 Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Prefeito da Capital Wilson Santos e o senador Jayme Campos fecham acordão para concorrer ao governo

  Eles já foram adversários ferrenhos nas décadas de 1980 e 1990 e, agora, ensaiam "namoro" político de olho nas eleições gerais de 2010. Seguindo tendência nacional, PSDB e DEM definiram um pré-acordo para lançar o prefeito cuiabano Wilson Santos ou o senador Jayme Campos ao governo do Estado. Um dos critérios para definição será resultado de pesquisas quantitativa e qualitativa. O que melhor pontuar nas intenções de voto no início do próximo ano vai ser o cabeça-de-chapa na corrida ao Palácio Paiaguás, com o compromisso de tucanos e democratas manterem a unidade.

   Santos e Campos estão mais próximos hoje, mas foram inimigos políticos. No início dos anos 90, por exemplo, o hoje prefeito da Capital pertencia ao PDT e atuava como deputado estadual. Jayme, no velho e extinto PFL (hoje DEM), era governador. Na Assembleia, Santos fazia discursos duros e conseguiu instaurar até CPI contra a gestão Campos. As brigas políticas entre os dois prosseguiram por quase 20 anos.

   Mas como político segue o ritmo das nuvens, que mudam de lugar constantemente, a aliança entre Santos e Jayme não é tida hoje pelos dois grupos como algo traumático ou que venha a trazer desgaste político, tanto que o DEM faz parte da administração tucana, inclusive com a ex-deputada federal Celcita Pinheiro no comando da área social. De todo modo, a tendência é que adversários, sob orientação de marqueteiros, devam recorrer a discursos de Santos de quando este era deputado e desancava os Campos para contrapô-los. Nesse resgaste do passado pode entrar até aquela provocação de Santos, que, da tribuna, ao se referir a uma festa promovida pelo então governador, comentou sobre a letra da música "Mexe-Mexe", de Leandro & Leonardo, com refrões, como "À meia-noite nada é proibido/ Mulher casada troca de marido/ O engraçadinho apaga a lampião/ E o amassa mamão fica mais divertido." Esse discurso do então rebelde Wilson Santos gera polêmica até hoje.

   Confronto

   O quadro sobre a sucessão do governador Blairo Maggi ainda está confuso. Apesar disso, nota-se que tucanos e democratas costuram uma aliança dispostos a encarar confronto provavelmente com o peemedebista Silval Barbosa, vice-governador que deve contar com apoio da turma da botina, do PR e do PT. O PP do presidente da Assembleia José Riva se mantém no muro, ou seja, ora ensaia proximidade com Santos e Jayme, ora admite apoio à pré-candidatura de Silval.

Postar um novo comentário

Comentários (39)

  • jose humberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Blairo Maggi foi adversário político do PT e de Lula há apenas 3 anos atrás. Hoje está aliado com Serys, Ságuas, Abicalil, Verinha(que tanto agrediu o governo Maggi).
    Wilson foi mesmo adversário político do PFL. Lógico que teria que ser, pois militava em um partido opositor, e ele teria que ter lealdade ao partido que era o PDT. Porém, quando Wilson estava no PMDB, o partido coligou com o PFL e Wilson apoiou o Júlio Campos naquela época e se elegeu Dep. Federal pelo PMDB, mais uma vez foi leal ao partido.
    É sabido, nacionalmente, que o PFL, hoje DEM, é aliado do PSDB em nível nacional há mais de uma década, e nesta data, Wilson santos é prefeito eleito e reeleito pelo PSDB, além de ser presidente do diretorio regional. Diante do exposto, vale ressaltar que o DEM e o PSDB ainda são aliados em nível nacional, e poderá caminhar juntos na eleição presidencial de 2010, e Wilson Santos, partidário e fiel ao partido, poderá caminhar junto com o DEM em MT, seja como candidato ao governo ou apoiando outro candidato do arco de alianças. O que seria anormal, é brigar internamente dentro do arco de alianças, que é o que acontece hoje no PR e aliados - observem a celeuma: Sergio Ricardo x Blairo x Silval x ala do PMDB, etc..... Isso sim eu considero curioso. Não é curioso o fato de Wilson ter sido do PDT na década de 1990 e ter sido oposição, isso é natural. De lá pra cá, passaram-se exatamente 19 anos, dai eu pergunto: Nesses 19 anos por acaso Wilson teve alguma desavença com os líderes do PFL/DEM ??? Lógico que não, pois o DEM faz parte do Staff do governo de Wilson desde o primeiro mandato de prefeito, inclusive com cadeira de secretario, como é o caso de Celcita Pinheiro que compõe o Staff.
    Curioso, foi Iraci França ter sido eleita Vice Governadora e não ter tido o espaço merecido dentro do Governo Maggi. Curioso foi o PFL/DEM, ajudara eleger Blairo Maggi e não ter tido o espaço que merecia. Curioso foi o PT ser oposição sistemática ao governo Maggi, e em pouco tempo ocupar secretaria de relevância.

  • Paulo Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Julinho Trip | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MEXE Wilson, MEXE....

  • jacira amaral | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O percival deve ter as costas grossa mesmo, porque o que esse homem leva de punhalada é brincadeira...
    ele engendrou o projeto Blairo, foi só o Blairo se eleger e o jogou pra escanteio.
    Percival só presta mesmo em época de campnha, nessa época blairo e seus amigos lembram que percival é inteligente e bla bla bla.
    o jaime estava depressivo já estava pronto para bater lata pra o Wilson.
    Percival mais uma vez lançou um projeto para governador do estado, dise que jaime resgatava a cuiabania e tal...jaime voltou ao tabuleiro politico.
    pois bem só foi a candidatura decolar e ele ja escanteou o percival...agorao vice vai ser o Nilson gautama.
    Vai ser azarado assim la na china. mas o jaime pelo menos esta sendo mais sincero, esta escanteando andtes da eleição.

  • Souza Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nossa, queria saber qual é o Santo padoreiro dos Campo?

    Júlio fez acordo com Bezero, Júlio, fez acordo com Maksuês Leite, Jaime, faz acordo com Wilson.

    O que será que rola nestes acordos que niguem rexista dizer não ao Campos, hên?

  • MANE PORRETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • MANE PORRETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TOMO BANHO DE LUA, FICO BRANCO COMO A NEVE, O LUAR E MEU AMIGO. ESSA MUSICA E DA WANDERLEIA, VAI VETAR TBEM ROMILSON

  • MANE PORRETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TOMO BANHO DE LUA, FICO BRANCO COMO A NEVE, O LUAR E MEU AMIGO. ESSA MUSICA E DA WANDERLEIA, VAI VETAR TBEM ROMILSON

  • Johny Alves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É por isso que digo que a politica de MT está prostituida.Tomara que a população saiba dar o seu recado nas urnas,mostrando aos intulados caciques,que acima de qualquer acordão,está a vontade popular e o respeito a inteligencia do cidadão mato-grossense.Politica em MT,ultimamente,é só para quem tem paciencia e estomago forte.

  • LUCINHA do centro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CARO ROMILSON se esse junta junta for verdade nossa familia anulara todos os votos olha ROMILSON que nao sao poucos ver no palanque aqui ba VG a dep THELMA DE OLIVEIRA junto com a nossa RELUZENTE GLAMUROSA CHEIA DE DOTES E CACUETES A BONECA BERBEI esta ficara eterna LUCIMAR CAMPOS com disse a dep THELMA OLIVEIRA o PROSSOL era so cha co bolo..lembra BONECA.

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.