Últimas

Terça-Feira, 30 de Junho de 2009, 08h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

Caso Lutero

Advogado Taques nega fuga e ingressa com HC nesta 3ª

   O advogado do vereador Lutero Ponce (PMDB), Paulo Taques, garante que seu cliente não fugiu e que está apenas viajando. Apesar disso, não soube informar onde o seu cliente se encontra e se Lutero pretende se apresentar nesta terça (30), um dia após a Justiça decretar a prisão do parlamentar após investigação da Delegacia Fazendária, que detectou um rombo de R$ 7,5 milhões na Câmara da Capital no período em que atuou como presidente. “Ele (Lutero) não é foragido da Justiça,  mas não sei para onde foi. Só a família tem essa informação”, pondera o assessor jurídico.

   Taques adianta que nesta terça ingressa com pedido de habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça. Ele sustenta que seu cliente não se enquadra nos requisitos a partir dos quais são baseados para prendê-lo. “Lutero não criou nenhum obstáculo às investigações. Não sonegou documentos e até se colocou à disposição dos delegados para prestar depoimentos. Não há motivos para que ele seja detido”, defende Paulo Taques.

   Em verdade, a estratégia da defesa e dos outros empresários e servidores que tiveram prisões decretadas é de protelar ao máximo a apresentação junto à Justiça, na expectativa de, antes disso, obterem o chamado HC. "O meu cliente e os outros investigados não podem fazer mais nada para impedir as investigações. Não precisam ser presos", reforça o advogado. Na sua avaliação, tratam-se de acusações graves, mas observa que, neste momento, seu foco é no sentido de derrubar a prisão. Adianta que a defesa rebaterá ponto-a-ponto as denúncias feitas pelos delegados fazendários.

    A prisão de Lutero e de outras 10 pessoas foi decretada pela Justiça depois que a Delegacia Fazendária detectou um rombo de pelo menos R$ 7,5 milhões na Câmara de Cuiabá, entre 2007 e 2008, período em que o peemedebista era presidente. Lutero é apontado como suposto chefe de uma quadrilha que articulava fraudes, principalmente em licitações na modalidade carta-convite. Os delegados responsáveis pelas investigações devem indiciar o vereador, os cinco servidores da Câmara e outros cinco empresários pelos crimes de formação de quadrilha, falsidade ideológica, falsidade de documento particular e público, além de peculato e crime de fraude à licitação. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • Peixe | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o Dr. Paulo esta apenas exercendo sua profissão, se o vereador é culpado ou inocente é a JUSTIÇA que vai dizer, quer dizer então que um médico se atender um traficante ele se tornará um??
    Parabêns Dr. Paulo.

  • SEBASTIAO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É inacreditável que candidato a presidencia da OAB/MT, defenda uma pessoa que só dá prejuízo para a sociedade, comprovadamente. Isso demonstra que ele é da mesma laia e não está interessando em moralidade nem lisura. VÔTE.

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se fosse verdade essa viagem seria no mínimo mais uma atitude desrespeitosa do Lutero Ponce com o seu mandato de vereador. Como o cidadão viaja e sequer avisa seus pares?

    Na verdade deve estar escondido em alguma chácara vizinha ao município da Chapada.

    Agora a Justiça DEVE negar o HC e determinar um período maior de prisão, pois o Lutero solto pode prejudicar o curso do processo.

    A Justiça não pode deixar acontecer o que aconteceu com a Chica Nunes do PSDB. Essa além de estar solta, está gastando todo o dinheiro desviado.

    Os recursos são protelatórios, a Justiça de uma forma geral é lenta, mas a de Mato Grosso têm uma caracteristica a mais, diríamos paternalista.

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando Fernandinho Beira Mar não estava preso ainda ele também estava viajando pra Colombia.

    Conversa pra boi dormir....lugar de ladrão é na cadeia mesmo.

  • HENRIQUE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Todo cidadão é inocente até que se prove ao contrário. Mas o candidato a Presidente da OAB defender alguem que está nessa situaçao que supostamente desviou dinheiro público é VERGONHOSO.

  • João Honesto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O papel de um bom causídico é defender o seu cliente,exercendo a ampla defesa e o contraditório perante o Poder Judiciário ,jamais, perante os holofotes da mídia,para a defesa moral,ética e política existe os profissionais das relações públicas e os marketeiros. Paulo Taques por favor limite-se apenas ao exercício profissional para o qual está habilitado. Não fica bem um advogado trabalhando como relações públicas de um criminoso.

  • maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é, agora ta viajando né....coincidencia né paulo taques....ele ja deve ta usando o dinheiro da camara pra pagar o senhor...

  • Prof.Shimizu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prezado Advogado, o senhor é candidato á OAB-Mt, será que vale a pena ficar dando umas desculpas desse nível ? Defender dentro da lei é uma coisa agora ficar tentando tapar o sol com a peneira é outra bem diferente! Estava enganado a seu respeita, nobre advogado.

  • alberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Presta atenção, pelo andar da carruagem, ta tudo certo, tudo muito certo, não houve rombo, não existe dinheiro roubado, isto tudo é invensão da auditoria, dos delegados, da imprensa, nunca na Historia deste pais, e eu estou convencido disto, Vcs. já ouviram esta frase, isto tudo é persiguição politica o tal de Luitero é gente boa é muiuto honesto, vamos parar com isto, o melhor a fazer neste momento é processar, a auditoria, os delegados e a imprensa, ai sim estaria mostrando a verdadeira cara deste pais, o pais da impunidade, onde o certo e o errado, e o errado é que é o certo..

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....