Últimas

Quinta-Feira, 12 de Fevereiro de 2009, 12h:36 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

MANIFESTAÇÃO

Agentes exigem efetivação sob ameaça de greve

   Agentes de combate à dengue na Capital reivindicam o cumprimento da Lei 4.9441 que determina a efetivação dos servidores. Mais de 400 profissionais saíram em passeata da Câmara de Cuiabá nesta quinta (12) e permanecem em frente ao Palácio Alencastro.  Antes de seguir em "marcha" rumo a prefeitura, os agentes fizeram uma manifestação durante a sessão da Câmara. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Combate a Endemia, Wilson Cutas, utilizou a tribuna para pedir ajuda aos vereadores. "Preciso da ajuda deles para que possamos conseguir os nossos direitos".

   Segundo Cutas, o prefeito Wilson Santos precisa colocar em prática a Lei 9.039, regulamentada pelos parlamentares cuiabanos. "Só queremos os nossos direitos. Isso é lei federal. Porque o prefeito ainda não cumpriu o que prometeu?", diz.

   Ele alerta ainda que se não houver acordo com o prefeito ou com o secretário de Saúde Luís Soares a categoria irá deflagrar uma greve e manterá apenas 30% dos serviços prestados. Os servidores reclamam das más condições de trabalho. Segundo eles faltam luvas, máscaras e filtro solar. "Precisamos ter todo amparo para trabalharmos adequadamente. Hoje isso não acontece e ficamos sujeitos a acidentes de trabalho". Neste ano ainda não foi registrado nenhum caso de dengue em Cuiabá. Cada agente de saúde recebe salários que variam de R$ 600 à R$ 760. (Patrícia Sanches)

(18h30) - Prefeitura pede 15 dias para regularizar situação

  Após quase 5 horas de manifestação em frente ao Palácio Alencastro, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Combate a Endemia, Wilson Cutas, foi recebido pelo secretário de Governo Oswaldo Sobrinho. Após ouvir a pauta de reinvidicações dos servidores, o secretário pediu um prazo de 15 dias para analisar as leis municipal e federal antes da prefeitura tomar alguma medida. "Já foi um avanço. Se o prazo vencer e não houver nenhum acordo, vamos fazer greve", afirma Cutas. 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • marta | Domingo, 22 de Maio de 2011, 10h39
    0
    0

    e os que estam estudando para passr em um concurso publico? vendo isso da vontade de desistir de fazer concurso....

  • franco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    além dos agentes de endemias, hoje estão mobilizados os funcionários estatutários, reinvindicando a real implantação do pccs, o aumento salarial atrelado ao aumento do vale transporte, lei de autoria do então vereador wilson santos, além da publicação na gazeta municipal da posse definitiva dos funcionários que já terminaram o estágio probatório, alguns com quase dois anos de espera...

  • pedro pedrssian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    várzeagrande também não é diferente os agentes comunitarios e de combate as endemias até hoje não foram efetivados,porque os vereadores de várzeagrande não interessan em ajudá-los ninguém este ano da camara municipal de varzea grande tocou nesse assunto,eles aprovaram a lei o prefeito não quis sancioná-lo e os vereadores não se manifestaram,povo de varzeagrande ajude os agentes de saúde , pois nossas autoridades municipais não se interessaram.

  • Domingos de Arraujo e Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Conforme reza a nossa CARTAS MAGNA, so atravéz de Concurso Público se consegue um emprego no Serviço Público, Os contratados para Combate as Endemias, apesar de estar fazendo um belo trabalho não poderão ser efetivados no serviço publico sem que se submetam a um concurso publico.O Prefeito Wilson Santos será que vai patrocinar mais um TREM DA ALEGRIA como ele fez em Dezembro de 2007?Quando em uma canetada transformou os servidores da extinta PRODECAP em servidores publicos com salários maiores que os concursados e estatutários.Isto tudo ao arrepio da LEI SEM CONCURSO PÚBLICO...ALOOOOOOOO !!! ALOOOOô MINISTERIO PUBLICO ESTADUAL ALô......

Froner segue com o vice de Gilberto

osmar froner 400   Osmar Froner de Mello (foto), escalado de última hora para a disputa em Chapada dos Guimarães, manteve de vice o mesmo que estava na chapa de Gilberto Mello (PL), o vereador Carlos Eduardo, que era conhecido como Carlinhos do PT e agora é do PDT. Froner e Carlinhos não têm afinidades...

Ministro Tarcísio rasga elogios a Fávaro

tarcisio 400 curtinha   O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas (foto), em vídeo de congratulações, só faltou pedir voto para Carlos Fávaro, senador interino que busca à reeleição e que completou 51 anos nesta segunda. Disse que Fávaro, com quem possui bom...

Vinicius e demagogia sobre salário

vinicius nazario 400 curtinha   Em Alta Floresta, o delegado de polícia Vinicius de Assis Nazario (foto), candidato a prefeito pelo Podemos, tem se apresentado como "o novo", prega honestidade, transparência e renovação, mas, em algumas pautas, nada diferente dos demais políticos. Uma de suas propostas, mais de...

2 candidaturas vetadas em Torixoréu

ines coelho 400 curtinha torixoreu   Em Torixoréu, de três candidaturas a prefeito, a Justiça Eleitoral já barrou duas, em decisão de primeira instância. O juiz da 9ª Zona Eleitoral de Barra do Garças, Douglas Romão, indeferiu o pedido de registro da candidatura do ex-prefeito e ex-deputado...

Apoio sem influência de Luciano Hang

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta (foto), do PDT, contesta a informação de que teria sido convencido por Luciano Hang, dono da Havan, e pelos primos Maggi a apoiar para o Senado a coronel Rúbia Fernanda. Pivetta diz que quem o conhece sabe que nunca foi garantista na...

Sem o agro e apoiado pela Fetagri

carlos favaro 400 curtinha   Na corrida pela cadeira no Senado, na suplementar de 15 de novembro, alguns concorrentes têm rotulado o senador Carlos Fávaro (foto) como candidato dos grandes produtores. Mas as entidades que compõem o Fórum Agro MT estão todas com Nilson Leitão, à exceção...

MAIS LIDAS