Últimas

Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2007, 12h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

AL confirma minirreforma e sorteia gabinetes

     A secretaria-geral da Assembléia Legislativa, sob Edmar Adms, confirma o projeto de reforma administrativa, mas nega que haverá redução drástica do número de secretarias. De nove, o estudo prevê redimensionamento para 5, o que resultaria também em diminuição de custos. Alguns órgãos e departamentos devem se fundir. Com essas mudanças, devem ser criadas superintendências.

    Edmar nega que os deputados veteranos estejam sendo privilegiados quanto à estrutura de trabalho em detrimento dos novatos. Destaca, inclusive, que os gabinetes para os 14 que vão estrear na Assembléia a partir do próximo mês já foram sorteados. Ficaram assim distribuídos: o petista Admir Brunetto ocupará o gabinete que era da colega de partido Vera Araújo. Juarez Costa (PMDB) fica no espaço do pefelista Zeca D'Ávila. Chico Galindo (PTB) vai para o gabinete de Chico Daltro (PP) e Maksuês Leite (PP) ocupará, a partir de 1º de fevereiro, o gabinete que era de Sérgio Ricardo (PPS).

     O deputado eleito Airton Rondina, o Português (PP), fica com espaço de Eliene Lima (PP), eleito deputado federal. Chica Nunes (PSDB) ocupa o gabinete de Renê Barbour (PPS) e, Otaviano Pivetta, de Carlos Brito (PDT).  Adalto de Freitas (PMDB) vai ocupar o gabinete até agora reservado para Jota Barreto (PR); Wallace Guimarães (PFL) fica na vaga de Nataniel de Jesus (PMDB) e, Percival Muniz (PPS), de José Carlos de Freitas.

    O tucano Guilherme Maluf entrou em entendimento com seu colega de sigla e ocupará o espaço de Carlos Carlão. O gabinete do pefelista Joaquim Sucena será repassado para Walter Rabello (PMDB) e o de Cloves Roberto (PPS) para Zé Domingos. Já Gilmar Fabris, que mesmo sem mandato contava com estrutura dentro da Assembléia, continua com o mesmo gabinete. O gabinete de Pedro Satélite fica disponível para algum dos suplentes.

    Inaugurado com agosto de 2005, o complexo da Assembléia é de 15 mil metros quadrados. Mesmo tendo 24 deputados, foram construídos 27 gabinetes, distribuídos em dois pavimentos (2º e 3º) e oferecem conforto e privacidade. Cada um disponibiliza salas de recepção, do deputado, de reunião, de copiadora, de assessorias e oferece ainda 5 computadores.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Lei em Cuiabá veta cortar luz e telefone

misael galvao 400 curtinha   Seguindo exemplo de outros municípios, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), rejeitou veto do prefeito Emanuel e promulgou uma lei, que proíbe empresas de gás e concessionárias de serviço público de energia elétrica, no caso a Energisa,...

Visita a todos setores e agradecimento

domingos neto tce 400 curtinha   Numa demonstração de humildade e respeito aos servidores, o presidente do TCE Domingos Neto visitou nesta 4ª todo os setores do Tribunal para agradecer pessoalmente o esforço, dedicação e a contribuição de cada colaborador para que sua gestão do...

Equipe, foco e elogios ao governador

mauro carvalho 400 curtinha   Mauro Carvalho (foto), o número 2 do Palácio Paiaguás, faz questão de destacar que o governador Mauro Mendes está fechando o 1º ano de mandato sem promover uma única mudança no quadro dos 16 secretários, incluindo os que comandam a CGE e PGE. Entende isso...

Até Galvan quer o Senado pelo agro

antonio galvan 400 curtinha   A eleição suplementar ao Senado para início de 2020 começa a despertar interesse de diferentes setores. Só dos chamados representantes do agronegócio são pelo menos quatro possíveis candidatos. Até Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja Mato...

Sem elo com a servidora denunciante

abilio 400 curtinha   Sob investigação da Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá por causa de reincidentes casos de quebra de decoro, Abílio Brunini (foto), em nota, contesta o colega Juca do Guaraná, que divulgou imagens e afirmou que o vereador do PSC esteve no Hospital São Benedito e...

Goleada na cassação no TRE e no TSE

edson fachin 400 curtinha   No TRE-MT, em abril, a juíza aposentada e senadora Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, teve o mandato cassado por unanimidade. No julgamento do recurso da parlamentar no TSE, nesta terça, o placar também foi "elástico": 6 a 1. Somente o ministro Edson Fachin (foto) votou acatando o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.