Últimas

Segunda-Feira, 13 de Julho de 2009, 21h:21 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

INVESTIGAÇÃO

Além de Fagundes, vice-presidente é citado por capangas

   O vice-presidente da República José Alencar, e o prefeito de Acreúna (GO), Vander Carlos de Souza, são citados juntamente com o deputado federal de cinco mandatos, pecuarista e empresário da comunicação Wellington Fagundes (PR), no inquérito da Polícia Federal que apura crimes de pistolagem e grilagem de terras na região do Vale do Araguaia. Mais de 16 pessoas, entre policiais militares, fazendeiros e dona do cartório de São Félix do Araguaia, foram presas no início do mês, na Operação Pluma, por envolvimento no esquema.

   No relatório da PF enviado ao juiz da 1ª Vara Federal Julier Sebastião da Silva, há relatos de que Wellington Fagundes, pré-candidato a Senado, e o vice-presidente José Alencar e Vander seriam os financiadores das ações de Gilberto Luiz Rezende, o Gilbertão, considerado o chefe da organização criminosa. Ele foi apontado como responsável pela desocupação violenta de imóveis rurais, homicídios e ameaças. Também consta contra Gilberto mandado de prisão preventiva expedido pela 1ª Vara Criminal de Rondonópolis e pelo Tribunal de Justiça do Pará. Já foi indiciado pela Delegacia de Porto Alegre do Norte por receptação e responde a pelo menos duas ações na Justiça: uma por homicídio qualificado e outra por trabalho escravo.

   No inquérito, Vander é citado como sócio de José Alencar, maior produtor individual de algodão do mundo e principal fornecedor para a Coteminas. Segundo o levantamento do Ministério Público Federal, Gilberto agiria em nome de Vander e Alencar. O vice-presidente teria se dedicado a resolver pessoalmente problemas de Vander com propriedades rurais. (Andréa Haddad)


Trecho do inquérito com referência ao nome do deputado Wellington Fagundes, pré-candidato a senador

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • sergio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    NOVIDADES????????



    kkkkkkkkkkkkkk!!!!

  • JOSÉ DOS SANTOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MAS MATO GROSSO TEM CAPANGAS?
    E O MINISTRO JOAQUIM BARBOSA TAVA ERRADO?
    POIS E´.. JOAQUIM BARBOSA ACERTOU NA MOSCA? E AQUELES QUE QUERIAM RETRATAÇÃO DO MINISTRO HEIM?

  • José de Paiva Ramalho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O TEMPO PASSA E MATO GROSSO CONTINUA SENDO UM ESTADO SEM LEI....AQUI SE COMETE CRIMES E OS CULPADOS NÃO SÃO PRESOS, PESSOAS QUE SE PASSAM POR HONESTAS, MAS NÃO SÃO, AQUI TODO MUNDO SABE QUE A INJUSTIÇA IMPERA EM QUASE TODOS OS PODERES. MEU DEUS...ATÉ QUANDO??? ALGUEM ACREDITA NO JUÍZO FINAL ??? SEI LÁ...SÃO TANTAS INDAGAÇÕES !!!! TÁ CERTO QUE NÃO DEVEMOS JULGAR ,SEM TER PROVAS...MAS QUE HÁ INJUSTIÇA AQUI EM MATO GROSSO, HÁ SIM SENHOR.

  • pedro paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ainda bem que o ZÉ do povo colocou este dep.
    wellinton e seu filho p correr de Rondonópolis
    senão nós estavamos ferrados nas mãos
    desses associados, e ainda têm mais aguardem!!!

  • Chiquinho da V. Operária | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PQP.

  • joao do porrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.